DEKATIN

ATIVUS

Atualizado em 08/12/2014

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Dekatin

Comprimidos Revestidos de 300 mg - caixa com 30 comprimidos revestidos. USO ADULTO -Composição
Comprimidos Revestidos de 300 mg - cada comprimido revestido contém: Extrato seco de Crataegus oxyacantha L à 2,5% de vitexina 300 mg (equivalente à 7,5 mg de flavonóides calculados como vitexina) Excipientes: Lactose1, Croscarmelose Sódica, Celulose Microcristalina, Estearato de Magnésio, Talco, Polietilenoglicol, Dióxido de Titânio, Copolímero Ácido Metacrílico, Álcool Isopropílico, Corante Lacca Alumínio Vermelho nº 6, Acetona e Água de Osmose2. Nomenclatura botânica e parte da planta utilizada: Crataegus oxyacantha L. (Rosaceae), partes aéreas.
-Cuidados na conservação
O medicamento deve ser conservado ao abrigo do calor excessivo, da umidade, da luz e em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Prazo de validade: 24 meses após a data de fabricação. Verifique a data de fabricação no cartucho. Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.
-Gravidez3 e lactação4
O uso de DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) deve ser feito sob supervisão médica. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez3 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se estiver amamentando.
-Cuidados na administração/interrupção no tratamento
Siga sempre a orientação de seu médico, respeitando os horários, as doses e a duração do tratamento. NÃO INTERROMPER O TRATAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO.
-Reações adversas
DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) é bem tolerado. Entre as principais reações adversas que podem ocorrer estão: desconforto gástrico, palpitações5, sonolência, dores de cabeça6 e zumbidos. Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
-Ingestão concominante com outras substâncias
Comunicar ao seu médico se estiver fazendo uso de outros medicamentos, principalmente para o tratamento de patologias cardíacas e/ou hipertensão arterial7.
-Contra-indicações e precauções
DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) está contra-indicado para pacientes8 alérgicos a quaisquer constituintes da formulação. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE9.
-Características
A Crataegus oxyacantha L. é um pequeno arbusto originário da Europa. Em seu caule encontramos uma grande quantidade de flavonóides, entre eles a vitexina, a vitexina-O-rhamnosídeo, a quercetina, a isovitexina entre outros. A quantidade de flavonóides totais em sua seiva pode chegar a 20%. DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) é produzido com extrato padronizado da planta Crataegus oxyacantha L., contendo 2,5% de flavonóides totais, expressos como vitexina. Estudos "in vivo" mostram uma ação inotrópica e cronotrópica positiva na musculatura lisa cardíaca, estes estudos foram confirmados mostrando uma ação dose resposta. Os mecanismos de ação do extrato de Crataegus oxyacantha L. se faz pela inibição da bomba sódio/potássio. A melhora da função cardíaca se deve à vasodilatação periférica e melhor perfusão coronariana.
-Informações
O Extrato seco de Crataegus oxyacantha L. é obtido de um pequeno arbusto originário da Europa. Seu emprego como cardiotônico se deve ao fato de seu caule ser rico em substâncias denominadas flavonóides, entre elas a vitexina , cuja ação é a de estimular a musculatura lisa cardíaca e relaxar a musculatura lisa vascular10.
-Indicações
DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) está indicado no tratamento de quadros de insuficiência cardíaca11 grau I e II e como auxiliar na melhora da função coronariana.
-Precauções e advertências
Apesar de estudos em ratos não mostrar ação teratogênica12 ou embriogênica assim como maior risco de aborto, seu uso em mulheres grávidas deve ser feito com cautela avaliando a relação risco/benefício. Pacientes que estiverem fazendo uso de outros medicamentos principalmente para o tratamento de hipertensão13 e insuficiência cardíaca11 devem ter acompanhamento médico.
-Interações medicamentosas
Pacientes em tratamento de hipertensão13 e/ou cardiopatas devem avaliar o uso de outros medicamentos. Tem-se descrito um efeito potencializador em relação aos glicosídeos cardiotônicos como a digoxina. Outras drogas que podem ter seus efeitos potencializados são a teofilina, cafeína, papaverina, nitratos, adenosídeos e epinefrina.
-Contra-indicações
DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) está contra-indicado para pacientes8 alérgicos a quaisquer constituintes da formulação.
-Reações adversas/colaterais e alterações de exames laboratoriais
DEKATIN (Extrato seco de Crataegus oxyacantha L.) é bem tolerado. Entre as principais reações adversas que podem ocorrer estão: desconforto gástrico, palpitações5, sonolência, dores de cabeça6 e zumbidos. Não há relatos de alterações em exames laboratoriais.
-Posologia
1 a 3 comprimidos revestidos ao dia por 4 a 8 semanas ou à critério médico.

Superdosagem de Dekatin

Não há dados de superdosagem em humanos. Estudos em animais mostram uma depressão respiratória e bradicardia14. Em casos de superdosagem aconselha-se o esvaziamento gástrico e suporte cárdio-respiratório.

Pacientes Idosos de Dekatin

Até o momento não há relatos de efeitos prejudiciais em pacientes idosos.

Uso Pediátrico de Dekatin

O uso de DEKATIN não é recomendado na pediatria.

DEKATIN - Laboratório

ATIVUS
Rua Fonte Mécia, 2050 - São Pedro
Valinhos/SP - CEP: 13270-000
Tel: (19) 3849 8600
Site: http://www.ativus.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ATIVUS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Osmose: Fluxo do solvente de uma solução pouco concentrada, em direção a outra mais concentrada, que se dá através de uma membrana semipermeável.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
5 Palpitações: Designa a sensação de consciência do batimento do coração, que habitualmente não se sente. As palpitações são detectadas usualmente após um exercício violento, em situações de tensão ou depois de um grande susto, quando o coração bate com mais força e/ou mais rapidez que o normal.
6 Cabeça:
7 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
8 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
11 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
12 Teratogênica: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
13 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
14 Bradicardia: Diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto. Pode estar associada a distúrbios da condução cardíaca, ao efeito de alguns medicamentos ou a causas fisiológicas (bradicardia do desportista).

Tem alguma dúvida sobre DEKATIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.