DEXAGIL

MARJAN

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Dexagil

INJETAVEL: CADA AMPOLA A (2 ML) CONTEM CIANOCOBALAMINA (VITAMINA1 B12) 5.000 MCG, CLORIDRATO DE TIAMINA (VITAMINA1 B1) 100 MG, CLORIDRATO DE PIRIDOXINA (VITAMINA1 B6) 100 MG, CLORIDRATO DE PROCAINA 50 MG, AGUA DESTILADA Q.S.P. 2 ML. CADA AMPOLA B (1 ML) CONTEM 21 FOSFATO DE DEXAMETASONA 4 MG, AGUA DESTILADA Q.S.P. 1 ML. COMPRIMIDOS: CADA COMPRIMIDO CONTEM CIANOCOBALAMINA (VITAMINA1 B12) 1.000 MCG, CLORIDRATO DE TIAMINA (VITAMINA1 B1) 100 MG, CLORIDRATO DE PIRIDOXINA (VITAMINA1 B6) 100 MG, 21 FOSFATO DE DEXAMETASONA 0,5 MG.

Posologia e Administração de Dexagil

INJETAVEL: ASSOCIAR UMA AMPOLA A EM UMA AMPOLA B E APLICAR POR VIA INTRAMUSCULAR PROFUNDA EM DIAS ALTERNADOS NO TOTAL DE 3 APLICACOES OU DE ACORDO COM PRESCRICAO MEDICA. COMPRIMIDO: 1 COMPRIMIDO DE 8/8 HORAS - 3 DIAS, 1 COMPRIMIDO DE 12/12 HORAS - 3 DIAS, 1 COMPRIMIDO DE MANHA 3 A 5 DIAS OU DE ACORDO COM A PRESCRICAO MEDICA.

Contra-Indicações de Dexagil

NAO UTILIZAR NOS 3 PRIMEIROS MESES DE GESTACAO. NAO E CONVENIENTE O SEU USO NA PRESENCA DE INFECCOES2 VIRAIS OU BACTERIANAS. PACIENTES PORTADORES DE ULCERA DUODENAL3 OU GASTRICA PODEM TER SEUS SINTOMAS4 ACENTUADOS COM O USO DE DEXAGIL.

Indicações de Dexagil

NEUROLOGIA: NEVRALGIAS, NEURITES5, POLINEURITES, NEVRALGIAS INTERCOSTAL6 NEVRALGIA CIATICA, PARESIA7 FACIAL, POLIRADICULONEURITE, HERNIA8 DE DISCO INTERVERTEBRAL9, LOMBALGIAS E NEUROPATIAS DIABETICAS. - REUMATOLOGIA: CRISES AGUDAS DE PROCESSOS REUMATICOS, ARTRITE REUMATOIDE10, BURSITE11, CAPSULITE, ESPONDILITE, REUMATISMO12 POLIARTICULAR, LOMBALGIAS, TENDINITES, SINDROME13 ESCAPULOUMERAL. - ORTOPEDIA14 E TRAUMATOLOGIA: CONTUSOES AGUDAS COM COMPROMETIMENTO OSTEOARTICULAR E OSTEOMUSCULAR. ESPASMOS15 MUSCULARES AGUDOS.

Apresentação de Dexagil

INJETAVEL: CAIXA CONTENDO UMA AMPOLA A (2 ML) E 1 AMPOLA B (1 ML). COMPRIMIDOS: CAIXA COM 20 COMPRIMIDOS.

DEXAGIL - Laboratório

MARJAN
Rua Gibraltar, 165
São Paulo/SP - CEP: 04755-070
Tel: (11) 5642-9888

Ver outros medicamentos do laboratório "MARJAN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Úlcera duodenal: Lesão na mucosa do duodeno – parte inicial do intestino delgado.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Neurites: Inflamação de um nervo. Pode manifestar-se por neuralgia, déficit sensitivo, formigamentos e/ou diminuição da força muscular, dependendo das características do nervo afetado (sensitivo ou motor). Esta inflamação pode ter causas infecciosas, traumáticas ou metabólicas.
6 Intercostal: Localizado entre as costelas.
7 Paresia: Diminuição da força em um ou mais grupos musculares. É um grau menor de paralisia.
8 Hérnia: É uma massa circunscrita formada por um órgão (ou parte de um órgão) que sai por um orifício, natural ou acidental, da cavidade que o contém. Por extensão de sentido, excrescência, saliência.
9 Disco intervertebral: É um disco de cartilagem fibrosa presente entre os corpos das vértebras, nas articulações intervertebrais. São estruturas cartilaginosas que possuem o mesmo formato do corpo da vértebra. Ele é formado por um anel fibroso e um núcleo pulposo, o que garante a absorção de impactos e certa mobilidade entre as vértebras.
10 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
11 Bursite: Doença ortopédica caracterizada pela inflamação da bursa, uma bolsa cheia de líquido, existente no interior das articulações, cuja finalidade é amortecer o atrito entre ossos, tendões e músculos. A bursite pode acontecer em qualquer articulação (joelhos, cotovelos, quadris, etc.), mas é mais comum no ombro.
12 Reumatismo: Termo que é utilizado em geral para se referir ao conjunto de doenças inflamatórias e degenerativas que afetam as articulações e estruturas vizinhas.
13 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
14 Ortopedia: Especialidade médica que se dedica ao estudo e tratamento do sistema locomotor e da coluna vertebral (ossos, articulações, ligamentos, tendões e músculos).
15 Espasmos: 1. Contrações involuntárias, não ritmadas, de um ou vários músculos, podendo ocorrer isolada ou continuamente, sendo dolorosas ou não. 2. Qualquer contração muscular anormal. 3. Sentido figurado: arrebatamento, exaltação, espanto.

Tem alguma dúvida sobre DEXAGIL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.