Preço de Otofoxin em Woodbridge/SP: R$ 37,09

Otofoxin

ZAMBON LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS LTDA.

Atualizado em 16/03/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

OTOFOXIN®
cloridrato de ciprofloxacino

APRESENTAÇÃO

Solução otológica: frasco contendo 10 mL com conta-gotas.

USO OTOLÓGICO
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO

cloridrato de ciprofloxacino (equivalente a 5 mg de ciprofloxacino) 5,8 mg
excipiente q.s.p. 1 mL
Excipientes: ácido láctico, edetato dissódico, ácido clorídrico1, hidróxido de sódio, propilenoglicol, cloreto de benzalcônio e água purificada.
Cada (1 mL) contém 23 gotas.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é indicado para o tratamento das infecções2 do ouvido causadas por microorganismos sensíveis ao ciprofloxacino, onde se deseja uma ação local e não geral. O ciprofloxacino é um antibiótico de amplo espectro de ação que mata as principais bactérias presentes nas infecções2 do ouvido.
Otofoxin® está indicado nas otites3 externas, nas otites3 médias crônicas supurativas com ou sem a perfuração timpânica e como profilático nas timpanostomias (timpanoplastias).

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Otofoxin® contém ciprofloxacino, um antibiótico eficaz contra diversos tipos de bactérias. Em alguns casos de otite4, as bactérias causadoras da infecção5 estão concentradas apenas na região do ouvido e são sensíveis a esta medicação. O tratamento realizado de acordo com as orientações médicas é capaz de resolver o quadro de otite4 na grande maioria dos casos.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Otofoxin® é contraindicado para pacientes6 com hipersensibilidade aos componentes do produto e a outras quinolonas.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Otofoxin® é para uso exclusivamente otológico no canal auditivo.
Como acontece com outras preparações antibacterianas, o uso prolongado do ciprofloxacino pode resultar no crescimento excessivo de microorganismos não sensíveis, inclusive fungos.
Estudos com ciprofloxacino não evidenciaram condições clínicas relevantes desfavoráveis com o uso de ciprofloxacino tópico7.
O uso de Otofoxin® deve ser interrompido ao primeiro sinal8 de erupção9 cutânea10 ou de qualquer outra reação de hipersensibilidade.

Gravidez11 e lactação12
Não existem estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. Otofoxin® deve ser usado durante a gravidez11 somente quando o benefício justificar o risco potencial para o feto13. A excreção do ciprofloxacino no leite materno após a instilação da droga no ouvido não foi estudada. Otofoxin® só deve ser administrado durante o período de lactação12 com supervisão médica.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Interações Medicamentosas
Não foram realizados estudos específicos quanto à interações com a preparação otológica de ciprofloxacino.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Informe ao seu médico ou cirurgião dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde14.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

O produto deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30°C) e protegido da luz.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Otofoxin® é uma solução amarelada de aparência uniforme e livre de impurezas visíveis.

Caso o produto seja armazenado em temperatura fora dos cuidados de conservação, o produto pode apresentar cristalização. Caso isto ocorra, proceda de acordo com o item 6 “Como devo usar este medicamento”.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Otofoxin® é para uso local exclusivo do ouvido. “É recomendado aquecer o frasco entre as mãos15 por 1 a 2 minutos antes do uso”.
Limpar bem o conduto auditivo externo. É aconselhável administrar a solução em temperatura ambiente ou corpórea para evitar reações como por exemplo tonturas16.
O paciente deve estar deitado de lado com o ouvido infectado para cima. Ao se instilar as gotas deve-se ter o cuidado de não tocar o bico do aplicador no ouvido ou com os dedos, a fim de não contaminar o mesmo.

Otites3 Externas e Otites3 Médias Crônicas
Instilar 3 a 5 gotas de Otofoxin® no conduto externo do ouvido 3 vezes ao dia durante 7 dias, ou a critério médico.

Profilaxia nas Timpanostomias
Instilar 3 gotas de Otofoxin® no conduto externo do ouvido 3 vezes ao dia durante 3 a 5 dias, após o procedimento cirúrgico ou a critério médico.
A critério médico, pode-se instilar 3 gotas de Otofoxin® como dose intra-operatória, seguido das doses pós-operatórias descritas acima.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico ou cirurgião dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

O uso de qualquer medicação deve ser realizado nos intervalos recomendados pelo seu médico. No caso de antibióticos, isso se torna especialmente importante para que o tratamento funcione, pois a ação destas medicações depende muito da concentração atingida pelo seu uso correto. Não existe um limite de atraso para que ainda se possa administrar uma dose. Não se aconselha dobrar a dose em caso de esquecimento, pois isso pode aumentar o risco de efeitos colaterais17 e não substituirá a dose perdida. Ressaltamos que isso pode comprometer seu tratamento e deve ser informado ao seu médico.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis que possam ocorrer com o uso do medicamento, tais como reações alérgicas (coceira). Podem ocorrer ainda, dor e desconforto no canal auditivo logo após a aplicação da solução otológica. 
Informe ao seu médico, cirurgião dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Em caso de superdose ou ingestão acidental, consulte o seu médico.
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações. Informe-se também com o SAC Zambon (0800 017 70 11 ou www.zambon.com.br) em casos de dúvidas.

DIZERES LEGAIS

 

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA

 

MS 1.0084.0159
Farmacêutico Responsável: Juliana Paes de O. Rodrigues - CRF-SP 56.769

Fabricado por:
ZAMBON LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS LTDA.
Itapecerica da Serra – SP

Registrado por:
ZAMBON Laboratórios Farmacêuticos Ltda.
Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – Bloco E – 5º Andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP CEP: 04543-011
CNPJ nº. 61.100.004/0001-36
Indústria Brasileira

 

SAC 0800-0177011

 

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Ácido clorídrico: Ácido clorídrico ou ácido muriático é uma solução aquosa, ácida e queimativa, normalmente utilizado como reagente químico. É um dos ácidos que se ioniza completamente em solução aquosa.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Otites: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
4 Otite: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
5 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
6 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
7 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
8 Sinal: 1. É uma alteração percebida ou medida por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida. 2. Som ou gesto que indica algo, indício. 3. Dinheiro que se dá para garantir um contrato.
9 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
10 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
13 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
14 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
15 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
16 Tonturas: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
17 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.

Tem alguma dúvida sobre Otofoxin?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.