FERROTRAT B12 PLUS

MEDLEY

Atualizado em 08/12/2014

FERROTRAT B12 PLUS

Ferro + ASSOCIAÇÕES

Antianêmico e tônico

- FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Solução oral: frascos de 200 ml.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Composição de Ferrotrat B12 Plus

Cada colher de sopa (15 ml) contém: Cianocobalamina (vitamina1 B12)....................25 mcg
Cloridrato de DL-carnitina....................0,1 g
Cloridrato de L-lisina....................0,1 g
Citrato de ferro amoniacal a 0,165 g de ferro elementar..1g
Glicerofosfato de sódio....................0,65 g
Sulfato de manganês....................0,01 g
Sulfato cúprico....................0,0005 g
Veículo q.s.p....................15 ml
(Metilparabeno, essência, álcool etílico, sacarina2 sódica, sorbitol3 a 70%, propilparabeno, edetato dissódico)

Informações ao Paciente de Ferrotrat B12 Plus


·      Ação esperada do medicamento: Ferrotrat B12 Plus tem ação nas diversas anemias ferroprivas e como estimulante do apetite e do crescimento.
·    Cuidados de armazenamento: Conservar em temperatura ambiente e ao abrigo da luz.
·    Prazo de validade: Não use o medicamento se o prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
·    Gravidez4 e Lactação5: Informe seu médico a ocorrência de gravidez4 durante o tratamento ou após seu término e se estiver amamentando.
·    Cuidados de administração: Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
·    Interrupção do tratamento: Qualquer modificação da dose utilizada ou interrupção do tratamento deve ser feita sob orientação médica. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
·    Reações adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis ou reações alérgicas (vermelhidão, urticária6).

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

·      Contra-indicações e Precauções: Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE7.

Informações Técnicas de Ferrotrat B12 Plus

A vitamina1 B12, de ação fundamental antianêmica, é dotada de importante atividade hepatoprotetora, lipotrópica e anabolizante.
O extrato hepático com estômago8 contém, além da fração antianêmica dos extratos de fígado9, o fator intrínseco10 do estômago8, termolábil, que favorece a absorção da primeira.
A carnitina, inicialmente isolada do tecido11 muscular e atualmente preparada por síntese, é um estimulante das várias secreções digestivas e seu uso produz aumento de apetite, melhor utilização dos alimentos e aumento do índice ponderal12.
A lisina age como elemento nutritivo e sendo um aminoácido contribui para a melhor formação dos tecidos.
O citrato de ferro amoniacal é usado no tratamento de anemias ferroprivas, sendo destituído de efeitos irritantes e apresentando excelente tolerância.
O glicerofosfato de sódio, graças ao fósforo de sua molécula, sob forma orgânica, age nos casos de esgotamento físico e mental.
Os oligoelementos, sob a forma de sulfato, interferem, como material básico, na síntese das proteínas13 e, como catalisadores, nos processos de transformação do metabolismo14 intermediário, além de serem utilizados na formação do tecido conjuntivo15.

Indicações de Ferrotrat B12 Plus


Nas diversas anemias ferroprivas e como estimulante do apetite e do crescimento.

Contra-Indicações de Ferrotrat B12 Plus

Não é aconselhável o uso de sais de ferro nos portadores de úlcera16 gastroduodenal e tuberculose17 ativa.

Precauções de Ferrotrat B12 Plus


Quando administrados por via oral os sais de ferro diminuem a absorção de tetraciclinas usadas concomitantemente.

Efeitos Colaterais18 de Ferrotrat B12 Plus

Podem ser observados desconforto gastrintestinal, diarréia19 ou constipação20 e vômitos21. Raramente, manifestações cutâneas22.

Posologia de Ferrotrat B12 Plus


Uma colher das de sopa (15 ml) no meio ou depois das refeições.
Para crianças - a metade das doses ou de acordo com a orientação médica.
Observação: não contendo açúcar23 a especialidade pode ser indicada a diabéticos.


"SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS24 PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA."

FERROTRAT B12 PLUS - Laboratório

MEDLEY
Rua Macedo Costa, 55
Campinas/SP - CEP: 13080-180
Tel: (19 )744-8324
Fax: (019) 744-8227
Site: http://www.medley.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "MEDLEY"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
9 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
10 Fator intrínseco: Glicoproteína produzida pelas células parietais do estômago, ele é necessário para a absorção de Vitamina B12 no íleo terminal.
11 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
12 Ponderal: Relativo a peso, equilíbrio. Exemplos: Perda ponderal = perda de peso, emagrecimento. Ganho ponderal = ganho de peso.
13 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
14 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
15 Tecido conjuntivo: Tecido que sustenta e conecta outros tecidos. Consiste de CÉLULAS DO TECIDO CONJUNTIVO inseridas em uma grande quantidade de MATRIZ EXTRACELULAR.
16 Úlcera: Ferida superficial em tecido cutâneo ou mucoso que pode ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
17 Tuberculose: Doença infecciosa crônica produzida pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis). Produz doença pulmonar, podendo disseminar-se para qualquer outro órgão. Os sintomas de tuberculose pulmonar consistem em febre, tosse, expectoração, hemoptise, acompanhada de perda de peso e queda do estado geral. Em países em desenvolvimento (como o Brasil) aconselha-se a vacinação com uma cepa atenuada desta bactéria (vacina BCG).
18 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
19 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
20 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.
21 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
22 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
23 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
24 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.

Tem alguma dúvida sobre FERROTRAT B12 PLUS?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.