bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos
BulasMed
Selecione a bula

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Atroveran Composto cloridrato de papaverina + dipirona monoidratada + Atropa belladonna L . + Hyoscyamus niger L . + Peumus boldus Molina Gotas APRESENTAÇÃO Solução Gotas Embalagem contendo 1 frasco com 30mL VIA DE ADMINISTRAÇÃO: ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS COMPOSIÇÃO Cada mL de Atroveran Composto solução gotas contém: cloridrato de papaverina 10 mg dipirona monoidratada 333 mg extrato de Atropa belladonna Linné .
 - 27/08/2019
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Apracur DC dipirona + cafeína Comprimidos APRESENTAÇÕES Comprimido Embalagens com 16 ou 100 comprimidos.
 - 21/09/2019
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Doril DC 500 dipirona + cafeína Comprimido 500 mg + 65 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido Embalagens contendo 16 ou 100 comprimidos VIA DE ADMINISTRAÇÃO: ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Doril DC 500 contém: dipirona monoidratada (equivalente a 500 mg de dipirona) 525,6 mg cafeína 65 mg excipientes q.
 - 19/08/2020
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO dipirona monoidratada Gotas 500 mg/mL Medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999.
 - 27/11/2020
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO dipirona monoidratada Gotas 500 mg/mL Medicamento genérico Lei n 9.787 de 1999.
 - 15/03/2021
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Diprin dipirona sódica Gotas 500 mg/mL FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Solução gotas Embalagem contendo 1 frasco gotejador com 10 mL ou 20 mL USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 3 MESES COMPOSIÇÃO: Cada mL da solução gotas contém: dipirona sódica 500 mg veículo q.
 - 15/06/2020
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Alivdip dipirona monoidratada Gotas 500 mg/mL FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Solução oral (gotas) Embalagem contendo 1 frasco com 20 mL USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 3 MESES COMPOSIÇÃO: Cada mL de Alivdip gotas contém: dipirona monoidratada 500 mg veículo q.
 - 06/02/2020
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO dipirona monoidratada Comprimidos APRESENTAÇÕES Caixa contendo 30 ou 50 comprimidos de 500 mg. Caixa contendo 100, 200 ou 240 comprimidos de 500 mg. Embalagem hospitalar. Caixa contendo 100, 200 ou 240 comprimidos de 500 mg.
 - 27/01/2021
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Aberalgina dipirona sódica Gotas 500 mg/mL FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Solução Oral (gotas) Cartucho contendo frasco plástico opaco gotejador com 10 e 20 mL de solução oral.
 - 19/02/2020
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO dipirona monoidratada Solução oral 50 mg/mL Medicamento genérico Lei n 9.787 de 1999 FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Solução oral Frascos com 100 mL, 120 mL e 150 mL + copo medida USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 3 MESES COMPOSIÇÃO: Cada mL da solução oral contém: dipirona monoidratada (equivalente a 50 mg de dipirona) 52,703 mg veículo q.
 - 29/01/2021
O bulas.med.br faz parte da plataforma HiDoctor
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - Próximos » - >>
81 a 90 (Total: 202)

Outros resultados:

Resultados: 11

Não podem ser usados remédios à base de ácido acetilsalicílico, como a aspirina e AAS. Devem ser evitados os anti-inflamatórios não hormonais e medicamentos com potencial hemorrágico. Os antitérmicos e analgésicos geralmente usados são a dipirona ou o paracetamol. O tratamento da dengue hemorrágica é geralmente feito em ambiente hospitalar, devido à gravidade da condição.
Evitar exercício físico na véspera e no dia do exame. Não fumar pelo menos nas 2 horas que antecedem o exame. Não ingerir bebidas alcoólicas na véspera e no dia do exame. Em caso de dor, inclusive dor de cabeça, deve usar apenas dipirona ou paracetamol puro, sem associação com outras drogas. Na cintilografia de repouso, uma substância radioativa é administrada na corrente sanguínea do paciente, cujas emissões, depois de uma leve caminhada, são captadas acumuladas no coração por uma máquina especial que permite a formação de imagens a partir delas, possibilitando ao médico avaliar o fluxo de sangue nas artérias coronarianas e no miocárdio.
Como ainda não há uma conclusão científica, a opinião majoritária sobre o assunto é que é melhor, por precaução, dar preferência para o paracetamol ou a dipirona em caso de febre e suspeita de coronavírus. No momento, aliviar os sintomas e tratar possíveis complicações geradas pela COVID-19 são as únicas formas de tratamento para o indivíduo doente.
Os riscos de interação entre álcool e medicamentos são agravados em pacientes com doenças crônicas, especialmente naqueles em uso de medicamentos que aumentam o risco de patologias hepáticas, de hemorragia gástrica ou de quedas. Exemplos da interação do álcool com alguns medicamentos comuns Álcool e dipirona O efeito do álcool pode ser potencializado. Álcool e paracetamol Aumenta o risco de hepatite medicamentosa. Álcool e ácido acetilsalicílico Eleva o risco de sangramentos no estômago.
O paciente deve ingerir grande quantidade de líquidos como água, sucos, chás, soros caseiros, etc, para evitar a desidratação . Os sintomas podem ser tratados com antitérmicos como a dipirona ou o paracetamol. Em nenhuma hipótese devem ser usados medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios, devido à ação antiagregante plaquetária que eles têm, a qual pode aumentar o risco de hemorragias .
Mostrar: 5
1 - 2 - 3 - Próximos »
1 a 5 (Total: 11)
  • Entrar
  • Cadastrar