Preço de Snouse em Woodbridge/SP: R$ 17,39

Snouse

MYLAN LABORATORIOS LTDA

Atualizado em 19/08/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Snouse
cloreto de sódio
Solução nasal 30 mg/mL

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Spray nasal estéril
Cartucho com frasco contendo 45 mL

USO NASAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

COMPOSIÇÃO:

Cada mL de Snouse contém:

cloreto de sódio 30 mg
veículos q.s.p 1 mL

Veículos: fosfato de sódio monobásico, fosfato de sódio dibásico e água para injetáveis.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Snouse está indicado para aliviar os sintomas1 de sinusites e rinites de quaisquer etiologias, bem como o nariz2 entupido. Indicado também para limpeza das fossas nasais por remoção, fluidificação do muco.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Snouse é uma solução hipertônica3 de uso tópico4 (local), que que aumenta o movimento mucociliar5 e fluidifica o muco das fossas nasais, facilitando sua eliminação.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Snouse é contraindicado para pacientes6 com história de hipersensibilidade (alergia7) ao cloreto de sódio ou qualquer um dos componentes do produto.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Precauções e Advertências

Este produto é recomendado para uso exclusivamente local e não deve ser ingerido por via oral.

Portanto, se ocorrer a ingestão de grandes quantidades do produto, procure seu médico. O tratamento é feito de acordo com os sintomas1.

Gravidez8 e Lactação9

Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez8 desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas

Não há registro de interações medicamentosas com Snouse.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde10.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Snouse spray nasal é uma solução translucida, incolor e inodora.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Spray nasal estéril

Snouse spray nasal tem acoplado hermeticamente ao frasco um aplicador que facilita seu uso, produzindo um spray que chega efetivamente em profundidade nas fossas nasais. Ao mesmo tempo, seu desenho de avançada tecnologia impede que ingressem no frasco bactérias que interfiram na esterilidade11 do produto.

Para o perfeito acionamento da válvula recomenda-se não deitar o frasco no momento da aplicação.

  1. Remover a tampa protetora da válvula;
  2. Segurar o frasco com o dedo médio e o indicador sobre a válvula e o polegar na base do frasco;
  3. Antes de usar Snouse pela primeira vez ou após 24 horas, a válvula deve ser carregada. Para isso, pressione a válvula com os dedos indicador e médio, algumas vezes;
  4. Pressionar uma das narinas com o dedo indicador e na outra introduza a ponta do aplicador na posição vertical (com o bico para cima), pressionando o aplicador o número de vezes indicado pelo seu médico, conforme indicado na figura ao lado. Não inclinar a cabeça12 para trás, no momento da aplicação.
  5. Retirar o aplicador da narina e respirar pela boca13;
  6. Repetir na outra narina o mesmo procedimento;
  7. Lavar o aplicador e colocar a tampa protetora.

Nunca empreste seu spray nasal para outra pessoa

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas1, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

POSOLOGIA

Recomenda-se de 1 a 2 aplicações em cada fossa nasal14, 3 ou mais vezes ao dia, segundo critério médico.

Apresentação

Dose

Spray nasal

1 a 2 aplicações

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Use a medicação assim que se lembrar que esqueceu alguma dose.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião- dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Reações adversas infrequentes (>1/1.000 e < 1/100)

  • Reações locais: dor e ardência leves.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento é exclusivamente de uso tópico4 nasal e não deve ser ingerido em nenhuma condição. Porém, se ocorrer a ingestão deste produto, especialmente em grandes quantidades, procure o serviço de emergência15.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas1 procure orientação médica.
 

MS: 1.8830.0041
Farm. Resp.: Dra. Marcia Yoshie Hacimoto - CRF-RJ: 13.349

Fabricado por:
EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
Rod. Pres. Castello Branco, Km 35,6 Itapevi – SP Indústria Brasileira

Registrado por:
Mylan Laboratórios Ltda.
Estrada Dr. Lourival Martins Beda, 1118. Campos dos Goytacazes - RJ - CEP: 28110-000
CNPJ: 11.643.096/0001-22


SAC 0800 020 0817

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Nariz: Estrutura especializada que funciona como um órgão do sentido do olfato e que também pertence ao sistema respiratório; o termo inclui tanto o nariz externo como a cavidade nasal.
3 Hipertônica: Relativo à hipertonia; em biologia caracteriza solução que apresenta maior concentração de solutos do que outra; em fisiologia, é o mesmo que espástico e em medicina diz-se de tecidos orgânicos que apresentam hipertonia ou tensão excessiva em músculos, artérias ou outros tecidos orgânicos.
4 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
5 Mucociliar: O aparelho mucociliar tem como principal função a remoção de partículas ou substâncias potencialmente agressivas ao trato respiratório através do transporte pelos cílios, ou alternativamente, pela tosse e espirro, nos quadros de hiperprodução de muco, como rinite alérgica, rinossinusites, bronquite crônica, fibrose cística e asma.
6 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
7 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
8 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
9 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
10 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
11 Esterilidade: Incapacidade para conceber (ficar grávida) por meios naturais. Suas causas podem ser masculinas, femininas ou do casal.
12 Cabeça:
13 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
14 Fossa Nasal: Porção proximal da passagem respiratória em cada lado do septo nasal, revestida por uma mucosa ciliada extendendo-se das narinas até a faringe.
15 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.

Tem alguma dúvida sobre Snouse?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.