Materfolic

FARMOQUIMICA

Atualizado em 26/10/2009


Materfolic

Ácido fólico

FQM

Uso adulto

Forma farmacêutica e apresentação - Caixas com 30 comprimidos de 5 mg.

Materfolic - Composição

Cada comprimido contém:Ácido fólico 5 mg Excipientes: Avicel pH 101, lactose1, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, açúcar, q.s.p....................1 comprimido

Materfolic - Informações ao Paciente:

Ação esperada do medicamento: prevenção das malformações do tubo neural2 e tratamento da anemia3.
Cuidados de conservação: o medicamento deve ser mantido em temperatura inferior a 30ºC.
Prazo de validade: 48 meses a partir da data de fabricação. Não utilizar o produto se o prazo de validade estiver vencido. Siga as orientações do médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
O tratamento não deve ser interrompido sem o conhecimento do médico pois pode ocasionar falha na obtenção dos resultados.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

NÃO USE MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

Materfolic - Informações Técnicas:

Química: O ácido fólico (AF) medicamentoso é conhecido também como ácido pteroilglutâmico. Difere essencialmente do ácido fólico alimentar, uma vez que está sob a forma monoglutamato, enquanto que o ácido fólico contido nos alimentos está sob a forma poliglutamato. Uma vez absorvido o ácido fólico se transforma rapidamente na sua principal forma ativa, o ácido tetraidrofólico.Ações do AF no organismo: O AF é uma vitamina4 essencial na multiplicação celular de todos os tecidos, já que é indispensável à síntese do DNA e conseqüentemente à divisão celular. A criança, em especial o lactente5, possui um organismo em constante crescimento, sendo portanto mais vulnerável à carência do AF. A carência do AF vai afetar diretamente todos os tecidos, mas os efeitos prejudiciais são mais imediatos nos tecidos que se renovam numa velocidade mais rápida. Assim, os elementos figurados do sangue6, o epitélio intestinal (especialmente o delgado) e as mucosas7 em geral vão se renovar de foram incompleta na carência de AF, originando graves distúrbios orgânicos que apresentam sinais8 clínicos pouco evidentes, havendo dificuldade no diagnóstico de sua carência.

Materfolic - Indicações:

Situações clínicas em que o MATERFOLIC está indicado: Ginecologia e obstetrícia: Complemento vitamínico durante a gestação e lactação; diminui a incidência de malformações do tubo neural2; previne a deficiência de AF em pacientes que recebem anticoncepcionais por tempo prolongado; previne o aparecimento da displasia9 cervical.
Hematologia: Anemias hemolíticas e megaloblásticas: Todas as anemias hemolíticas (anemia falciforme10, talassemia11, esferocitose) se beneficiam com o uso rotineiro de AF. Diagnóstico de carências de AF e vitamina4 B12.

Materfolic - Contra-indicações:  

Materfolic é contra- indicado a pacientes com hipersensibilidade ao ácido fólico ou a pacientes com anemia perniciosa12.

Materfolic - Precauções:  

Ácido fólico não é terapia apropriada para anemia perniciosa12 e anemias megaloblásticas causadas por deficiência de vitamina4 B12, portanto recomenda- se o tratamento associado de ácido fólico com vitamina4 B12 para estas situações.

Materfolic - Interações medicamentosas:

O uso de certos anticonvulsivantes (difenilhidantoína) e anticoncepcionais orais podem interferir na absorção e armazenamento de ácido fólico.

Materfolic - Reações adversas:

 

Estão relacionadas à ingestão de doses elevadas (mais de 15 mg/dia). Embora haja inúmeras comprovações de otoxicidade do AF, existem relatos na literatura de que doses de 15 mg ou mais possam produzir alterações no SNC13, decorrentes de aumento da síntese de aminas cerebrais, além de eventuais distúrbios gastrintestinais. Doses elevadas (acima de 15 mg/dia) podem comprometer a absorção intestinal do zinco e levar a uma precipitação de cristais de ácido fólico nos rins14.

Materfolic - Posologia:

1 a 2 comprimidos de 5 mg, 1 vez ao dia.
Observação: Na prevenção de malformação do tubo neural2 deve- se administrar 1 comprimido de 5 mg diariamente durante todo o período fértil da mulher sexualmente ativa. Prolongar o uso da medicação pelo menos durante as 4 primeiras semanas de gestação.

Materfolic - Laboratório

FARMOQUIMICA
Rua General Polidoro, 105
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22280-001
Tel: 55 (021 )275-3548
Fax: 55 (021) 542-6747
Site: http://www.farmoquimica.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "FARMOQUIMICA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Tubo neural: Estrutura embrionária que dará origem ao cérebro e à medula espinhal. Durante a gestação humana, o tubo neural dá origem a três vesículas: romboencéfalo, mesencéfalo e prosencéfalo.
3 Anemia: Condição na qual o número de células vermelhas do sangue está abaixo do considerado normal para a idade, resultando em menor oxigenação para as células do organismo.
4 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
5 Lactente: Que ou aquele que mama, bebê. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
6 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
7 Mucosas: Tipo de membranas, umidificadas por secreções glandulares, que recobrem cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
8 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
9 Displasia: Desenvolvimento ou crescimento anormal de um tecido ou órgão.
10 Anemia falciforme: Doença hereditária que causa a má formação das hemácias, que assumem forma semelhante a foices (de onde vem o nome da doença), com maior ou menor severidade de acordo com o caso, o que causa deficiência do transporte de gases nos indivíduos que possuem a doença. É comum na África, na Europa Mediterrânea, no Oriente Médio e em certas regiões da Índia.
11 Talassemia: Anemia mediterrânea ou talassemia. Tipo de anemia hereditária, de transmissão recessiva, causada pela redução ou ausência da síntese da cadeia de hemoglobina, uma proteína situada no interior do glóbulos vermelhos e que tem a função de transportar o oxigênio. É classificada dentro das hemoglobinopatias. Afeta principalmente populações da Itália e da Grécia (e seus descendentes), banhadas pelo Mar Mediterrâneo.
12 Anemia Perniciosa: Doença causada pela incapacidade do organismo absorver a vitamina B12. Mais corretamente, ela se refere a uma doença autoimune que resulta na perda da função das células gástricas parietais, que secretam ácido clorídrico para acidificar o estômago e o fator intrínseco gástrico que facilita a absorção da vitamina B12.
13 SNC: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
14 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.

Tem alguma dúvida sobre Materfolic?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.