Nenê Dent N

NYCOMED PHARMA

Atualizado em 09/12/2014

Nenê Dent® N

Matricaria chamomilla tintura

Cloridrato de lidocaína

Polidocanol

NÃO CONTÉM CONSERVANTES

SEM AÇÚCAR1

Formas Farmacêuticas, Apresentações e Via de Administração de Nenê Dent N

Gel. Bisnagas com 10 g.

Solução. Frascos com 10 g.

Uso tópico2.

USO PEDIÁTRICO

Composição de Nenê Dent N


Cada grama3 do gel contém:

Cloridrato de lidocaína ..................................................... 3,4 mg

Polidocanol 600 ................................................................ 3,2 mg

Tintura de Matricaria chamomilla ................................. 150,0 mg

Excipientes q.s.p. ................................................................ 1,0 g

Excipientes: propilenoglicol, xilitol, sorbitol4, edetato dissódico, carbômer, hidróxido de sódio, polissorbato 20, sacarina5 sódica, mentol e água purificada.

Cada grama3 da solução contém:

Cloridrato de lidocaína ...................................................... 3,4 mg

Polidocanol 600 ................................................................ 3,2 mg

Tintura de Matricaria chamomilla ................................. 150,0 mg

Veículo q.s.p. ...................................................................... 1,0 g

Excipientes: glicerol, xilitol, sorbitol4, povidona, polissorbato 20, sacarina5 sódica, mentol e água purificada.

Informações ao Paciente de Nenê Dent N

Quando devo usar e qual é a ação esperada de Nenê Dent® N?

Nenê Dent® N deve ser usado para aliviar a dor e a coceira, comuns no surgimento da primeira dentição6 em crianças. Também apresenta ação antiinflamatória local.

Sua formulação, desenvolvida especialmente para crianças, não contém conservantes ou açúcar1, possuindo o xilitol que previne o desenvolvimento de cáries7.

Como devo guardar Nenê Dent® N?

Você deve guardar o produto na embalagem original, à temperatura ambiente (15˚C a 30˚C) e proteger da luz.

Qual é o prazo de validade de Nenê Dent® N?

O prazo de validade está impresso na embalagem do produto. Após a abertura da embalagem, o prazo de validade do produto é de 1 ano, desde que dentro do prazo de validade do produto.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido, pois, além de não obter o efeito desejado, você estará prejudicando sua saúde8.

Posso usar Nenê Dent® N durante a gravidez9 e amamentação10?

Este produto é indicado para crianças com problemas na dentição6. Portanto, considerando indicação específica, restrições e informações quanto a gravidez9 e lactação11 não são aplicáveis.

Existe algum cuidado especial para usar Nenê Dent® N?

Siga as orientações quanto ao uso do produto no item “Posologia e modo de usar”. Se ocorrer piora ou persistência dos sintomas12, procure orientação médica. Evite o contato do produto com os olhos13.

Posso interromper o tratamento com Nenê Dent® N?

Sim, você pode interromper o tratamento a qualquer momento. Caso o uso do produto esteja sendo feito sob recomendação médica, não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Podem ocorrer reações adversas desagradáveis com o uso de Nenê Dent® N?

Reações alérgicas ocasionadas pelos componentes da formulação são possíveis de ocorrer.

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Quando o bebê está usando Nenê Dent® N, pode-se fazer uso de outras substâncias?

Não existem relatos de que Nenê Dent® N interfira na ação de outros medicamentos. Porém, você deve informar ao médico sobre qualquer medicamento que o bebê esteja usando.

Quando o bebê não deve usar Nenê Dent® N e quando deve utilizá-lo com cuidado?

O produto não deve ser utilizado em casos de alergia14 conhecida aos componentes da fórmula.

Crianças que apresentem febre15 ou problemas digestivos durante o processo da primeira dentição6 devem procurar um médico, pois, estes sintomas12 não estão necessariamente relacionados ao processo de dentição6.

Em casos de vermelhidão ou inchaço16 da gengiva ou em casos de outras queixas secundárias concomitantes, procure orientação médica.

Riscos da automedicação17: NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SÁUDE.

Informações Técnicas de Nenê Dent N

Características de Nenê Dent N

Nenê Dent® N, através da ação dos dois anestésicos locais, cloridrato de lidocaína e polidocanol, alivia a dor e a coceira, comuns no surgimento da primeira dentição6 em crianças.

A tintura de Matricaria chamomilla tem ação antiinflamatória local, contribuindo assim para a ação do produto.

Sua formulação, desenvolvida especialmente para crianças, não contém conservantes ou açúcar1, possuindo o xilitol que previne o desenvolvimento de cáries7.

Nenê Dent® N pode ser utilizado até a aparição de toda a primeira dentição6 (dentes de leite) e, posteriormente, quando surgirem os molares.

Segue abaixo ilustração que demonstra o período (referente à idade da criança) em que determinados dentes são formados durante a primeira dentição6:


Indicações de Nenê Dent N


Para o alívio da dor, prurido18 e inflamação19 que surgem durante o processo fisiológico20 da primeira dentição6.

Contraindicações de Nenê Dent N

Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Precauções e Advertências de Nenê Dent N


Crianças que apresentem febre15 ou problemas digestivos durante o processo da primeira dentição6 devem procurar um médico, pois, estes sintomas12 não estão necessariamente relacionados ao processo de dentição6.

Crianças que apresentem casos de vermelhidão ou inchaço16 da gengiva ou casos de sérias queixas secundárias concomitantes devem procurar um médico.

Evitar o contato do produto com os olhos13.

Interações Medicamentosas de Nenê Dent N

Até o momento, não foram relatados casos de interações medicamentosas com o uso do produto.

Reações Adversas de Nenê Dent N


Reações alérgicas ocasionadas pelos componentes da formulação são possíveis de ocorrer.

Posologia e Modo de Usar de Nenê Dent N

Nenê Dent® N Gel:

1- Informações para abertura do lacre:

Perfurar o lacre da bisnaga com o lado externo da tampa.

2 - Aplique uma pequena quantidade de gel, com o auxílio de um dos dedos previamente limpo ou de um chumaço de algodão, sobre a gengiva (local de erupção21 do dente22).

Vide ilustrações abaixo. Deve-se fazer 2 ou 3 aplicações ao dia, preferencialmente após as refeições e antes de dormir ou ainda à critério médico.

Nenê Dent® N Solução: mantendo o frasco na vertical para gotejar, aplique uma pequena quantidade da solução, com o auxílio de um dos dedos ou de algodão, sobre a gengiva (local de erupção21 do dente22). Vide ilustrações abaixo.

Deve-se fazer 2 ou 3 aplicações ao dia, preferencialmente após as refeições e antes de dormir ou ainda à critério médico.

Nenê Dent® N pode ser utilizado até a aparição de toda a primeira dentição6 (dentes de leite) e, posteriormente, quando surgirem os molares.

Superdose de Nenê Dent N


Devido às baixas doses dos componentes ativos, até o momento não existem relatos de superdose com manifestações clínicas.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS12, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

MS - 1.0639.0097

Farmacêutico Responsável: Wagner Moi - CRF-SP nº 14.828

Nº do lote, data da fabricação e data da validade: vide cartucho.

Dentinox®

Fórmula original de Dentinox Gesellschaft fuer Pharmazeutische Praeparate

Berlim - Alemanha

Nycomed Pharma Ltda.

Rodovia SP 340 S/N, Km 133,5

Jaguariúna - SP

CNPJ 60.397.775/0008-40

Indústria Brasileira

Leia com atenção, antes de usar o produto.

EM CASO DE DÚVIDAS LIGUE GRATUITAMENTE

SAC: 0800-7710345


Nenê Dent N - Laboratório

NYCOMED PHARMA
Rua do Estilo Barroco, 721
Santo Amaro/SP - CEP: 04709-011
Tel: 11 5188 4400
Site: http://www.nycomed.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "NYCOMED PHARMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
2 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
3 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
4 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
5 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
6 Dentição: Os dentes conjuntamente na arcada dentária. Normalmente, a dentição se refere aos dentes naturais posicionados em seus alvéolos. A dentição referente aos dentes decíduos é a DENTIÇÃO PRIMÁRIA; e a referente aos dentes permanentes é a DENTIÇÃO PERMANENTE.
7 Cáries: Destruição do esmalte dental produzida pela proliferação de bactérias na cavidade oral.
8 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
9 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
10 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
11 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
12 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
13 Olhos:
14 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
15 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
16 Inchaço: Inchação, edema.
17 Automedicação: Automedicação é a prática de tomar remédios sem a prescrição, orientação e supervisão médicas.
18 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
19 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
20 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
21 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
22 Dente: Uma das estruturas cônicas duras situadas nos alvéolos da maxila e mandíbula, utilizadas na mastigação e que auxiliam a articulação. O dente é uma estrutura dérmica composta de dentina e revestida por cemento na raiz anatômica e por esmalte na coroa anatômica. Consiste numa raiz mergulhada no alvéolo, um colo recoberto pela gengiva e uma coroa, a parte exposta. No centro encontra-se a cavidade bulbar preenchida com retículo de tecido conjuntivo contendo uma substância gelatinosa (polpa do dente) e vasos sangüíneos e nervos que penetram através de uma abertura ou aberturas no ápice da raiz. Os 20 dentes decíduos ou dentes primários surgem entre o sexto e o nono e o vigésimo quarto mês de vida; sofrem esfoliação e são substituídos pelos 32 dentes permanentes, que aparecem entre o quinto e sétimo e entre o décimo sétimo e vigésimo terceiro anos. Existem quatro tipos de dentes

Tem alguma dúvida sobre Nenê Dent N?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.