Preço de ANCORON em Fairfield/SP: R$ 22,23

ANCORON

LIBBS

Atualizado em 03/06/2015
ANCORON
Antiarrítmico1

Nome Genérico de Ancoron

: Amiodarona (cloridrato)

Composição de Ancoron

Comprimidos sulcados de amiodarona de 100 ou 200 mg . Ampolas 150 mg. Ancoron Gotas : 200 mg de amiodarona/mL (aproximadamente 30 gotas/200 mg).

Apresentações de Ancoron

Cartuchos contendo 1 blister de 20 comprimidos sulcados de 100 ou 200 mg; caixas com 6 ou 50 ampolas (ampolas com 3 ml) e cartucho contendo 1 frasco com 30 ml.

Informações Técnicas de Ancoron

Antiarrítmico1 da classe III, prolonga o período refratário efetivo sem alterar o potencial transmembrana diastólico ou a velocidade de despolarização. O intervalo de repolarização é prolongado e as arritmias2 suprimidas.
Acumula-se no tecido adiposo3, exigindo impregnação com doses crescentes. A molécula de amiodarona contém iodo.

Indicações de Ancoron

(profilaxia e tratamento): Arritmias2 ventriculares, supraventriculares, fibrilação e "flutter" atrial crônico4, arritmias2 paroxísticas. Taquiarritmias5 associadas à Síndrome6 de Wolf - Parkinson - White. Altamente efetiva em crianças.

Contra-Indicações de Ancoron

Bloqueio SA ou AV. Bradicardia7 severa. Choque8. Hipotensão9 severa. Disfunção tiroideana. Gravidez10 (categoria D) e lactação11 (risco de alteração tiroideana no feto12 ou neonato13). Avaliar risco/benefício em: idosos, insuficiência cardíaca congestiva14; disfunção hepática15; hipopotassemia16; bócio17 ou nódulos tiroideanos.

Advertências e Precauções de Ancoron

O uso deve ser iniciado sob supervisão do especialista. Monitorar funções tiroideana, pulmonar, hepática15 e ocular (ver Efeitos Adversos). Insuficiência cardíaca18. Hipersensibilidade ao iodo.

Interações Medicamentosas de Ancoron

Bloqueadores dos canais de cálcio; anticoagulantes19 orais; outros antiarrítmicos; anestésicos por inalação; b-bloqueadores; digoxina e outros digitálicos orais; eritromicina e cotrimoxazole , diuréticos20 de alça e tiazídicos (espoliadores de potássio) fentoína, pentamidina, antidepressivos tricíclicos e lítio, antipsicóticos, antimaláricos21 e ciclosporina. A inserção de marcapasso22 permite o uso de amiodarona com muitos desses medicamentos.

Efeitos Adversos de Ancoron

Microdepósitos corneanos, fotoxicidade cutânea23, pigmentação cutânea23 grisácea (todos reversíveis). Sinais24 de hiper ou hipoitiroidismo. Pneumopatia intersticial25 difusa. Mais raras: neuropatia periférica26, hepatopatia aguda, elevação das transaminases, hipotensão9 e flebite27 (forma injetável).

Posologia de Ancoron

Sempre durante ou após as refeições.
Adultos: Dose de ataque - varia entre 1.000 mg e 600 mg/dia, em 1 a 3 tomadas ao dia por períodos variáveis entre 5 dias até 1 mês com média de 10 a 14 dias, dependendo do tipo de arritmia28.
Dose de manutenção - dose mínima efetiva variando entre 200 mg   600 mg diariamente ou de forma intermitente29 (segunda a sexta - descansa sábado e domingo).

Crianças
: Dose de ataque   2 mg a 10 mg/kg peso/dia ou 200 a 800 mg por 1,72 m2 de superfície corporal/ dia, por 10 dias ou até que apareçam sinais24 eletrocardiográficos de impregnação ou que apareçam efeitos adversos.
Dose de manutenção - 2-4 mg/kg peso/dia ou 200 mg/1,72 m2 superfície corporal/dia.
Injetável: Iniciar a administração no hospital e passar para via oral tão logo possível. Preferivelmente aplicar via cateter endovenoso, com as soluções parenterais de rotina, evitando-se concentrações menores que 150 mg/250 mL da solução (risco de precipitação). A velocidade da infusão varia desde o  bolo lento (5 mg/kg peso/5 min), repetindo-se a dose após 15 minutos pelo menos, infusão intermitente29 (5 mg/kg peso em 20 minutos a 2 horas em concentrações de 300 mg/250 mL de solução glicosada a 5%. A dose pode ser repetida de 2 a 4 vezes/24 horas) ou infusão endovenosa contínua (usualmente 300 mg/250 mL de solução glicosada a 5%, na dose de 10-20 mg/kg/dia.
Crianças: 3-6 mg/kg/5 min em injeção30 lenta por via endovenosa.

Superdose de Ancoron

Tratamento sintomático31 e de manutenção: indução de vômitos32 e/ou lavagem gástrica33 (se ingestão recente). Se houver bradicardia7: beta-adrenérgico34 ou marcapasso22. Hipotensão9 pode responder a inotrópicos positivos e/ou vasopressores.

ANCORON - Laboratório

LIBBS
Rua Raul Pompéia, 1103
São Paulo/SP - CEP: 05025-011
Tel: (11 3)676-0655
Fax: (11 )864-6150
Email: libbs@libbs.com.br
Site: http://www.libbs.com.br/
08000-135044

Ver outros medicamentos do laboratório "LIBBS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Antiarrítmico: Medicamento usado para tratar altrações do ritmo cardíaco
2 Arritmias: Arritmia cardíaca é o nome dado a diversas perturbações que alteram a frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos.
3 Tecido Adiposo: Tecido conjuntivo especializado composto por células gordurosas (ADIPÓCITOS). É o local de armazenamento de GORDURAS, geralmente na forma de TRIGLICERÍDEOS. Em mamíferos, existem dois tipos de tecido adiposo, a GORDURA BRANCA e a GORDURA MARROM. Suas distribuições relativas variam em diferentes espécies sendo que a maioria do tecido adiposo compreende o do tipo branco.
4 Crônico: Descreve algo que existe por longo período de tempo. O oposto de agudo.
5 Taquiarritmias: Cadência rápida do ritmo do coração, arritmias rápidas.
6 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
7 Bradicardia: Diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto. Pode estar associada a distúrbios da condução cardíaca, ao efeito de alguns medicamentos ou a causas fisiológicas (bradicardia do desportista).
8 Choque: 1. Estado de insuficiência circulatória a nível celular, produzido por hemorragias graves, sepse, reações alérgicas graves, etc. Pode ocasionar lesão celular irreversível se a hipóxia persistir por tempo suficiente. 2. Encontro violento, com impacto ou abalo brusco, entre dois corpos. Colisão ou concussão. 3. Perturbação brusca no equilíbrio mental ou emocional. Abalo psíquico devido a uma causa externa.
9 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
12 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
13 Neonato: Refere-se a bebês nos seus primeiros 28 dias (mês) de vida. O termo “recentemente-nascido“ refere-se especificamente aos primeiros minutos ou horas que se seguem ao nascimento. Esse termo é utilizado para enfocar os conhecimentos e treinamento da ressuscitação imediatamente após o nascimento e durante as primeiras horas de vida.
14 Insuficiência Cardíaca Congestiva: É uma incapacidade do coração para efetuar as suas funções de forma adequada como conseqüência de enfermidades do próprio coração ou de outros órgãos. O músculo cardíaco vai diminuindo sua força para bombear o sangue para todo o organismo.
15 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
16 Hipopotassemia: Concentração sérica de potássio inferior a 3,5 mEq/l. Pode ocorrer por alterações na distribuição de potássio (desvio do compartimento extracelular para intracelular) ou de reduções efetivas no conteúdo corporal de potássio por uma menor ingesta ou por perda aumentada. Fraqueza muscular e arritimias cardíacas são os sinais e sintomas mais comuns, podendo haver também poliúria, polidipsia e constipação. Pode ainda ser assintomática.
17 Bócio: Aumento do tamanho da glândula tireóide, que produz um abaulamento na região anterior do pescoço. Em geral está associado ao hipotireoidismo. Quando a causa desta doença é a deficiência de ingestão de iodo, é denominado Bócio Regional Endêmico. Também pode estar associado a outras doenças glandulares como tumores, infecções ou inflamações.
18 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
19 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
20 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
21 Antimaláricos: Agentes usados no tratamento da malária. Geralmente são classificados com base na sua ação contra os plasmódios nas diferentes fases de seu ciclo de vida no homem. São exemplos, a cloroquina e a hidroxicloroquina.
22 Marcapasso: Dispositivo eletrônico utilizado para proporcionar um estímulo elétrico periódico para excitar o músculo cardíaco em algumas arritmias do coração. Em geral são implantados sob a pele do tórax.
23 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
24 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
25 Intersticial: Relativo a ou situado em interstícios, que são pequenos espaços entre as partes de um todo ou entre duas coisas contíguas (por exemplo, entre moléculas, células, etc.). Na anatomia geral, diz-se de tecido de sustentação localizado nos interstícios de um órgão, especialmente de vasos sanguíneos e tecido conjuntivo.
26 Neuropatia periférica: Dano causado aos nervos que afetam os pés, as pernas e as mãos. A neuropatia causa dor, falta de sensibilidade ou formigamentos no local.
27 Flebite: Inflamação da parede interna de uma veia. Pode ser acompanhada ou não de trombose da mesma.
28 Arritmia: Arritmia cardíaca é o nome dado a diversas perturbações que alteram a frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos.
29 Intermitente: Nos quais ou em que ocorrem interrupções; que cessa e recomeça por intervalos; intervalado, descontínuo. Em medicina, diz-se de episódios de febre alta que se alternam com intervalos de temperatura normal ou cujas pulsações têm intervalos desiguais entre si.
30 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
31 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
32 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
33 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
34 Adrenérgico: Que age sobre certos receptores específicos do sistema simpático, como o faz a adrenalina.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre ANCORON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.