Preço de Frutaxx em Houston/SP: R$ 123,93

Frutaxx

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A

Atualizado em 24/02/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Frutaxx®
bicarbonato de sódio + carbonato de sódio + ácido cítrico
Pó efervescente 5 g

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES

Pó efervescente tradicional ou sabor abacaxi
embalagem contendo 50, 60 ou 100 envelopes

USO ORAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS

COMPOSIÇÃO:

Cada 5 g de Frutaxx® tradicional contém:

bicarbonato de sódio 2,30 g
ácido cítrico 2,20 g
carbonato de sódio 0,50 g


Cada 5 g de Frutaxx® sabor abacaxi contém:

bicarbonato de sódio 2,31 g
ácido cítrico 2,19 g
carbonato de sódio 0,45 g
excipiente q.s.p. 5 g

Excipientes: corante amarelo quinolina, aspartamo, sucralose, aroma de abacaxi pó.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO FOI INDICADO?

Frutaxx é indicado para alívio da azia1, má digestão2 e outros transtornos estomacais, tais como excesso de acidez do estômago3 e indigestão ácida.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Os componentes de Frutaxx, quando dissolvidos em água, reagem entre si, produzindo um sal de efeito antiácido4.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve tomar este medicamento se tiver história de alergia5 a quaisquer componentes da fórmula, se tiver pressão alta, problemas no fígado6, coração7 ou rins8 ou se seguir uma dieta restrita em sódio.

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve tomar mais do que a dose máxima diária recomendada de 2 envelopes ou 2 colheres de chá deste medicamento a cada 24 horas e não deve utilizar este medicamento por mais de 14 dias seguidos.

Se os sintomas9 persistirem ou piorarem, procure seu médico. É importante atentar para o conteúdo de sódio deste medicamento que equivale a 0,83 g/0,85 g a cada 5 g de pó efervescente.

Gravidez10 e Lactação11

Se você está grávida ou amamentando, consulte seu médico antes de utilizar este medicamento.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas

Este medicamento reduz a acidez do estômago3 e pode interferir na absorção de outros medicamentos, que devem ser tomados em horários diferentes.

Não usar este medicamento duas horas antes ou após o uso de outro medicamento, pois sua eficácia pode ser alterada.

Atenção fenilcetonúricos12: Frutaxx sabor abacaxi contém FENILALANINA13.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Manter o produto em sua embalagem original e conservar em temperatura ambiente (entre 15–30°C); proteger da umidade.

O prazo de validade é de 36 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho).

Após preparo, consumir imediatamente o produto.

Número de lote, datas de fabricação e validade: vide embalagem

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

  • Aspecto físico (pó tradicional): pó branco isento de partículas estranhas.
  • Aspecto físico (pó tradicional após preparo): líquido incolor e sem sabor. Aspecto físico (pó sabor abacaxi): pó amarelo isento de partículas estranhas.
  • Aspecto físico (pó sabor abacaxi após preparo): líquido amarelo com sabor e aroma de abacaxi.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Uso oral

Quando os sintomas9 ocorrerem, você deve dissolver 5 g (conteúdo de 1 envelope) de Frutaxx em um copo pequeno de água (200 mL).

Esperar completar a efervescência e beber de uma vez, podendo repetir o uso após 2 horas, se necessário. Você não deve ultrapassar a dose diária máxima recomendada de 2 envelopes deste medicamento a cada 24 horas. Para esta dose o período máximo de uso recomendado é de 14 dias.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas9, procure orientação de seu médico ou cirurgião- dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você deve usar este medicamento apenas quando os sintomas9 ocorrerem. Não tome doses com intervalo menor do que 2 horas e não exceda a dose máxima diária recomendada.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUE MALES ESTE MEDICAMENTO PODE CAUSAR?

Este medicamento pode causar algumas reações indesejáveis, tais como eructação14 (arroto), flatulência (gases), distensão abdominal e irritação gastrointestinal leve.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

A superdose pode causar eructação14 (arrotos) e distúrbios gastrointestinais. A alta superdose pode levar à sobrecarga de sódio e à alcalose15 metabólica, que pode causar agitação, fraqueza, sede, diminuição da salivação, tontura16, dor de cabeça17 e risco de hipotensão18 e taquicardia19. A ingestão de pó efervescente puro pode causar irritação gástrica, liberação de gás e risco de perfuração estomacal. O tratamento consiste em medidas de suporte sintomático20 e geral.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas9 procure orientação médica.
 

Registro MS – 1.0497.1402
Farm. Resp.: Florentino de Jesus Krencas CRF-SP: 49136

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A
Rua Cel. Luiz Tenório de Brito, 90
Embu-Guaçu – SP – CEP: 06900-000
CNPJ: 60.665.981/0001-18
Indústria Brasileira

Fabricado na unidade fabril:
Trecho 1, Conj. 11, Lote 6/12, Polo de Desenvolvimento JK
Brasília – DF – CEP: 72549-555
CNPJ: 60.665.981/0007-03
Indústria Brasileira


SAC 0800 11 1559

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Azia: Pirose. Sensação de dor epigástrica semelhante a uma queimadura, geralmente acompanhada de regurgitação de suco gástrico para dentro do esôfago.
2 Digestão: Dá-se este nome a todo o conjunto de processos enzimáticos, motores e de transporte através dos quais os alimentos são degradados a compostos mais simples para permitir sua melhor absorção.
3 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
4 Antiácido: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
5 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
6 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
7 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
8 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
9 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
12 Fenilcetonúricos: Portadores da doença fenilcetonúria.
13 Fenilalanina: É um aminoácido natural, encontrado nas proteínas vegetais e animais, essencial para a vida humana.
14 Eructação: Ato de eructar, arroto.
15 Alcalose: Desequilíbrio do meio interno, produzido por uma diminuição na concentração de íons hidrogênio ou aumento da concentração de bases orgânicas nos líquidos corporais.
16 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
17 Cabeça:
18 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
19 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.
20 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.

Tem alguma dúvida sobre Frutaxx?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.