Ciloxan Otológico

ALCON

Atualizado em 08/12/2014

Ciloxan® Otológico

Ciprofloxacino 0,3 %
Cloridrato
Solução Otológica Estéril  

USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Composição de Ciloxan Otológico

Cada ml contém

Cloridrato de ciprofloxacino (equivalente a 3 mg de base)....................3,5 mg Veículo constituído de acetato de sódio, ácido acético, manitol, com edetato dissódico e cloreto de benzalcônio como conservantes e água purificada.

Informação ao Paciente de Ciloxan Otológico

CILOXAN OTOLÓGICO é indicado nas infecções1 do ouvido. O produto deve ser conservado em temperatura ambiente. O prazo de validade está gravado na embalagem do medicamento. Não use medicamento com prazo de validade vencido. Informe seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe o médico se está amamentando. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Podem ocorrer reações alérgicas locais (coceira) em pessoas hipersensíveis. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Uso concomitante com outras substâncias: Siga a orientação do médico. Contra-indicações: Pessoas com hipersensibilidade aos componentes do produto.

NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE3.

Informação Técnica de Ciloxan Otológico

DESCRIÇÃO: CILOXAN OTOLÓGICO é uma solução de cloridrato de ciprofloxacino 0,3% (como base) isotônica4, tamponada e estéril para uso tópico5 otológico.

MECANISMO DE AÇÃO: A ação terapêutica6 tópica de CILOXAN OTOLÓGICO se deve à atividade antibacteriana do ciprofloxacino . O ciprofloxacino age interferindo na DNA girase, uma enzima7 essencial para as bactérias na síntese do DNA. Como conseqüência, a informação vital dos cromossomos8 bacterianos não pode mais ser transcrita causando uma interrupção no metabolismo9 bacteriano. O ciprofloxacino possui alta atividade in vitro contra quase todos os microrganismos Gram-negativos incluindo Pseudomonas aeruginosa , sendo eficaz também contra bactérias Gram-positivas, tais como Staphylococci e Streptococci. Os microrganismos anaeróbios são, em geral, menos susceptíveis.
O desenvolvimento de resistência ao ciprofloxacino não ocorre com freqüência.
A resistência bacteriana mediada por plasmídeo parece não ocorrer com os antibióticos da classe das quinolonas. O ciprofloxacino tem se mostrado como o antibacteriano de maior atividade entre todas as quinolonas. Entretanto, observa-se uma resistência paralela entre este grupo de inibidores de girase.
Devido ao seu modo de ação especial, não há resistência cruzada entre o ciprofloxacino e outros compostos antibacterianos com estrutura química diferente, tais como antibióticos beta-lactâmicos, aminoglicosídeos, tetraciclinas, macrolídeos e antibióticos peptídicos, bem como sulfonamidas, trimetoprima e derivados do nitrofurano.
Após a administração tópica no ouvido, a absorção sistêmica pode ser considerada insignificante. Os níveis plasmáticos não foram mensuráveis 1 hora após a administração das gotas no ouvido, mesmo na presença de perfuração do tímpano10.

Indicações de Ciloxan Otológico

CILOXAN OTOLÓGICO é apropriado para o tratamento de infecções1 onde se deseja uma ação local e não geral.

CILOXAN OTOLÓGICO está indicado nas otites11 externas localizadas ou difusas acompanhadas de reação inflamatória severa causadas por germes sensíveis ao ciprofloxacino. Também está indicado na fase aguda das otites11 médias, onde uma secreção mucopurulenta é liberada do tímpano10 perfurado. A Pseudomonas aeruginosa é um dos microrganismos mais comumente encontrados nestas afecções12. CILOXAN OTOLÓGICO também está indicado em outras infecções1 do ouvido nas quais a Pseudomonas aeruginosa e/ou outros germes susceptíveis estão presentes ou possam estar presentes (otite média13 perfurada e condutos timpânicos supurativos).

Contra-Indicações de Ciloxan Otológico

CILOXAN OTOLÓGICO está contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes do produto e a outras quinolonas.

Precauções e Advertências de Ciloxan Otológico

Exclusivamente para uso tópico5. O produto não deve ser injetado.
Geral: Como acontece com outras preparações antibacterianas, o uso prolongado do ciprofloxacino pode resultar no crescimento excessivo de microrganismos não sensíveis, inclusive fungos. Se ocorrer uma superinfecção14, uma terapêutica6 apropriada deverá ser iniciada.
O uso de CILOXAN OTOLÓGICO deve ser interrompido ao primeiro sinal15 de erupção16 cutânea17 ou qualquer outra reação de hipersensibilidade.
Incompatibilidade: CILOXAN OTOLÓGICO é incompatível com soluções alcalinas (bases).
Gravidez2 e Lactação18: Não existem estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. CILOXAN OTOLÓGICO deve ser usado durante a gravidez2 somente quando o benefício potencial justificar o risco potencial para o feto19.
A excreção do ciprofloxacino no leite materno após a instilação da droga no ouvido não foi estudada. CILOXAN OTOLÓGICO deve ser administrado com cautela durante o período de lactação18.
Uso pediátrico: A segurança e eficácia em crianças menores que um ano de idade não foram estabelecidas.
Interações: Não foram realizados estudos específicos quanto as interações com a preparação tópica otológica de ciprofloxacino.
Ao dirigir veículos ou operar máquinas: Não existem dados sobre os efeitos de CILOXAN OTOLÓGICO utilizado nestas circunstâncias.

Reações Adversas de Ciloxan Otológico

Podem ocorrer reações alérgicas locais (prurido20), especialmente em pessoas hipersensíveis, que cessam ao suspender-se a medicação.

Posologia e Administração de Ciloxan Otológico

Limpar bem o conduto auditivo externo. É aconselhável administrar a solução à temperatura ambiente ou corpórea para evitar estimulação vestibular21. A instilação deve ser feita gota22 a gota22. Deitar sobre o lado oposto em relação à afecção23 e instilar 3 a 4 gotas de CILOXAN OTOLÓGICO no conduto externo do ouvido 2 a 3 vezes por dia, permanecendo deitado na mesma posição por 5 a 10 minutos após a instilação. Um tampão de algodão ou gaze saturado com CILOXAN OTOLÓGICO pode então ser inserido no conduto do ouvido. O tampão deve permanecer no ouvido por 1 ou 2 dias devendo ser trocado 2 vezes por dia e impregnado com CILOXAN OTOLÓGICO até a saturação a cada troca. Em geral, a duração do tratamento não excede 5 a 10 dias. Em alguns casos o tratamento pode ser prolongado, sendo, portanto, aconselhável que seja verificada a sensibilidade da flora local.

Superdosagem de Ciloxan Otológico

O excesso pode ser eliminado instilando-se água morna no conduto auditivo.

ESTE PRODUTO É UM NOVO MEDICAMENTO E EMBORA AS PESQUISAS TENHAM INDICADO EFICÁCIA E SEGURANÇA QUANDO CORRETAMENTE INDICADO, PODEM OCORRER REAÇÕES ADVERSAS IMPREVISÍVEIS, AINDA NÃO DESCRITAS OU CONHECIDAS. EM CASO DE SUSPEITA DE REAÇÃO ADVERSA, O MÉDICO RESPONSÁVEL DEVE SER NOTIFICADO.

NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE3.

Ciloxan Otológico - Laboratório

ALCON
AV. N. SRA. DA ASSUNCAO, 736
SAO PAULO/SP - CEP: 05359001
Tel: (011 )268-7433
Fax: (011 )819-2171

Ver outros medicamentos do laboratório "ALCON"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
4 Isotônica: Relativo à ou pertencente à ação muscular que ocorre com uma contração normal. Em química, significa a igualdade de pressão entre duas soluções.
5 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
6 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
7 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
8 Cromossomos: Cromossomos (Kroma=cor, soma=corpo) são filamentos espiralados de cromatina, existente no suco nuclear de todas as células, composto por DNA e proteínas, sendo observável à microscopia de luz durante a divisão celular.
9 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
10 Tímpano: Espaço e estruturas internas à MEMBRANA TIMPÂNICA e externas à orelha interna (LABIRINTO). Entre os componentes principais estão os OSSÍCULOS DA AUDIÇÃO e a TUBA AUDITIVA, que conecta a cavidade da orelha média (cavidade timpânica) à parte superior da garganta.
11 Otites: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
12 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
13 Otite média: Infecção na orelha média.
14 Superinfecção: Geralmente ocorre quando os antibióticos alteram o equilíbrio do organismo, permitindo o crescimento de agentes oportunistas, como os enterococos. A superinfecção pode ser muito difícil de tratar, porque é necessário optar por antibióticos eficazes contra todos os agentes que podem causá-la.
15 Sinal: 1. É uma alteração percebida ou medida por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida. 2. Som ou gesto que indica algo, indício. 3. Dinheiro que se dá para garantir um contrato.
16 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
17 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
18 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
19 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
20 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
21 Vestibular: 1. O sistema vestibular é um dos sistemas que participam do equilíbrio do corpo. Ele contribui para três funções principais: controle do equilíbrio, orientação espacial e estabilização da imagem. Sintomas vestibulares são aqueles que mostram alterações neste sistema. 2. Exame que aprova e classifica os estudantes a serem admitidos nos cursos superiores.
22 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
23 Afecção: Qualquer alteração patológica do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.

Tem alguma dúvida sobre Ciloxan Otológico?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.