GENTAMICINA Solução Injetável

ARISTON

Atualizado em 08/12/2014

Composição da Gentamicina Solução Injetável

solução injetável com 20, 40, 60, 80, 160 ou280 mg de sulfato de gentamicina.

Posologia e Administração da Gentamicina Solução Injetável

a critério médico.

Precauções da Gentamicina Solução Injetável

em pacientes que tenham sido previamente tratados com drogas que afetam a função do oitavo par craniano, deverão ser usados com cautela e com conhecimento de que a toxicidade1 daqueles agentes pode ter ação cumulativa com a gentamicina. Usar com precaução em casos de desidratação2, parkinsonismo e miastenia3 grave.

Reações Adversas da Gentamicina Solução Injetável

as mais comuns se caracterizam por náuseas4, vômitos5, cefaléia6, proteinúria7, elevação do nitrogênio sangüíneo, aumento da transaminase sérica e da fosfatase alcalina8 e ototoxicidade9.

Contra-Indicações da Gentamicina Solução Injetável

pacientes com história prévia de hipersensibilidade à gentamicina, durante o período de gravidez10 e na insuficiência renal11. Na disfunção renal12 pode haver risco de ototoxicidade9 devido à vagarosa excreção da gentamicina resultando no aumento da concentração no soro13. Em tais pacientes a freqüência da administração deverá ser reduzida.

Indicações da Gentamicina Solução Injetável

tratamento de infecções14 urinárias causadas por germes sensíveis à gentamicina.

Apresentação da Gentamicina Solução Injetável

20 e 40 mg: caixas com 100 ampolas de 1 ml; 60 mg: caixas com 100 ampolas de 1,5 ml; 80 e 160 mg: caixas com 100 ampolas de 2,0 ml; 280 mg: caixas com 1 ou 100 ampolas de 2,0 ml.


GENTAMICINA Solução Injetável - Laboratório

ARISTON
Rua Adherbal Stresser, 84
São Paulo/SP - CEP: 05566-000
Tel: (011 )810-1079
Fax: (011 )810-2894
Site: http://www.ariston.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ARISTON"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
2 Desidratação: Perda de líquidos do organismo pelo aumento importante da freqüência urinária, sudorese excessiva, diarréia ou vômito.
3 Miastenia: Perda das forças musculares ocasionada por doenças musculares inflamatórias. Por ex. Miastenia Gravis. A debilidade pode predominar em diferentes grupos musculares segundo o tipo de afecção (debilidade nos músculos extrínsecos do olho, da pelve, ou dos ombros, etc.).
4 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
5 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
6 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
7 Proteinúria: Presença de proteínas na urina, indicando que os rins não estão trabalhando apropriadamente.
8 Fosfatase alcalina: É uma hidrolase, ou seja, uma enzima que possui capacidade de retirar grupos de fosfato de uma distinta gama de moléculas, tais como nucleotídeos, proteínas e alcaloides. Ela é sintetizada por diferentes órgãos e tecidos, como, por exemplo, os ossos, fígado e placenta.
9 Ototoxicidade: Dano causado aos sistemas coclear e/ou vestibular resultante de exposição a substâncias químicas.
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
12 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
13 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
14 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.

Tem alguma dúvida sobre GENTAMICINA Solução Injetável?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.