Zirvit Multi

ATIVUS FARMACÊUTICA LTDA

Atualizado em 24/03/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Zirvit Multi
Polivitamínico e Poliminerais
Comprimido revestido

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Comprimidos revestidos
Caixa contendo 8 e 30 comprimidos revestidos.

USO ORAL
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Cada comprimido revestido contém:

acetato de retinol (como 40% de betacaroteno) 5000 UI
acetato de racealfatocoferol 30 UI
ácido ascórbico 60 mg
ácido pantotênico 10 mg
ácido fólico 400 mcg
biotina 30 mcg
cianocobalamina 6 mcg
cloridrato de piridoxina 2 mg
cloro 36,3 mg
cobre 2 mg
colecalciferol 400 UI
cromo 25 mcg
estanho 10 mcg
ferro 18 mg
fitomenadiona 25 mcg
iodo 150 mcg
magnésio 100 mg
manganês 2,5 mg
molibdênio 25 mcg
mononitrato de tiamina 1,5 mg
nicotinamida 20 mg
níquel 5 mcg
potássio 40 mg
riboflavina 1,7 mg
selênio 25 mcg
silício 10 mcg
vanádio 10 mcg
zinco 15 mg
excipiente q.s.p. 1 comprimido

Excipientes: dióxido de silício, lactose1, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, povidona, talco, polissorbato, macrogol, dióxido de titânio, corante, copolímero de ácido metacrílico com metacrilato de etila, copolímero de ácido metacrílico e metacrilato de metila, simeticona, citrato de trietila, acetona, álcool isopropílico, água de osmose2 reversa.

Porcentagem da Ingestão Diária Recomendada (IDR) na posologia de 1 comprimido:

Composição IDR*
acetato de retinol (vitamina3 A) 250%
acetato de racealfatocoferol (vitamina3 E) 200%
ácido ascórbico (vitamina3 C) 133%
ácido pantotênico (pantotenato de cálcio) 200%
ácido fólico 166%
biotina 100%
cianocobalamina (vitamina3 B12) 250%
cloridrato de piridoxina (vitamina3 B6) 154%
cloro **
cobre 222%
colecalciferol (vitamina3 D3) 200%
cromo 71%
estanho **
ferro 129%
fitomenadiona (vitamina3 K1) 38%
iodo 115%
magnésio 38%
manganês 108%
molibdênio 55%
mononitrato de tiamina (vitamina3 B1) 125%
nicotinamida 125%
níquel **
potássio **
riboflavina (vitamina3 B2) 130%
selênio 73%
silício **
vanádio **
zinco 214%

Outros componentes: cálcio e fósforo.
** IDR não estabelecida

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é destinado ao tratamento de deficiências de vitaminas e minerais, e em estados de desnutrição4.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Este medicamento foi formulado para suprir as necessidades de vitaminas e minerais no organismo, em pacientes com deficiência nutricional, em casos de desnutrição4 e em pessoas com intensa atividade fisiológica5, nas quais ocorre aumento das necessidades nutricionais diárias.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Embora os componentes deste medicamento sejam todas substâncias necessárias ao organismo, as concentrações das vitaminas e minerais estão acima daquelas recomendadas como suplemento vitamínico-mineral e a dose de algumas substâncias não foram definidas para gestantes e lactantes6. Desta forma, a prescrição de Zirvit Multi tanto na gestação como na lactação7 deve estar estritamente condicionada as situações clínicas específicas caracterizadas pelo médico assistente.

Este medicamento é contra-indicado para menores de 12 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Pacientes com alergia8 a qualquer componente da fórmula devem fazer uso deste medicamento com cautela.

A ingestão de Zirvit Multi seguida por períodos superiores a 1 hora com o estômago9 vazio pode provocar dores epigástricas e sensação de desconforto abdominal.

A ingestão concomitante de cloridrato de piridoxina (vitamina3 B6) e levodopa pode reduzir a eficácia da levodopa no tratamento da doença de Parkinson10.

Drogas anti-psicóticas e o álcool podem aumentar a susceptibilidade11 de humanos a toxicidade12 do manganês.

A riboflavina diminui a atividade antibiótica de estreptomicina, eritromicina, tirotricina, carbomicina e tetraciclina, mas nenhuma inativação ocorre com cloranfenicol, penicilina ou neomicina. Tratamento prolongado de tuberculose13 com isoniazida pode induzir a deficiência de niacina.

Este medicamento contém LACTOSE1.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C), protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

O medicamento é um comprimido oblongo e coloração branca, com odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento deve ser administrado próximo as principais refeições (almoço e jantar). Tomar 1 comprimido revestido ao dia.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas14, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retorne a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação15.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Reação muito comum (ocorre em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): coceira, irritação da pele16, diarreia17, náusea18, cólicas19 estomacais, flatulência, vômito20, fezes escuras e descoloração da urina21.

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor de cabeça22, hipercalcemia (excesso de cálcio no sangue23).

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): hipotensão24, confusão mental.

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): tosse.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

A ingestão de doses elevadas deste medicamento pode provocar efeitos irritantes no tubo digestivo pela presença dos oligoelementos minerais. Neste caso, é conveniente procurar orientação médica.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas14 procure orientação médica.
 

M.S. 1.1861.0054
Farm. Resp.: Dra. Lucineia Nascimento N. de S. Machado - CRF-SP nº 31.274

Registrado por:
Ativus Farmacêutica Ltda Rua Emílio Mallet, 317 • Sala 1005 • Tatuapé
CEP: 03320-000 • São Paulo-SP • CNPJ: 64.088.172/0001-41

Fabricado por:
Ativus Farmacêutica Ltda
Rua Fonte Mécia, 2.050 • Caixa Postal 489 • CEP: 13273-900 • Valinhos-SP
CNPJ: 64.088.172/0003-03 • Indústria Brasileira

Comercializado por:
Arese Pharma Distr. de Med. Ltda-ME.
Rua José Leal Fontoura, 332 • Sala 1 • Centro • CEP: 83414-190 • Colombo-PR
CNPJ: 14.812.380/0001-73


SAC 0800 770 79 70

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Osmose: Fluxo do solvente de uma solução pouco concentrada, em direção a outra mais concentrada, que se dá através de uma membrana semipermeável.
3 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
4 Desnutrição: Estado carencial produzido por ingestão insuficiente de calorias, proteínas ou ambos. Manifesta-se por distúrbios do desenvolvimento (na infância), atrofia de tecidos músculo-esqueléticos e caquexia.
5 Fisiológica: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
6 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
7 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
8 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
9 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
10 Doença de Parkinson: Doença degenerativa que afeta uma região específica do cérebro (gânglios da base), e caracteriza-se por tremores em repouso, rigidez ao realizar movimentos, falta de expressão facial e, em casos avançados, demência. Os sintomas podem ser aliviados por medicamentos adequados, mas ainda não se conhece, até o momento, uma cura definitiva.
11 Susceptibilidade: 1. Ato, característica ou condição do que é suscetível. 2. Capacidade de receber as impressões que põem em exercício as ações orgânicas; sensibilidade. 3. Disposição ou tendência para se ofender e se ressentir com (algo, geralmente sem importância); delicadeza, melindre. 4. Em física, é o coeficiente de proporcionalidade entre o campo magnético aplicado a um material e a sua magnetização.
12 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
13 Tuberculose: Doença infecciosa crônica produzida pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis). Produz doença pulmonar, podendo disseminar-se para qualquer outro órgão. Os sintomas de tuberculose pulmonar consistem em febre, tosse, expectoração, hemoptise, acompanhada de perda de peso e queda do estado geral. Em países em desenvolvimento (como o Brasil) aconselha-se a vacinação com uma cepa atenuada desta bactéria (vacina BCG).
14 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
15 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
16 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
17 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
18 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
19 Cólicas: Dor aguda, produzida pela dilatação ou contração de uma víscera oca (intestino, vesícula biliar, ureter, etc.). Pode ser de início súbito, com exacerbações e períodos de melhora parcial ou total, nos quais o paciente pode estar sentindo-se bem ou apresentar dor leve.
20 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
21 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
22 Cabeça:
23 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
24 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.

Tem alguma dúvida sobre Zirvit Multi?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.