Preço de Sonrisal em Ann Arbor/SP: R$ 9,34

Sonrisal

GLAXOSMITHKLINE BRASIL LTDA

Atualizado em 13/08/2019

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Sonrisal® e Sonrisal Limão
bicarbonato de sódio + carbonato de sódio + ácido acetilsalicílico + ácido cítrico
Comprimidos

APRESENTAÇÃO

Comprimidos efervescentes
Embalagens com 5 e 30 envelopes de dois comprimidos efervescentes

USO ORAL
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido efervescente de Sonrisal contém:

bicarbonato de sódio 1854 mg
carbonato de sódio 400 mg
ácido acetilsalicílico 325 mg
ácido cítrico 1413 mg

Cada comprimido efervescente de Sonrisal Limão contém:

bicarbonato de sódio 1644 mg
carbonato de sódio 400 mg
ácido acetilsalicílico 325mg
ácido cítrico 1507,8 mg

Excipientes: aroma limão, amarelo de quinolina e aspartamo.

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Sonrisal é indicado para azia1, má digestão2 e acidez estomacal que se apresentam concomitantemente com dor de cabeça3.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Os componentes de Sonrisal (bicarbonato de sódio, carbonato de sódio e ácido cítrico) neutralizam o ácido produzido no estômago4, aliviando o desconforto causado pelo excesso de acidez. O ácido acetilsalicílico atua como analgésico5.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve usar este medicamento se você tiver história de alergia6 ao ácido acetilsalicílico e salicilatos, a quaisquer outros antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) ou componentes da fórmula; se tem problemas no fígado7, coração8 ou rins9; se seguir uma dieta restrita em sódio; se suspeita de dengue10; se já teve asma11 ou dificuldade de respirar após o uso de ácido acetilsalicílico; se tiver histórico de úlcera12 estomacal, perfuração ou sangramento no estômago4; se tiver histórico de gota13 e se já teve algum problema de coagulação14 sanguínea ou tem hemofilia15.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve tomar mais do que a dose recomendada deste medicamento, pois poderá ter efeitos indesejáveis, tais como eructação16 (arroto), flatulência (gases) e distensão abdominal. Não use em crianças abaixo de 16 anos sem orientação médica. Quando administrado em crianças, o ácido acetilsalicílico pode causar Síndrome17 de Reye, uma doença muito rara que pode ser fatal. Este medicamento reduz a acidez do estômago4 e pode interferir na absorção de outros medicamentos, que devem ser tomados em horário diferente. Tenha cautela e consulte seu médico antes de utilizar este medicamento se você é idoso, se tem asma11, pressão alta, se acha que está desidratado (sentindo sede com a boca18 seca), se está grávida ou amamentando. Consulte seu médico ou farmacêutico se você toma algum medicamento de uso contínuo sob prescrição ou não. Não use com outros medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico, fármacos similares chamados antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) e produtos para afinar o sangue19. Evite o consumo de álcool enquanto estiver usando este medicamento. O ácido acetilsalicílico pode causar sangramento, informe ao seu médico qualquer sangramento incomum. Se você tem pressão alta, deve saber que este medicamento contém sódio, caso siga uma dieta com restrição de sódio, não deve tomar múltiplas doses deste medicamento, a menos que orientado por um médico. O Sonrisal Limão contém uma fonte de fenilalanina20. Atenção fenilcetonúricos21: contém fenilalanina20. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião- dentista. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Você deve conservar Sonrisal em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC), protegido da luz e da umidade.
Número do lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.
Sonrisal é apresentado em comprimidos arredondados, de cor branca.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você pode tomar um a dois comprimidos de Sonrisal, dissolvidos em um copo pequeno de água (200 mL), esperar completar a efervescência e beber de uma vez. Você não deve ultrapassar a dose máxima diária recomendada, que é de 2 comprimidos deste medicamento a cada 24 horas. Você não deve usar Sonrisal por mais de 10 dias sem orientação médica. Siga corretamente o modo de usar. Em casos de dúvidas sobre esse medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas22, procure orientação do seu médico ou cirurgião-dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você pode tomar este medicamento assim que se lembrar. Não tome doses com intervalo menor do que 2 horas e não exceda a dose máxima diária recomendada. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirugião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Este medicamento pode causar algumas reações indesejáveis, tais como indigestão, eructação16 (arroto), flatulência (gases), distensão abdominal, náusea23 e vômito24. Você deve interromper o uso deste medicamento e consultar o seu médico imediatamente se você apresentar reações alérgicas como coceira e vermelhidão na pele25; chiado no peito26, tosse e dificuldade para respirar; qualquer sangramento de origem estomacal, que inclui sintomas22 como sangue19 nas fezes ou no vômito24; aumento no número sangramentos nasais ou hematomas27; zumbido ou perda temporária da audição ou qualquer inchaço28 ou retenção de líquido. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Se você tomar quantidades excessivas deste medicamento, poderá apresentar vômito24, eructação16, distúrbios gastrointestinais, desidratação29, zumbido, tontura30, surdez, suor excessivo, respiração mais rápida e profunda que o normal e extremidades quentes com pulso oscilante.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS

 

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas22 procure orientação médica.

 

MS. 1.0107.0141
Farm. Resp.:
Edinilson da Silva Oliveira
CRF-RJ 18875

Fabricado por.:
GlaxoSmithKline Brasil Ltda.
Estrada dos Bandeirantes, 8464 - Rio de Janeiro – RJ
CNPJ 33.247.743/0001-10
Indústria Brasileira

 

SAC 0800 021 15 29


 

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Azia: Pirose. Sensação de dor epigástrica semelhante a uma queimadura, geralmente acompanhada de regurgitação de suco gástrico para dentro do esôfago.
2 Digestão: Dá-se este nome a todo o conjunto de processos enzimáticos, motores e de transporte através dos quais os alimentos são degradados a compostos mais simples para permitir sua melhor absorção.
3 Cabeça:
4 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
5 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
6 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
7 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
8 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
9 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
10 Dengue: Infecção viral aguda transmitida para o ser humano através da picada do mosquito Aedes aegypti, freqüente em regiões de clima quente. Caracteriza-se por apresentar febre, cefaléia, dores musculares e articulares e uma erupção cutânea característica. Existe uma variedade de dengue que é potencialmente fatal, chamada dengue hemorrágica.
11 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
12 Úlcera: Ferida superficial em tecido cutâneo ou mucoso que pode ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
13 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
14 Coagulação: Ato ou efeito de coagular(-se), passando do estado líquido ao sólido.
15 Hemofilia: Doença transmitida de forma hereditária na qual existe uma menor produção de fatores de coagulação. Como conseqüência são produzidos sangramentos por traumatismos mínimos, sobretudo em articulações (hemartrose). Sua gravidade depende da concentração de fatores de coagulação no sangue.
16 Eructação: Ato de eructar, arroto.
17 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
18 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
19 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
20 Fenilalanina: É um aminoácido natural, encontrado nas proteínas vegetais e animais, essencial para a vida humana.
21 Fenilcetonúricos: Portadores da doença fenilcetonúria.
22 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
23 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
24 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
25 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
26 Peito: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original
27 Hematomas: Acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia.
28 Inchaço: Inchação, edema.
29 Desidratação: Perda de líquidos do organismo pelo aumento importante da freqüência urinária, sudorese excessiva, diarréia ou vômito.
30 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.

Tem alguma dúvida sobre Sonrisal?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.