Camomilina C

IGEFARMA

Atualizado em 03/06/2015

Camomilina® C

Camomila
Alcaçuz
Ácido ascórbico
Colecalciferol
Fosfato tricálcico

Uso pediátrico

Composição da Camomilina C

Cada cápsula contém: Camomila (extrato fluido) 25 mg; Alcaçuz (extrato fluido) 5 mg; Ácido ascórbico (vitamina1 C) 25 mg; Colecalciferol (vitamina1 D3) 150 UI; Fosfato tricálcico 50 mg. Excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Informações ao Paciente da Camomilina C

Proteger da luz, do calor e da umidade. Prazo de validade: Ver cartucho. Atenção: Não utilize o medicamento fora do prazo de validade indicado, sob o risco de não produzir os efeitos desejados. Para a sua segurança, mantenha a embalagem até o uso total do medicamento. Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas2 procure orientação médica.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcançe das crianças.

Não tome remédio sem o conhecimento de seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde3.

Informações Técnicas da Camomilina C

A camomila apresenta ação sedativa suave sobre a irritabilidade que habitualmente acompanha a fase de dentição4 decídua. Ainda possui propriedade antiespasmódica e favorece a digestão5, corrigindo os pequenos distúrbios gastrointestinais que por vezes possam ocorrer concomitantemente. O alcaçuz possui propriedade antiinflamatória suave. O ácido ascórbico está envolvido na biossíntese e secreção do colágeno6. Sua deficiência causa sérias alterações na estrutura da dentina no dente7 em desenvolvimento. O colecalciferol é considerado a forma mais ativa da vitamina1 D, promove a absorção e a utilização do cálcio e do fósforo, mantendo o nível sangüíneo adequado desses dois íons8, bem como a integridade da estrutura óssea. O cálcio e o fósforo estão sob a forma de fosfato tricálcico. O fósforo, sob a forma de fosfato, é essencial para o processo de mineralização óssea. O cálcio, assim como o fósforo, é um dos principais componentes dos ossos e dentes.

Indicações da Camomilina C

Auxiliar para o alívio do desconforto na primeira dentição4. O cálcio, o fósforo e o colecalciferol são essencias para a adequada mineralização óssea dos dentes.

Contra-Indicações da Camomilina C

CAMOMILINA® C está contra-indicada nos casos de hipersensibilidade a um ou mais componentes da fórmula.

Reações Adversas da Camomilina C

Reações adversas à CAMOMILINA® C ainda não foram descritas.

Posologia e Modo de Usar da Camomilina C

Administrar 1 cápsula, 2 vezes ao dia. Abrir a cápsula cuidadosamente e despejar o conteúdo diretamente na língua9, ou ainda poderá ser adicionado ao suco ou leite.

Apresentação da Camomilina C

Caixa contendo 20 cápsulas.

Registro no M.S. 1.0191.0061.

IGEFARMA Laboratórios S.A.

Camomilina C - Laboratório

IGEFARMA
Av. Marginal Direita Via Anchieta Km 13,5 - Bairro: Rudge Ramos
São Bernardo Do Campo/SP - CEP: 09883-000
Site: http://www.grupoigefarma.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "IGEFARMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
4 Dentição: Os dentes conjuntamente na arcada dentária. Normalmente, a dentição se refere aos dentes naturais posicionados em seus alvéolos. A dentição referente aos dentes decíduos é a DENTIÇÃO PRIMÁRIA; e a referente aos dentes permanentes é a DENTIÇÃO PERMANENTE.
5 Digestão: Dá-se este nome a todo o conjunto de processos enzimáticos, motores e de transporte através dos quais os alimentos são degradados a compostos mais simples para permitir sua melhor absorção.
6 Colágeno: Principal proteína fibrilar, de função estrutural, presente no tecido conjuntivo de animais.
7 Dente: Uma das estruturas cônicas duras situadas nos alvéolos da maxila e mandíbula, utilizadas na mastigação e que auxiliam a articulação. O dente é uma estrutura dérmica composta de dentina e revestida por cemento na raiz anatômica e por esmalte na coroa anatômica. Consiste numa raiz mergulhada no alvéolo, um colo recoberto pela gengiva e uma coroa, a parte exposta. No centro encontra-se a cavidade bulbar preenchida com retículo de tecido conjuntivo contendo uma substância gelatinosa (polpa do dente) e vasos sangüíneos e nervos que penetram através de uma abertura ou aberturas no ápice da raiz. Os 20 dentes decíduos ou dentes primários surgem entre o sexto e o nono e o vigésimo quarto mês de vida; sofrem esfoliação e são substituídos pelos 32 dentes permanentes, que aparecem entre o quinto e sétimo e entre o décimo sétimo e vigésimo terceiro anos. Existem quatro tipos de dentes
8 Íons: Átomos ou grupos atômicos eletricamente carregados.
9 Língua:
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre Camomilina C?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.