Garra do Diabo Herbarium

HERBARIUM LABORATORIO BOTANICO S.A

Atualizado em 23/11/2021

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

Garra do Diabo Herbarium
Harpagophytum procumbens, Pedaliaceae.
Comprimido 200 mg

MEDICAMENTO FITOTERÁPICO
Nomenclatura botânica: Harpagophytum procumbens, Pedaliaceae.
Nomenclatura popular: Garra do diabo
Parte utilizada: Raiz

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Comprimido revestido
Embalagem com 3 blísteres contendo 15 comprimidos cada

VIA ORAL
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Cada comprimido de Garra do Diabo Herbarium contém:

extrato seco de Harpagophytum procumbens (equivalente a 10 mg de iridoides totais calculados como harpagosídeos) 200 mg;
excipientes q.s.p 1 comprimido.

Excipientes: celulose microcristalina, talco, polivinil acetato ftalato, ácido esteárico, trietilcitrato, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, dióxido de silício, hipromelose e polietilenoglicol.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Garra do Diabo Herbarium é indicada para o tratamento de doenças reumáticas e desordens degenerativas do sistema locomotor, como artrite e artrose, e tratamento de dor lombar baixa.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Garra do Diabo Herbarium funciona como anti-inflamatório, antirreumático e analgésico, inibindo a síntese de prostaglandinas, as quais são formadas na fase irritativa do processo inflamatório.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

  • Pacientes com úlcera estomacal ou duodenal, devido à estimulação da secreção do suco gástrico.
  • Obstrução das vias biliares ou cálculos biliares
  • Gastrite
  • Cólon irritável
  • Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.

Este medicamento é contraindicado para uso por crianças.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Este medicamento é contraindicado para uso por lactantes (mulheres amamentando).

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Precauções e advertências

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

Gravidez e Lactação

Informe seu médico da ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término.

Informe seu médico se está amamentando.

Interações medicamentosas

Pode interagir com drogas utilizadas para o tratamento de desordens cardíacas, como drogas antiarrítmicas e com terapia hipotensiva/hipertensiva.

Foi relatado o caso de um paciente que desenvolveu púrpura com o uso de garra do diabo em combinação com varfarina.

Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Garra do Diabo Herbarium deve ser conservado em temperatura ambiente (15–30°C) em sua embalagem original. Proteger da luz e da umidade.

Prazo de validade: 24 meses após a data de fabricação impressa no cartucho. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Comprimidos de cor bege, com cheiro (odor) característico e praticamente não apresenta sabor.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Modo de usar

Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros e com quantidade suficiente de água para que possam ser deglutidos.

Posologia

Ingerir um comprimido, via oral, duas a três vezes ao dia.

Pacientes idosos devem ingerir a metade da dose ou ¾ da dose recomendada para adultos.

Tratamentos prolongados devem ter acompanhamento médico.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Reações adversas

Dores de cabeça, zumbidos, perda de apetite e do paladar.

Distúrbios gastrointestinais podem ocorrer em pessoas sensíveis, especialmente com o uso de doses elevadas.

Em casos raros, pode aparecer um ligeiro efeito laxante ao iniciar o tratamento, o qual pode cessar espontaneamente.

A revisão da literatura não revela a frequência das reações adversas.

Informe seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico do aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu Serviço de Atendimento ao Consumidor.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Doses elevadas podem provocar lesões hepáticas.

Recomenda-se tratamento sintomático e controle das funções vitais.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001 se você precisar de mais orientações. 

DIZERES LEGAIS


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
 

MS: 1.1860.0035
Farmacêutica resp.: Gislaine B. Gutierrez CRF-PR nº 12423

Fabricado e Distribuído por:
HERBARIUM LABORATÓRIO BOTÂNICO S.A.
Av. Santos Dumont, 1100 • CEP 83403-500
Colombo - PR • CNPJ 78.950.011/0001-20
Indústria Brasileira.


SAC 0800 723 8383

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

Tem alguma dúvida sobre Garra do Diabo Herbarium?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.