BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos
BulasMed
Selecione a bula

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Frontal alprazolam Comprimidos 0,25 mg, 0,5 mg, 1 mg ou 2 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimidos Embalagens contendo 30 comprimidos ou 30 comprimidos + 1 porta-comprimidos USO ORAL USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS DE IDADE COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Frontal 0,25 mg contém: alprazolam 0,25 mg excipiente q.
 - 07/03/2007
Estas vantagens compensam temporariamente o risco da dilatação da pupila. Reações Adversas da Fenilefrina batimentos cardíacos rápidos, irregulares e palpitações, aumento da pressão arterial, aumento da sudorese, cefaléia frontal, sensibilidade dos olhos à luz e lacrimejamento. Contra-Indicações da Fenilefrina hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Glaucoma de ângulo estreito. Hipertensão, diabetes mellitus e alterações arterioscleróticas avançadas.
 - 07/03/2007
IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Frontal XR alprazolam Comprimidos de liberação lenta 0,5 mg, 1,0 mg ou 2,0 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido de liberação lenta Embalagens contendo 30 comprimidos USO ORAL USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS DE IDADE COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Frontal XR 0,5 mg contém: alprazolam 0,5 mg excipiente q.
 - 07/03/2007
Assim como qualquer medicamento, podem ocorrer reações indesejáveis com a aplicação de FENILEFRINA. Foram relatados casos de batimentos cardíacos rápidos, irregulares e palpitações, aumento da pressão arterial, aumento da sudorese, cefaléia frontal, sensibilidade dos olhos à luz e lacrimejamento. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.
 - 13/08/2019
Outras reações adversas relacionadas ao uso ocular foram raras e ocorreram em menos de 1% dos pacientes: hiperemia, prurido, sensação de olho colado, aumento de fibrina, olho seco, edema conjuntival, coloração corneana, ceratite, lacrimejamento, fotofobia, edema, irritação, úlcera corneana, dor na região frontal da cabeça, escamas na margem palpebral, edema corneano, infiltrado e erosão corneana. Reações adversas não oculares foram raras e ocorreram em menos de 1% dos pacientes: dor de cabeça, hipotensão, rinite, faringite e alteração do paladar.
 - 23/10/2009
A codeína exerce sua atividade agonista primariamente no receptor mu. Os receptores mu são amplamente distribuídos através do SNC, especialmente no sistema límbico (córtex frontal, córtex temporal, amígdala e hipocampo), tálamo, striatum, hipotálamo e mesencéfalo assim como as lâminas I, II, IV e V do corno dorsal e na coluna vertebral.
 - 07/03/2007
Dois desses estudos foram realizados durante 5 anos, em homens com diferentes graus de perda de cabelo e com calvície no topo da cabeça. O terceiro estudo teve duração de 1 ano e incluiu homens com calvície na parte frontal da cabeça. Um método fotográfico especial foi utilizado para contar o número de fios de cabelo em uma área calva do couro cabeludo.
 - 08/03/2007
Dois desses estudos foram realizados durante 5 anos, em homens com diferentes graus de perda de cabelo e com calvície no topo da cabeça. O terceiro estudo teve duração de 1 ano e incluiu homens com calvície na parte frontal da cabeça. Um método fotográfico especial foi utilizado para contar o número de fios de cabelo em uma área calva do couro cabeludo.
 - 28/08/2012
Dois desses estudos foram realizados durante 5 anos, em homens com diferentes graus de perda de cabelo e com calvície no topo da cabeça. O terceiro estudo teve duração de 1 ano e incluiu homens com calvície na parte frontal da cabeça. Um método fotográfico especial foi utilizado para contar o número de fios de cabelo em uma área calva do couro cabeludo.
 - 22/08/2019
A fim de evitar uma possível contaminação, mantenha a ponta do frasco longe do contato com qualquer superfície. Antes de utilizar a medicação pela primeira vez, certifique-se de que a fita de segurança, localizada na parte frontal do frasco, está intacta. A existência de um espaço entre o frasco e a tampa é normal quando o frasco ainda não foi aberto. Retire a fita de segurança para quebrar o lacre.
 - 13/08/2019
O bulas.med.br faz parte da plataforma HiDoctor
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - Próximos »
1 a 10 (Total: 47)

Outros resultados:

Resultados: 50

Um estudo duplo-cego, com voluntários do sexo masculino, saudáveis, que receberam um refrigerante à base de soro de leite, contendo 27,5 g de extrato de chá verde, ou uma bebida semelhante sem o chá verde (controle), analisou o efeito de memória na conectividade efetiva entre as regiões frontal e parietal do cérebro. Os participantes receberam tarefas de memória ao se submeterem à ressonância magnética funcional.
O tecido protuberante pode estar localizado em qualquer parte da cabeça, mas geralmente afeta a linha média do crânio, desde o occipício (parte de trás do crânio) até a cavidade nasal, sendo mais frequente na região occipital. A maioria dos estudos epidemiológicos classificam as encefaloceles de acordo com a sua localização, usando categorias amplas como frontal, parietal, occipital e esfenoidal. Quais são as causas da encefalocele? A causa exata da encefalocele permanece desconhecida, mas os cientistas acreditam que múltiplos fatores estão envolvidos.
Sacarose vs sucralose foi associada com maior produção de glicose circulante, insulina e peptídeo 1 semelhante ao glucagon e supressão de acil-grelina, mas nenhuma diferença foi encontrada para o peptídeo YY ou leptina. As interações do status do IMC por bebida foi observado no córtex frontal medial (CFM; P para interação 0,001) e córtex orbitofrontal (COF; P para interação = 0,002). Indivíduos com obesidade (CFM, , 0,60; IC 95%, 0,38 a 0,83; P 0,001; COF, , 0,27; IC 95%, 0,11 a 0,43.
Os efeitos do tratamento foram mantidos no acompanhamento de 1 ano, com uma pontuação média (DP) de dor de 1,51 (1,59) no grupo de TRD, 2,79 (1,78) no grupo de placebo e 3,00 (1,77) no grupo de tratamento usual. Hedges g foi -0,70 para TRD vs placebo (P = 0,001) e -1,05 para TRD vs cuidado usual (P 0,001) em 1 ano de acompanhamento. A fMRI longitudinal mostrou: respostas reduzidas à dor nas costas evocada no córtex pré-frontal anterior e cingulado médio anterior para TRD vs placebo; respostas reduzidas na ínsula anterior para TRD vs cuidado usual.
Assim, a atividade neuronal em pacientes com enxaqueca foi mais pronunciada em aglomerados dentro do giro occipital superior (estimativa de contraste 3,005 [IC 90% 1,817, 4,194]) e inferior (estimativa de contraste 1,759 [IC 90% 1,062, 2,456]), núcleos pontinos (estimativa de contraste 0,665 [IC 90% 0,383, 0,946]) e dentro dos lóbulos cerebelares V/VI (estimativa de contraste 0,672 [IC 90% 0,380, 0,964]), enquanto a diminuição da atividade foi observada no lóbulo cerebelar VIIb (estimativa de contraste 0,787 [IC 90% 0,444, 1,130]) e no giro frontal médio (estimativa de contraste 0,962 [IC 90% 0,557, 1,367]). Essas ativações se correlacionaram com a incapacidade por enxaqueca (r = -0,46, p = 0,04) e escores de enjoo (r = 0,32, p = 0,04).
Mostrar: 5
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
1 a 5 (Total: 50)
  • Entrar
  • Cadastrar