TAMOXIFENO

Pharmacia Ind. Com. Ltda.

Atualizado em 09/12/2014

Composição do Tamoxifeno

CADA COMPRIMIDO DE 10 MG DE TAMOXIFENO CONTEM: CITRATO DE TAMOXIFENO 15,2 MG (EQUIVALENTE A 10 MG DE TAMOXIFENO); EXCIPIENTE Q.S. (AMIDO DE MILHO, LACTOSE1, POLIVINILPIRROLIDONA, GLICOLATO DE AMIDO E SODIO, ESTEARATO DE MAGNESIO). CADA COMPRIMIDO DE 20 MG DE TAMOXIFENO CONTEM: CITRATO DE TAMOXIFENO 30,4 MG (EQUIVALENTE A 20 MG DE TAMOXIFENO); EXCIPIENTE Q.S. (AMIDO DE MILHO, LACTOSE1, POLIVINILPIRROLIDONA, GLICOLATO DE AMIDO E SODIO, ESTEARATO DE MAGNESIO.

Posologia e Administração do Tamoxifeno

INICIAR O TRATAMENTO COM 1 COMPRIMIDO DE 10 MG OU 20 MG DUAS VEZES AO DIA. A RESPOSTA AO TRATAMENTO E GERALMENTE OBTIDA SOMENTE APOS UM PERIODO DE 2-3 MESES. O TRATAMENTO DEVE SER CONTINUADO ATE A OBTENCAO DE UMA RESPOSTA POSITIVA. CONDUTA NA SUPERDOSAGEM: OBSERVACOES EM ANIMAIS MOSTRARAM QUE SUPERDOSAGEM DE 100 A 200 VEZES A DOSE DIARIA RECOMENDADA, PODE PROVOCAR EFEITOS ESTROGENICOS. NO CASO DE SUPERDOSAGEM ACIDENTAL, AS REACOES DE TOXICIDADE2 SAO SEMELHANTES AS JA RELATADAS ACIMA EM REACOES ADVERSAS. O TRATAMENTO E PURAMENTE SINTOMATICO3.

Precauções do Tamoxifeno

TAMOXIFENO DEVE SER USADO CAUTELOSAMENTE EM PACIENTES COM LEUCOPENIA4 E TROMBOCITOPENIA5 PREEXISTENTES. APESAR DE OBSERVACOES OCASIONAIS DE LEUCOPENIA4 E TROMBOCITOPENIA5 DURANTE O TRATAMENTO COM TAMOXIFENO, NAO HA CERTEZA DE QUE TAIS EFEITOS SEJAM DEVIDOS A DROGA. HA RELATOS EVENTUAIS DE DIMINUICAO TRANSITORIA DA CONTAGEM DE PLAQUETAS6 (COM TAXAS DE 50.000-100.000/MM3, RARAMENTE MENOS) EM PACIENTES COM CANCER7 DE MAMA8 SOB TRATAMENTO COM TAMOXIFENO. NAO FOI REGISTRADA QUALQUER TENDENCIA A HEMORRAGIA9, RETORNANDO AO NORMAL A TAXA DE PLAQUETAS6, MESMO COM A CONTINUACAO DO TRATAMENTO. RECOMENDA-SE A REALIZACAO DE HEMOGRAMA COMPLETO, PERIODICAMENTE, DURANTE O TRATAMENTO. MULHERES NA PRE-MENOPAUSA10 DEVEM SER CUIDADOSAMENTE EXAMINADAS ANTES DO TRATAMENTO, A FIM DE EXCLUIR A POSSIBILIDADE DE GRAVIDEZ11. LACTACAO12: NAO SE SABE SE A DROGA E EXCRETADA NO LEITE HUMANO. POR CAUSA DE POSSIVEIS REACOES ADVERSAS GRAVES NOS LACTENTES13 ALIMENTADOS AO SEIO14, DEVERA SER DECIDIDO OU PELA SUSPENSAO DA AMAMENTACAO15 OU PELA DESCONTINUACAO DA DROGA, LEVANDO-SE EM CONTA A IMPORTANCIA DO TRATAMENTO PARA A MAE.

Reações Adversas do Tamoxifeno

AS MAIS FREQUENTES SAO AS ONDAS DE CALOR, NAUSEA16 E VOMITOS17, QUE PODEM OCORRER EM ATE UM QUARTO DAS PACIENTES, NAO SENDO, NO ENTANTO, BASTANTE GRAVES PARA JUSTIFICAR A INTERRUPCAO DO TRATAMENTO. MENOS FREQUENTES SAO AS HEMORRAGIAS18 OU CORRIMENTOS VAGINAIS, AS IRREGULARIDADES MENSTRUAIS E AS ERUPCOES CUTANEAS19. GERALMENTE, ESSES EFEITOS NAO SAO SUFICIENTEMENTE GRAVES PARA REQUERER REDUCAO OU DESCONTINUACAO DO TRATAMENTO. CERTA PROPORCAO DE PACIENTES NA PRE-MENOPAUSA10, QUE RECEBERAM TAMOXIFENO PARA TRATAMENTO DE CANCER7 DE MAMA8, TIVERAM A MENSTRUACAO20 SUPRIMIDA; POLICISTOSE OVARIANA FUNCIONAL FOI OBSERVADA, AINDA QUE RARAMENTE, QUANDO TAIS PACIENTES FORAM TRATADAS COM DOSES DE 40 MG DUAS VEZES AO DIA, DURANTE CURTOS PERIODOS DE TEMPO. FOI RELATADO EM PEQUENO NUMERO DE PACIENTES COM METASTASES21 OSSEAS, O DESENVOLVIMENTO DE HIPERCALCEMIA NO INICIO DO TRATAMENTO. AUMENTO DA DOR OSSEA OU NO TUMOR22 E AINDA RUBOR E CALOR NO LOCAL DA DOENCA, TAMBEM FORAM RELATADOS. ALGUMAS VEZES, ESTES EFEITOS ESTAO ASSOCIADOS A UMA BOA RESPOSTA AO TRATAMENTO. AS PACIENTES COM DOR OSSEA OU NO TUMOR22 PODEM NECESSITAR DE ANALGESICOS23 ADICIONAIS. AS QUE SAO PORTADORAS DE DOENCAS DOS TECIDOS MOLES PODEM APRESENTAR UM AUMENTO SUBITO NO TAMANHO DAS LESOES24 PREEXISTENTES, ALGUMAS VEZES ASSOCIADO A ERITEMA25 IMPORTANTE NA AREA VIZINHA AS LESOES24 E/OU DESENVOLVIMENTO DE NOVAS LESOES24. QUANDO ISSO OCORRE, A DOR OSSEA OU OS SINAIS26 DE FLOGOSE SAO DE CURTA DURACAO, DESAPARECENDO RAPIDAMENTE. OUTRAS REACOES ADVERSAS RARAMENTE OBSERVADAS SAO: HIPERCALCEMIA, EDEMA27 PERIFERICO, AVERSAO A ALIMENTOS, PRURIDO28 VULVAR, DEPRESSAO, TONTURA29, SENSACAO DE DESMAIO E CEFALEIA30. ALTERACOES CORNEAS E MACULARES, QUE RESULTARAM EM VISAO31 TURVA, FORAM DESCRITAS EM PEQUENO NUMERO DE CASOS TRATADOS ININTERRUPTAMENTE DURANTE 17 MESES COM DOSES 12 A 16 VEZES SUPERIORES A RECOMENDADA PARA O TRATAMENTO INICIAL. NO CASO DE REACOES GRAVES, MUITAS VEZES E POSSIVEL CONTROLA-LAS COM SIMPLES REDUCAO DA DOSE SEM PREJUIZO DO CONTROLE DA DOENCA.

Contra-Indicações do Tamoxifeno

GRAVIDEZ11;: HIPERSENSIBILIDADE CONHECIDA AO TAMOXIFENO.

Indicações do Tamoxifeno

TAMOXIFENO E INDICADO NO TRATAMENTO PALIATIVO32 DO CANCER7 AVANCADO DE MAMA8.

Apresentação do Tamoxifeno

FRASCOS COM 30, 100 E 250 COMPRIMIDOS.

TAMOXIFENO - Laboratório

Pharmacia Ind. Com. Ltda.
RUA CONDE DE IRAJA, 260
BOTAFOGO/RJ - CEP: 22271020
Tel: (021 )537-7277
Fax: (021 )286-1592

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
3 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
4 Leucopenia: Redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Quando a quantidade de leucócitos no sangue é inferior a 6000 leucócitos por milímetro cúbico, diz-se que o indivíduo apresenta leucopenia.
5 Trombocitopenia: É a redução do número de plaquetas no sangue. Contrário de trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia (ou plaquetopenia). As pessoas com trombocitopenia apresentam tendência de sofrer hemorragias.
6 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
7 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
8 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
9 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
10 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
13 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
14 Seio: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
15 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
16 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
17 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
18 Hemorragias: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
19 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
20 Menstruação: Sangramento cíclico através da vagina, que é produzido após um ciclo ovulatório normal e que corresponde à perda da camada mais superficial do endométrio uterino.
21 Metástases: Formação de tecido tumoral, localizada em um lugar distante do sítio de origem. Por exemplo, pode se formar uma metástase no cérebro originário de um câncer no pulmão. Sua gravidade depende da localização e da resposta ao tratamento instaurado.
22 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
23 Analgésicos: Grupo de medicamentos usados para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
24 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
25 Eritema: Vermelhidão da pele, difusa ou salpicada, que desaparece à pressão.
26 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
27 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
28 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
29 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
30 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
31 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
32 Paliativo: 1. Que ou o que tem a qualidade de acalmar, de abrandar temporariamente um mal (diz-se de medicamento ou tratamento); anódino. 2. Que serve para atenuar um mal ou protelar uma crise (diz-se de meio, iniciativa etc.).

Tem alguma dúvida sobre TAMOXIFENO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.