IGUASSINA

ZAMBON

Atualizado em 08/12/2014

Composição da Iguassina

cada comprimido contém: hidroclorotiazida 50mg, triantereno 50 mg, excipiente q.s.p. 1 comp.

Posologia e Administração da Iguassina

1 comprimido ao dia, preferivelmente pela manhã, ou a critério médico. - Superdosagem: se o medicamento foi ingerido há pouco tempo, deve ser efetuada a lavagem gástrica1. No caso que tenha transcorrido mais tempo desde a ingestão, consultar imediatamente o médico que poderá instaurar um tratamento sintomático2, levando em conta os efeitos farmacológicos do produto.

Precauções da Iguassina

a concentração plasmática de potássio deve ser medida periodicamente nos pacientes que recebem diuréticos3 tiazídicos por períodos prolongados. - Interações medicamentosas: anticolesterolêmicos (colestiramina, colestipol) reduzem a absorção dos tiazídicos. Corticosteróides bloqueiam parcialmente o efeito dos diuréticos3 poupadores de potássio. Carbonato de lítio: os tiazídicos potencializam o efeito da d-tubocurarina e da galamina.

Reações Adversas da Iguassina

ainda que raramente, foram descritas as seguintes reações colaterais: gastrintestinais: náuseas4, vômitos5. Hidroeletrolíticas: dermatite6 por fotossensibilidade. Hematológicas: púrpura7 trombocitopênica, anemia8, granulocitopenia. Nefrológicas: litíase9 renal10.

Contra-Indicações da Iguassina

primeiro trimestre da gestação, insuficiência renal11 ou hepática12 graves e terminais.

Indicações da Iguassina

hipertensão arterial13 sistêmica leve e moderada. Todos os casos de retenção hidrossalina (insuficiência cardíaca congestiva14, insuficiência renal11 leve e moderada, cirrose15 hepática12 com ascite16, etc.). Este produto pode ser utilizado por pacientes adultos de qualquer faixa etária, mesmo idosos acima dos 65 anos, desde que seguidas as recomendações contidas nesta bula.

Apresentação da Iguassina

caixa com 20 comprimidos.


IGUASSINA - Laboratório

ZAMBON
Rua Descampado, 63 - Vila Vera
São Paulo/SP - CEP: 04296-090
Tel: 55 (011) 6948-9300
Fax: 55 (011) 6948-9322
Email: sac@zambon.com.br
Site: http://www.zambon.com.br
0800-0177011

Ver outros medicamentos do laboratório "ZAMBON"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
2 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
3 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
4 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
5 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
6 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
7 Púrpura: Lesão hemorrágica de cor vinhosa, que não desaparece à pressão, com diâmetro superior a um centímetro.
8 Anemia: Condição na qual o número de células vermelhas do sangue está abaixo do considerado normal para a idade, resultando em menor oxigenação para as células do organismo.
9 Litíase: Estado caracterizado pela formação de cálculos em diferentes regiões do organismo. A composição destes cálculos e os sintomas que provocam variam de acordo com sua localização no organismo (vesícula biliar, ureter, etc.).
10 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
11 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
12 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
13 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
14 Insuficiência Cardíaca Congestiva: É uma incapacidade do coração para efetuar as suas funções de forma adequada como conseqüência de enfermidades do próprio coração ou de outros órgãos. O músculo cardíaco vai diminuindo sua força para bombear o sangue para todo o organismo.
15 Cirrose: Substituição do tecido normal de um órgão (freqüentemente do fígado) por um tecido cicatricial fibroso. Deve-se a uma agressão persistente, infecciosa, tóxica ou metabólica, que produz perda progressiva das células funcionalmente ativas. Leva progressivamente à perda funcional do órgão.
16 Ascite: Acúmulo anormal de líquido na cavidade peritoneal. Pode estar associada a diferentes doenças como cirrose, insuficiência cardíaca, câncer de ovário, esquistossomose, etc.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre IGUASSINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.