ISOTREX Gel

STIEFEL

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Isotrex Gel

cada 100 g do gel contém isotretinoína 0,050 g,veículo q.s.p. 100,000 g. O veículo contém: hidroxipropilcelulose, butilhidroxitolueno e etanol.

Posologia e Administração de Isotrex Gel

Isotrex Gel deve ser aplicado uma vez ao dia, espalhando quantidade suficiente para cobrir toda a área afetada. Utilizar Isotrex Gel, de preferência à noite. A pele1 deve ser cuidadosamente lavada e seca antes da aplicação do produto. Uma vez aberto, o tubo de Isotrex Gel deve ser usado dentro de 3 meses e qualquer resíduo que tenha sobrado após este período deve ser descartado. Pode-se observar a ação terapêutica2 do produto após a segunda ou terceira semana de terapia, sendo que os melhores resultados podem ser constatados após 6 a 8 semanas de tratamento. - Superdosagem e ingestão acidental: não se conhece nenhum caso de superdosagem e ingestão de Isotrex Gel. Se ocorrer uma ingestão acidental do produto, poderá resultar em uma superdosagem de isotretinoína, induzindo sintomas3 de hipervitaminose A, como dor-de-cabeça4, náusea5 ou vômito6, sonolência, irritabilidade e prurido7.

Precauções de Isotrex Gel

Isotrex Gel contém uma base alcoólica que pode causar irritação aos olhos8, sensação de prurido7 e ardência em membranas mucosas9 ou outras superfícies sensíveis, sintomas3 estes que podem ser provocados também pela presença do princípio ativo (isotretinoína). O produto não deve ser aplicado na pele1 eczematosa, esfoliada ou que apresente queimadura solar e em outros locais sensíveis como os ângulos do nariz10 e o pescoço11. O uso de outros produtos tópicos com a mesma finalidade terapêutica2 deverá ser feito com precaução, pois pode ocorrer um efeito irritante cumulativo, especialmente com o uso de produtos contendo agentes abrasivos e descamantes. Evitar a exposição excessiva das áreas tratadas com Isotrex Gel à luz solar ou a lâmpadas ultravioletas, protegendo-as com a utilização de protetor solar com, no mínimo, FPS 15 ou de roupas claras. A segurança e a eficácia não foram ainda estabelecidas em crianças e, portanto, o uso de Isotrex Gel não é recomendado nesta faixa etária. Cosméticos não oleosos podem ser utilizados desde que a área cutânea12 a ser tratada com Isotrex Gel seja limpa e seca antes da aplicação do produto. - Interações medicamentosas: o uso concomitante de medicamentos tópicos com Isotrex Gel deve ser realizado com cautela, principalmente se essas preparações tópicas contiverem agentes descamativos (por exemplo, peróxido de benzoíla) ou abrasivos.

Reações Adversas de Isotrex Gel

Isotrex Gel pode provocar sensação de picada, queimação e irritação, além de eritema13 e descamação14 que podem ocorrer no local da aplicação. Se ocorrer irritação excessiva, o tratamento deve ser interrompido temporariamente até que as reações desapareçam. Se a irritação persistir, interromper o tratamento. As reações adversas normalmente são controladas pela suspensão da terapia.

Contra-Indicações de Isotrex Gel

pacientes com conhecida hipersensibilidade aos componentes da fórmula ou em pacientes que possuem um histórico familiar ou pessoal de epitelioma cutâneo15. - Gravidez16 e lactação17: não há evidências que comprovem a segurança do uso de isotretinoína tópica na gravidez16. Em razão dos estudos realizados com a isotretinoína sistêmica em humanos, que demonstraram a sua associação com a teratogenicidade, como, por exemplo, defeitos na formação da face18, das orelhas19, do coração20 e do sistema nervoso21, Isotrex Gel não deve ser utilizado por mulheres grávidas. Naquelas que pretendem engravidar em um curto espaço de tempo, devem ser tomadas medidas efetivas que previnam a gravidez16 antes, durante e logo após o término do tratamento com Isotrex Gel. A absorção percutânea da isotretinoína a partir do Isotrex Gel é desprezível. No entanto, como não existem dados que comprovem ausência da isotretinoína no leite, Isotrex Gel, assim como muitos medicamentos, não deve ser utilizado durante a lactação17.

Indicações de Isotrex Gel

tratamento da acne22 vulgar leve a moderada, sendo efetivo no tratamento de lesões23 inflamatórias e não inflamatórias.

Apresentação de Isotrex Gel

bisnaga com 30 g


ISOTREX Gel - Laboratório

STIEFEL
Rua Professor João C. Salem, 1081/1301
Guarulhos/SP
Tel: 0800 7043189
Email: sac@stiefel.com.br
Site: http://www.stiefel.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "STIEFEL"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
3 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Cabeça:
5 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
6 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
7 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
8 Olhos:
9 Mucosas: Tipo de membranas, umidificadas por secreções glandulares, que recobrem cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
10 Nariz: Estrutura especializada que funciona como um órgão do sentido do olfato e que também pertence ao sistema respiratório; o termo inclui tanto o nariz externo como a cavidade nasal.
11 Pescoço:
12 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
13 Eritema: Vermelhidão da pele, difusa ou salpicada, que desaparece à pressão.
14 Descamação: 1. Ato ou efeito de descamar(-se); escamação. 2. Na dermatologia, fala-se da eliminação normal ou patológica da camada córnea da pele ou das mucosas. 3. Formação de cascas ou escamas, devido ao intemperismo, sobre uma rocha; esfoliação térmica.
15 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
16 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
17 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
18 Face: Parte anterior da cabeça que inclui a pele, os músculos e as estruturas da fronte, olhos, nariz, boca, bochechas e mandíbula.
19 Orelhas: Sistema auditivo e de equilíbrio do corpo. Consiste em três partes
20 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
21 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.
22 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
23 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.

Tem alguma dúvida sobre ISOTREX Gel?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.