bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos
BulasMed
Selecione a bula

Trimedal Parecetamol + Maleato de dimetindeno + Cloridrato de fenilefrina + Rutosídeos + Ácido ascórbico Comprimidos APRESENTAÇÃO Comprimido revestido Embalagens com 4, 8, 10 ou 24 comprimidos revestidos USO ORAL USO ADULTO (ACIMA DE 18 ANOS) Composição Cada comprimido revestido de Trimedal contém: Paracetamol 500 mg Maleato de dimetindeno 0,5 mg Cloridrato de fenilefrina 2 mg Rutosídeos 15 mg Ácido ascórbico 40 mg excipiente q.s.p.
 - 13/08/2019
NALDECON LÍQUIDO paracetamol 40 mg cloridrato de fenilefrina 1 mg maleato de carbinoxamina 0,4 mg COMBATE OS SINTOMAS DA GRIPE Dores em Geral Febre Congestão Nasal Coriza Forma Farmacêutica e Apresentação de Naldecon Líquido Naldecon Líquido é apresentado sob a forma farmacêutica solução oral em frascos com 60 mL, acompanhado de copo dosador.
 - 17/04/2012
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Cibalena A ácido acetilsalicílico + paracetamol + cafeína Comprimidos FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido revestido Frasco com 24 comprimidos. Cartucho com 2 ou 5 sachês de 2 comprimidos.
 - 07/03/2007
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Excedrin paracetamol + cafeína Comprimido 500 mg + 65 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido revestido Embalagens com 2 blísteres com 10 comprimidos revestidos USO ORAL USO ADULTO (E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS DE IDADE) COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Excedrin contém: paracetamol 500 mg cafeína 65 mg excipiente q.
 - 07/03/2007
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Buscoduo butilbrometo de escopolamina + paracetamol Comprimido APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos Embalagens com 20 comprimidos revestidos USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido contém: butilbrometo de escopolamina (correspondentes a 6,89 mg de escopolamina) 10 mg paracetamol 500 mg Excipientes: celulose microcristalina, carmelose sódica, dióxido de silício, estearato de magnésio, hipromelose, poliacrilato, macrogol, talco, dióxido de titânio, simeticona.
 - 02/09/2019
Identificação do Produto de Notuss PARACETAMOL CLORIDRATO DE DIFENIDRAMINA CLORIDRATO DE D-PSEUDOEFEDRINA DROPROPIZINA NOTUSS adulto e pediátrico Xarope adulto e pediátrico em frasco de 120 ml, acompanhado de copo-medida de 10 ml USO ADULTO E PEDIÁTRICO .
 - 07/03/2007
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Benegrip Multi paracetamol + cloridrato de fenilefrina + maleato de carbinoxamina Solução 13,30 mg/mL + 0,33 mg/mL + 0,13 mg/mL FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Solução oral Embalagem contendo 1 frasco com 240 mL VIA DE ADMINISTRAÇÃO: ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS COMPOSIÇÃO: Cada mL de Benegrip Multi contém: paracetamol 13,30 mg cloridrato de fenilefrina 0,33 mg maleato de carbinoxamina 0,13 mg veículo q.
 - 07/03/2007
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Naldecon NOITE paracetamol + cloridrato de fenilefrina + maleato de carbinoxamina Comprimidos APRESENTAÇÕES NALDECON NOITE é apresentado na forma farmacêutica de comprimidos, na seguinte concentração: Comprimido amarelo: 400 mg de paracetamol e 20 mg de cloridrato de fenilefrina Comprimido laranja: 400 mg de paracetamol e 4 mg de maleato de carbinoxamina.
 - 12/08/2019
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Naldecon PACK paracetamol + cloridrato de fenilefrina + maleato de carbinoxamina Comprimidos APRESENTAÇÕES NALDECON PACK é apresentado na forma farmacêutica de comprimidos, na seguinte concentração: Comprimido branco: 400 mg de paracetamol.
 - 12/08/2019
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Dôrico paracetamol Comprimido 750 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido simples cartucho com 200 comprimidos USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Dôrico contém: paracetamol 750 mg excipientes q.
 - 07/03/2007
O bulas.med.br faz parte da plataforma HiDoctor
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
Mostrar: 10
« Anteriores - 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
31 a 40 (Total: 567)

Outros resultados:

Resultados: 46

Os riscos de interação entre álcool e medicamentos são agravados em pacientes com doenças crônicas, especialmente naqueles em uso de medicamentos que aumentam o risco de patologias hepáticas, de hemorragia gástrica ou de quedas. Exemplos da interação do álcool com alguns medicamentos comuns Álcool e dipirona O efeito do álcool pode ser potencializado. Álcool e paracetamol Aumenta o risco de hepatite medicamentosa. Álcool e ácido acetilsalicílico Eleva o risco de sangramentos no estômago.
O paciente deve ingerir grande quantidade de líquidos como água, sucos, chás, soros caseiros, etc, para evitar a desidratação . Os sintomas podem ser tratados com antitérmicos como a dipirona ou o paracetamol. Em nenhuma hipótese devem ser usados medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios, devido à ação antiagregante plaquetária que eles têm, a qual pode aumentar o risco de hemorragias .
Se você se sentir doente e achar que pode ter Zika : Fale com o seu médico se você desenvolver febre com uma erupção cutânea, dor nas articulações ou olhos vermelhos. Informe-lhe sobre a sua viagem. Tome remédio, como paracetamol ou acetaminofeno, para aliviar a febre e a dor. Não tome aspirina, produtos que contenham aspirina ou outros medicamentos anti-inflamatórios não-esteroides, como o ibuprofeno. Faça repouso e beba bastante líquidos.
As doses altas de melatonina podem comprometer a ovulação, tornando a gravidez mais difícil e devem ser usadas com cuidado por pessoas que estejam tomando antibiótico, aspirina, paracetamol, pílula anticoncepcional, insulina, medicamentos orais para o diabetes , medicamentos estupefacientes para dor, antiácidos, medicações para problemas cardíacos ou para pressão arterial, anticoagulantes, anti-inflamatórios ou esteroides.
Nos pacientes que conseguem sobreviver por tempo maior, a hepatite fulminante leva a um quadro de encefalopatia dentro de oito semanas, em virtude do dano hepático severo. Quais são as causas da hepatite fulminante? Entre as causas mais comuns da hepatite fulminante destacam-se o uso de medicamentos como antibióticos, psicotrópicos, antidepressivos, remédios para diabetes, analgésicos comuns como o paracetamol/acetaminofeno, as hepatites virais A e B , doenças autoimunes, entre outras. Nos recém-nascidos, as infecções e os erros metabólicos são as causas mais comuns.
Mostrar: 5
<< - « Anteriores - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - Próximos » - >>
26 a 30 (Total: 46)
  • Entrar
  • Cadastrar