BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos
BulasMed
Selecione a bula

O uso concomitante de Cancidas e ciclosporina não é recomendado, portanto, seu médico deve ser informado se você estiver tomando ciclosporina. É particularmente importante informar seu médico se você está tomando medicações para o tratamento da AIDS (como efavirenz ou nevirapina), medicações anticonvulsivantes (para epilepsia, como fenitoína e carbamazepina), o corticosteroide dexametasona, o antibiótico rifampicina e o imunossupressor tacrolimo. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.
 - 07/03/2007
agentes antineoplásicos: eventos de cloridrato de irinotecano tri-hidratado, como a mielossupressão (diminuição da função da medula óssea, órgão responsável pela produção das células sanguíneas) e a diarreia, podem ser exacerbados (aumentados) pela associação com outros agentes antineoplásicos que causem eventos adversos semelhantes. dexametasona: foi relatada linfocitopenia (redução do número de linfócitos, células sanguíneas de defesa) em pacientes em tratamento com cloridrato de irinotecano tri-hidratado, sendo possível que a administração de dexametasona como profilaxia (ação preventiva) antiemética possa aumentar a probabilidade de ocorrência de linfocitopenia.
 - 17/04/2012
O uso concomitante de qualquer AINE (anti-inflamatório não-esteroidal) com os seguintes fármacos deve ser evitado, especialmente nos casos de administração crônica: ácido acetilsalicílico, outros AINEs, corticosteroides (ex.: glicocorticoides, cortisol, hidrocortisona, betametasona, dexametasona, prednisolona), agentes anticoagulantes ou trombolíticos (ex.: varfarina, heparina), inibidores de agregação plaquetária (ex.: clopidogrel, ticlopidina), hipoglicemiantes orais (ex.: metformina) ou insulina, anti-hipertensivos (ex.
 - 16/08/2019
Para controlar as convulsões administrar diazepam. Para convulsões refratárias, anestesia geral com tiopental ou halotano poderá ser eficaz. A pirexia poderá ser controlada com compressas frias e adminstração lenta de 1mg de dexametasona/kg de peso corporal. .
 - 07/03/2007
Para quimioterapia altamente emetogênica pode ser administrada uma dose oral única de até 24 mg de Nausedron administrada junto com 12 mg de fosfato sódico de dexametasona oral, 1 a 2 horas antes da quimioterapia. Após as primeiras 24 horas, o tratamento com Nausedron pode ser continuado por até 5 dias depois de um curso de tratamento. A dose oral recomendada é de 8 mg a serem administradas duas vezes aodia.
 - 07/03/2007
Todos os pacientes devem ser pré-medicados antes de administração de Paclitax a fim de prevenir reações de hipersensibilidade graves. Esta pré-medicação corresponde a 20 mg de dexametasona via oral administrados aproximadamente 12 a 6 horas antes de administração do paclitaxel; 50 mg da difenidramina (ou seu equivalente) via I.V. 30 a 60 minutos antes do Paclitax e cimetidina (300 mg) ou ranitidina (50 mg) via I.V.
 - 07/03/2007
Devido ao risco aumentado de hipercalcemia, o cálcio plasmático deve ser regularmente monitorado durante o uso concomitante de diuréticos tiazídicos; corticosteroides ou corticoides sistêmicos (por ex., hidrocortisona, dexametasona, prednisona, prednisolona): reduzem a absorção de cálcio. Os glicocorticoides também podem reduzir os efeitos da vitamina D. Durante o uso concomitante, pode ser necessário aumentar a dose de Nutrical D ; glicosídeos cardíacos ou digitálicos (por ex.
 - 16/08/2019
A FENITOINA PODE REDUZIR OS NIVEIS SERICOS DE PBI (IODO LIGADO A PROTEINA), REDUZIR OS VALORES DOS TESTES DE DEXAMETASONA OU METIRAPONA E ELEVAR OS NIVEIS SERICOS DA GLICOSE, FOSFATASE ALCALINA E GAMA GLUTAMIL TRANSPEPTIDASE (GGT).
 - 07/03/2007
O uso concomitante de qualquer AINE (anti-inflamatório não-esteroidal) com os seguintes fármacos deve ser evitado, especialmente nos casos de administração crônica: ácido acetilsalicílico, paracetamol, colchicina, outros anti-inflamatórios não-esteroidais, corticosteroides como, glicocorticoides (cortisol, hidrocortisona, beclometasona, betametasona, dexametasona, metilprednisona, prednisolona), corticotrofina, agentes anticoagulantes ou trombolíticos (varfarina, heparina), inibidores de agregação plaquetária (clopidogrel, ticlopidina), hipoglicemiantes orais (metformina, acarbose, gliclazida) ou insulina, anti-hipertensivos (captopril, enalapril, atenolol, propranolol) e diuréticos (furosemida, hidroclorotiazida, tiazídicos), ácido valpróico (auranofina, aurotiomalato de sódio), plicamicina, compostos de ouro, ciclosporina, metotrexato, lítio, probenecida, inibidores da ECA (enzima conversora de angiotensina como captopril e enalapril) e digoxina.
 - 01/10/2010
Não deve ser administrada uma dose intravenosa única maior que 16 mg. A eficácia de Zofran em quimioterapia altamente emetogênica pode ser aumentada pela adição de uma dose única intravenosa de 20 mg de fosfato sódico de dexametasona administrada antes da quimioterapia. Recomenda-se tratamento oral para proteger contra êmese prolongada ou retardada após as primeiras 24 horas.
 - 02/10/2019
O bulas.med.br faz parte da plataforma HiDoctor
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - Próximos » - >>
71 a 80 (Total: 365)

Outros resultados:

Resultados: 17

Em março de 2020, o estudo RECOVERY ( Randomized Evaluation of COVid-19 thERapY ) foi estabelecido como um ensaio clínico randomizado para testar uma variedade de tratamentos potenciais para a COVID-19 , incluindo baixas doses de dexametasona (um tratamento com esteroides ). Mais de 11.500 pacientes foram matriculados em mais de 175 hospitais do NHS no Reino Unido.
Estudo publicado pelo The Lancet revela que, em pacientes não-imunocomprometidos diagnosticados com pneumonia comunitária, a dexametasona pode reduzir o tempo de hospitalização quando adicionada ao tratamento com antibióticos.
A dexametasona tem sido proposta como uma terapia equivalente à prednisona/prednisolona para crises da asma aguda em pacientes pediátricos. Apesar de existirem vários pequenos ensaios clínicos sobre o tema, os dados de consenso ainda não são claros.
Os pesquisadores também replicaram as descobertas em camundongos, comprimindo os nervos ciáticos dos animais para produzir dor nas costas e nas pernas ou injetando um irritante nos nervos ciáticos. Quando eles bloquearam a resposta imune dos animais com dexametasona, um esteroide comumente usado para tratar dores nas costas, a dor se tornou crônica. Em seguida, o grupo questionou se a dor crônica resultava da supressão da dor ou da supressão da inflamação .
Descobriu-se que o tempo médio de recuperação autorrelatado para pessoas que usaram budesonida inalada foi 3,011 dias mais curto em comparação com o tratamento usual (intervalo de credibilidade bayesiano [ICB] de 95% 1,134 a 5,410 dias), com alta probabilidade (0,999) de ser superior ao padrão usual de tratamento. Leia sobre " Coquetel de anticorpos REGEN-COV para prevenção da infecção pelo SARS-CoV-2 " e " Dexametasona para COVID-19 ". Cerca de um terço (32%) das pessoas que usaram budesonida inalada se recuperaram nos primeiros 14 dias após a randomização e permaneceram bem até 28 dias, em comparação com pouco mais de um quinto (22%) no grupo de tratamento usual.
Mostrar: 5
1 - 2 - 3 - 4 - Próximos »
1 a 5 (Total: 17)
  • Entrar
  • Cadastrar