FUROSEMIDA CIBRAN

Cia. Brasileira de Antibióticos CIBRAN

Atualizado em 08/12/2014

Posologia e Administração da Furosemida Cibran

1 COMPRIMIDO 1 OU 2 VEZES AO DIA, NOS EDEMAS1 EM GERAL E INSUFICIENCIA CARDIACA2 E HIPERTENSAO ARTERIAL3. NOS EDEMAS1 AGUDOS, ECLAMPSIA4, INTOXICACAO POR BARBITURICO APLICA-SE 1 OU 2 AMPOLAS POR VIA I.V. NA INSUFICIENCIA RENAL5 AGUDA INJETA-SE 5 A 10 AMPOLAS VIA I.V.

Indicações da Furosemida Cibran

A FUROSEMIDA CIBRAN E UM POTENTE DIURETICO6 SINTETICO DE ACAO RAPIDA. INDICADO NOS EDEMAS1 EM GERAL, HIPERTENSAO ARTERIAL3, INSUFICIENCIA CARDIACA CONGESTIVA7, ECLAMPSIA4, EDEMA8 CEREBRAL AGUDO9, INSUFICIENCIA RENAL5 AGUDA E INTOXICACAO POR BARBITURICOS.

Apresentação da Furosemida Cibran

COMPRIMIDOS 40 MG; AMPOLAS COM 10 MG.

FUROSEMIDA CIBRAN - Laboratório

Cia. Brasileira de Antibióticos CIBRAN
ROD. BR 101 - Km 273
TANGUA/RJ - CEP: 24890000
Tel: (021 )747-1156

Ver outros medicamentos do laboratório "Cia. Brasileira de Antibióticos CIBRAN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Edemas: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
2 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
3 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
4 Eclâmpsia: Ocorre quando a mulher com pré-eclâmpsia grave apresenta covulsão ou entra em coma. As convulsões ocorrem porque a pressão sobe muito e, em decorrência disso, diminui o fluxo de sangue que vai para o cérebro.
5 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
6 Diurético: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
7 Insuficiência Cardíaca Congestiva: É uma incapacidade do coração para efetuar as suas funções de forma adequada como conseqüência de enfermidades do próprio coração ou de outros órgãos. O músculo cardíaco vai diminuindo sua força para bombear o sangue para todo o organismo.
8 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
9 Agudo: Descreve algo que acontece repentinamente e por curto período de tempo. O oposto de crônico.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre FUROSEMIDA CIBRAN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.