MIRABEL

ALLERGAN

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Mirabel

cloridrato de tetrizolina 0,5 mg, sulfato de zinco 1 mg, veículo q.s.p. 1 ml. Veículo basicamente constituído de azul de metileno, ácido bórico, citrato de sódio, polissorbato 80 e cloreto de benzalcônio.

Posologia e Administração de Mirabel

instilar no saco conjuntival 2 a 3 gotas, 2 a 3 vezes por dia.

Precauções de Mirabel

o produto é desaconselhável para menores de 7 anos de idade. Evitar instilações repetidas em pacientes com hipertensão arterial1 e hipertireoidismo2.

Reações Adversas de Mirabel

tratando-se de produto com ação simpatomimética, pode ocorrer certo grau de midríase3.

Contra-Indicações de Mirabel

glaucoma4.

Indicações de Mirabel

edema5 de conjuntiva6, processos alérgicos oculares, hiperemias secundárias, conjuntivites7 catarrais e irritativas não específicas.

Apresentação de Mirabel

frasco plástico conta-gotas, hermeticamente fechado e estéril, com 10 ml.


MIRABEL - Laboratório

ALLERGAN
Av. Dr. Cardoso de Melo, 1855
São Paulo/SP - CEP: 04548-005
Tel: (11) 829-4575
Site: http://www.allergan.com/

Ver outros medicamentos do laboratório "ALLERGAN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
2 Hipertireoidismo: Doença caracterizada por um aumento anormal da atividade dos hormônios tireoidianos. Pode ser produzido pela administração externa de hormônios tireoidianos (hipertireoidismo iatrogênico) ou pelo aumento de uma produção destes nas glândulas tireóideas. Seus sintomas, entre outros, são taquicardia, tremores finos, perda de peso, hiperatividade, exoftalmia.
3 Midríase: Dilatação da pupila. Ela pode ser fisiológica, patológica ou terapêutica.
4 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
5 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
6 Conjuntiva: Membrana mucosa que reveste a superfície posterior das pálpebras e a superfície pericorneal anterior do globo ocular.
7 Conjuntivites: Inflamações da conjuntiva ocular. Podem ser produzidas por alergias, infecções virais, bacterianas, etc. Produzem vermelhidão ocular, aumento da secreção e ardor.

Tem alguma dúvida sobre MIRABEL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.