Preço de CAPILAREMA em Fairfield/SP: R$ 44,60

CAPILAREMA

BALDACCI

Atualizado em 03/06/2015

CAPILAREMA

Flebotônico

Composição da Capilarema

Comprimidos com 75 mg de aminaftona. Por sua ação em três níveis, venoso, capilar1 e linfático2, reduzindo a hiperpermeabilidade e aumentando a resistência dos vasos que constituem a microcirculação venosa, além de regularizar o fluxo linfático2, pode ser considerado medicação capilarotrópica e linfocinética, eliminando ou reduzindo a estase3 venosa, melhorando o retorno venoso4, impedindo o extravasamento de sangue5 e de líquidos, o que contribui para reduzir o edema6 e proteger os tecidos adjacentes contra a agressão de toxinas7 e radicais livres.

Indicações da Capilarema

Em todas as afecções8 em que a estrutura e função dos vasos estão alteradas, seja por causa patológica, traumática ou cirúrgica: síndromes varicosas (úlceras9) e pré-varicosas dos membros inferiores, sensação de peso, dor, edema6, cãibras, parestesia10, prurido11, hemorróida sangrenta ou não, púrpuras12 vasculares13, petéquias14, equimoses15.

- Contra-indicações

Não existem.

Reações Adversas da Capilarema

Não há relatos.
- Posologia  

Dose de ataque: 2 comprimidos, duas vezes ao dia, durante cinco dias. Manutenção: 1 comprimido, duas vezes ao dia.

Apresentação da Capilarema


Caixa com 24 comprimidos.

Laboratórios BALDACCI S/A.

CAPILAREMA - Laboratório

BALDACCI
Rua Pedro de Toledo, 519/520
São Paulo/SP - CEP: 04039-031
Tel: 55 (011) 549-3222
Fax: 55 (011)549-4371
Email: lbadacci@lbadacci.com.br
Site: http://www.lbaldacci.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "BALDACCI"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Capilar: 1. Na medicina, diz-se de ou tubo endotelial muito fino que liga a circulação arterial à venosa. Qualquer vaso. 2. Na física, diz-se de ou tubo, em geral de vidro, cujo diâmetro interno é diminuto. 3. Relativo a cabelo, fino como fio de cabelo.
2 Linfático: 1. Na histologia, é relativo à linfa, que contém ou que conduz linfa. 2. No sentido figurado, por extensão de sentido, a que falta vida, vigor, energia (diz-se de indivíduo); apático. 3. Na história da medicina, na classificação hipocrática dos quatro temperamentos de acordo com o humor dominante, que ou aquele que, pela lividez das carnes, flacidez dos músculos, apatia e debilidade demonstradas no comportamento, atesta a predominância de linfa.
3 Estase: 1. Estagnação do sangue ou da linfa. 2. Incapacidade de agir; estado de impotência.
4 Retorno venoso: Quantidade de sangue que chega ao coração por minuto. Somos capazes de manter o débito cardíaco se, proporcionalmente, tivermos retorno venoso adequado. Ele só é possível devido à contração dos músculos esqueléticos que ajudam a comprimir as veias impulsionando o sangue e devido às válvulas existentes nas paredes das veias que impedem o refluxo do sangue. Outro mecanismo que favorece o retorno venoso é a respiração. Durante a inspiração, pela contração da musculatura inspiratória, faz-se um “vácuo” dentro da cavidade torácica, favorecendo o retorno venoso.
5 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
6 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
7 Toxinas: Substâncias tóxicas, especialmente uma proteína, produzidas durante o metabolismo e o crescimento de certos microrganismos, animais e plantas, capazes de provocar a formação de anticorpos ou antitoxinas.
8 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
9 Úlceras: Feridas superficiais em tecido cutâneo ou mucoso que podem ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
10 Parestesia: Sensação cutânea subjetiva (ex.: frio, calor, formigamento, pressão, etc.) vivenciada espontaneamente na ausência de estimulação.
11 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
12 Púrpuras: Lesões hemorrágicas de cor vinhosa, que não desaparecem à pressão, com diâmetro superior a um centímetro.
13 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
14 Petéquias: Pequenas lesões da pele ou das mucosas, de cor vermelha ou azulada, características da púrpura. São lesões hemorrágicas, que não desaparecem à pressão, cujo tamanho não ultrapassa alguns milímetros.
15 Equimoses: Manchas escuras ou azuladas devido à infiltração difusa de sangue no tecido subcutâneo. A maioria aparece após um traumatismo, mas pode surgir espontaneamente em pessoas que apresentam fragilidade capilar ou alguma coagulopatia. Após um período de tempo variável, as equimoses desaparecem passando por diferentes gradações: violácea, acastanhada, esverdeada e amarelada.

Tem alguma dúvida sobre CAPILAREMA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.