Calciovital B12

NATULAB LABORATÓRIO S.A

Atualizado em 07/11/2019

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Calciovital B12
fosfato de cálcio tribásico + colecalciferol + cianocobalamina 
Suspensão Oral

APRESENTAÇÃO

Suspensão Oral
Cartucho contendo frasco plástico com 250mL.

USO ORAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 1 ANO

COMPOSIÇÃO

Cada mL de Calciovital B12 contém:

fosfato de cálcio tribásico (equivalente a 3,989 mg de cálcio elementar) 10 mg
colecalciferol (Vitamina1 D3)(equivalente a 10UI) 0,00025 mg
cianocobalamina (Vitamina1 B12) 0,0012 mg
excipientes q.s.p. 1 mL

Excipientes: sacarina2 sódica, glicerol, corante vermelho, metilparabeno, propilparabeno, aroma framboesa, edetato dissódico, goma xantana, sorbitol3, álcool etílico, citrato de sódio e água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

CALCIOVITAL B12 é um suplemento vitamínico e mineral indicado para prevenção e tratamento auxiliar na desmineralização óssea pré e pós menopausa4, para crianças em fase de crescimento, auxiliar nas anemias carênciais, em dietas restritivas e inadequadas, em doenças crônicas e convalescença, em período de crescimento acelerado, na gestação e aleitamento, para prevenção do raquitismo5, auxiliar do sistema imunológico6 e em idosos.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

O medicamento CALCIOVITAL B12 possui substâncias em sua composição aonde cada uma delas desempenhará importantes papeis sobre os metabolismos:

O fosfato de cálcio tribásico atua sobre o metabolismo7 ósseo, também atua sobre sua remodelação (relação osteoblastos – osteoclastos8), onde o esqueleto9 possui 99% do cálcio total do corpo.

A Vitamina1 D é importante na regulação da absorção de cálcio no intestino, é produzido nos rins10 e, durante a gravidez11, na unidade fetoplacentária.

A Vitamina1 B12 esta presente em diversas reações metabólicas no organismo.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

O uso produto é contraindicado em pacientes com hipercalcemia ou que apresentem hipersensibilidade a qualquer componente da formulação.

A Cianocobalamina não deve ser usada em pacientes com Atrofia12 Óptica Hereditária de Leber, uma vez que tem sido reportada uma atrofia12 rápida do nervo ótico na administração a estes pacientes. Pacientes com suspeita de estado carencial desta vitamina1 devem ser submetidos a um diagnóstico13 preciso antes de serem submetidos a um tratamento com este medicamento. Doses superiores a 10µd/dia de cianocobalamina podem produzir respostas hematológicas em pacientes com deficiência de folatos, ao ponto de que o uso indiscriminado de cianocobalamina pode mascarar um diagnóstico13 preciso.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Gravidez11 e lactação14

CALCIOVITAL B12 pode ser utilizado durante a gravidez11 desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez11 na vigência do tratamento ou após o seu término ou se estiver amamentando.

Ingestão concomitante com outras substâncias

Pacientes que utilizam medicamentos bifosfonados devem esperar meia hora antes de ingerir o produto.

Este medicamento contém ÁLCOOL no teor de 5%

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Conservar o produto em sua embalagem original, à temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e da umidade.

Prazo de validade: CALCIOVITAL B12 possui prazo de validade de 24 meses a partir da data de fabricação, desde que observados os cuidados de armazenamento. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original. Não use medicamento com o prazo de validade vencido.

Características físicas e organolépticas do produto

CALCIOVITAL B12 é uma suspensão viscosa com odor framboesa na coloração rosa.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso você observe alguma mudança no aspecto do medicamento que ainda esteja no prazo de validade, consulte o médico ou o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Adultos

1 colher de sopa (15 mL), antes do café da manhã; 2 colheres de sopa (15 mL cada), antes do almoço. 2 colheres de sopa (15 mL cada), antes do jantar. Totalizando 5 colheres de sopa, ao dia.

Cada 75mL (posologia máxima para Adultos) contém:

Nutriente

Concentração(*)

IDR(*)

Fosfato de Cálcio Tribásico **

299,1 mg de cálcio elementar

29,91%

Colecalciferol (Vitamina1 D3)

750 UI

375%

Cianocobalamina (Vitamina1 B12)

0,09 mg

3750%

*Concentração e teor percentual do componente na posologia máxima (75 mL) indicada relativo a Ingestão Diária Recomendada (IDR).
**A concentração do cálcio enquadra-se na categoria de Suplemento Mineral.

Crianças

1 colher de sopa (15 mL), 3 vezes ao dia antes das refeições.

Cada 45mL (posologia máxima para Crianças) contém:

Nutriente

Concentração(*)

IDR(*)

1-3 anos

4-6 anos

7-10 anos

Fosfato de Cálcio Tribásico **

179,505 mg de cálcio elementar

35,90%

29,92%

25,64%

Colecalciferol (Vitamina1 D3)

450 UI

225%

225%

225%

Cianocobalamina (Vitamina1 B12)

0,054 mg

6000%

4500%

3000%

*Concentração e teor percentual do componente na posologia máxima (45 mL) indicada relativo a Ingestão Diária Recomendada (IDR).
**A concentração do cálcio enquadra-se na categoria de Suplemento Mineral.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas15, procure orientação de seu médico ou cirurgião- dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologias sem a necessidade de suplementação16.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Informe ao seu médico caso ocorra o aparecimento de reações desagradáveis tais como: hipercalcemia, constipação17, náuseas18, vômito19 e diarréia20.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA GRANDE QUANTIDADE DESTE MEDICAMENTO DE UMA SÓ VEZ?

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas15 procure orientação médica.
 

MS: 1.3841.0038
Farm. Responsável: Tales Vasconcelos de Cortes - CRF/BA nº3745

NATULAB LABORATÓRIO SA
Rua H, nº2, Galpão 03 - Urbis II

Santo Antônio de Jesus - Bahia – CEP - 44.574-150
CNPJ 02.456.955/0001-83
INDÚSTRIA BRASILEIRA 


SAC (75) 3311 5555

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
4 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
5 Raquitismo: Doença decorrente da mineralização inadequada do osso em crescimento, ou seja, da placa epifisária. Está entre as doenças mais comuns da infância em países em desenvolvimento. A causa predominante é a deficiência de vitamina D, seja por exposição insuficiente à luz solar ou baixa ingestão através da dieta; mas a deficiência de cálcio na dieta também pode gerar um quadro de raquitismo. A osteomalácia é o termo usado para descrever uma condição semelhante que ocorre em adultos, geralmente devido à falta de vitamina D.
6 Sistema imunológico: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
7 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
8 Osteoclastos: Célula que garante a destruição do tecido ósseo.
9 Esqueleto:
10 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Atrofia: 1. Em biologia, é a falta de desenvolvimento de corpo, órgão, tecido ou membro. 2. Em patologia, é a diminuição de peso e volume de órgão, tecido ou membro por nutrição insuficiente das células ou imobilização. 3. No sentido figurado, é uma debilitação ou perda de alguma faculdade mental ou de um dos sentidos, por exemplo, da memória em idosos.
13 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
14 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
15 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
16 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
17 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.
18 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
19 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
20 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.

Tem alguma dúvida sobre Calciovital B12?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.