REPARIL Gel

NYCOMED PHARMA

Atualizado em 09/12/2014

           

Apresentações de Reparil Gel

Bisnagas com 30 g e com 100 g

Uso Adulto ou Pediátrico

Composição de Reparil Gel

                        
Cada grama1 do gel contém:
Escina Amorfa 0,01 g
Escina Polissulfona Sódica     0,01 g
Salicilato de Dietilamina     0,05 g
Excipiente q.s.p.      1 g
Excipientes: etanol, polímero de carboxivinila, trietanolamina, azeite de lavanda e de flor de laranja amarga, água desmineralizada.

Informação ao Paciente de Reparil Gel

Conserve o produto na embalagem original e ao abrigo do calor.Prazo de validade: 60 meses a partir da data da fabricação (vide cartucho).
Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Ação esperada do medicamento: inibe a formação de edema2 (acúmulo exagerado de líquido nos tecidos) e combate os sintomas3 dele resultantes, como dores, sensações do peso, calor e rubor.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez4 ou lactação5 na vigência do tratamento.
Cuidados de administração: nas úlceras6 varicosas e eczemas7, aplicar Reparil exclusivamente ao redor da lesão8.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE9.

Informação Técnica de Reparil Gel

A escina de Reparil é uma substância de origem natural, extraída do Aesculus hippocastanum, com uma estrutura bem definida, constituindo assim, um princípio ativo puro, que apresenta acentuada ação detumescente, antiedematosa e antiinflamatória.
A ação detumescente, antiinflamatória e eletivamente flebotrópica de Reparil por via tópica é bem nítida, induzindo rapidamente a reabsorção do edema2 e prevenindo o aparecimento de recidivas10. Esta ação se deve à escina, que possui notável efeito normalizador sobre a permeabilidade11 capilar12.
Reparil estimula a circulação13 local, impedindo a formação de coágulos. O salicilato de dietilamina, penetrando no tecido14, complementa a ação antiinflamatória, exercendo efeito analgésico15 local.
Reparil age rapidamente eliminando de maneira eficaz os sintomas3 de tensão, rubor, calor e dor.

Indicações de Reparil Gel

·                 Em todos os casos de edemas16 localizados devido a transtornos de natureza inflamatória:·                 Afecções17 venosas, flebites superficiais, inflamações18 varicosas.
·                Afecções17 reumáticas, artrites, artroses, periartrites, bursite19, torcicolo20. Tenossinovite. Quadros dolorosos da coluna vertebral21. Lumbago.
·                 Traumatismos, contusões, luxações, hematomas22.
·    Lesões23 leves oriundas da prática esportiva.
           
- Contra-Indicações:

Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Precauções de Reparil Gel


De um modo geral, Reparil é muito bem tolerado; entretanto, nas úlceras6 varicosas e eczemas7 recomenda-se aplicar exclusivamente ao redor da lesão8. Mesmo tendo uma mínima absorção sistêmica, Reparil deve ser usado com cuidado em lactantes24 e lactentes25. Não há relatos de inconveniência de uso de Reparil em pacientes idosos. Em função da sua ação tópica, sem efeito cumulativo, o tratamento pode ser suspenso a qualquer momento, quando necessário. Não há relatos da inconveniência de uso de Reparil em relação a patologias associadas.

Interações Medicamentosas de Reparil Gel

Até o momento não foram relatados casos de interação medicamentosa com o uso do produto.

- Reações Adversas:

Ainda não foram relatadas reações adversas com o uso do produto.

Posologia de Reparil Gel

Aplicar pequena quantidade sobre a região afetada, 2 ou 3 vezes ao dia.

Conduta na Superdosagem de Reparil Gel

Em caso de ingestão acidental do produto, poderão ocorrer sintomas3 como contração muscular, fraqueza, falta de coordenação, vômito26 e diarréia27, de grande intensidade. Recomenda-se adotar as medidas habituais de controle das funções vitais.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS3, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

REPARIL Gel - Laboratório

NYCOMED PHARMA
Rua do Estilo Barroco, 721
Santo Amaro/SP - CEP: 04709-011
Tel: 11 5188 4400
Site: http://www.nycomed.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "NYCOMED PHARMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
2 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
3 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Úlceras: Feridas superficiais em tecido cutâneo ou mucoso que podem ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
7 Eczemas: Afecções alérgicas da pele, elas podem ser agudas ou crônicas, caracterizadas por uma reação inflamatória com formação de vesículas, desenvolvimento de escamas e prurido.
8 Lesão: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Recidivas: 1. Em medicina, é o reaparecimento de uma doença ou de um sintoma, após período de cura mais ou menos longo; recorrência. 2. Em direito penal, significa recaída na mesma falta, no mesmo crime; reincidência.
11 Permeabilidade: Qualidade dos corpos que deixam passar através de seus poros outros corpos (fluidos, líquidos, gases, etc.).
12 Capilar: 1. Na medicina, diz-se de ou tubo endotelial muito fino que liga a circulação arterial à venosa. Qualquer vaso. 2. Na física, diz-se de ou tubo, em geral de vidro, cujo diâmetro interno é diminuto. 3. Relativo a cabelo, fino como fio de cabelo.
13 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
14 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
15 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
16 Edemas: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
17 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
18 Inflamações: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc. Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
19 Bursite: Doença ortopédica caracterizada pela inflamação da bursa, uma bolsa cheia de líquido, existente no interior das articulações, cuja finalidade é amortecer o atrito entre ossos, tendões e músculos. A bursite pode acontecer em qualquer articulação (joelhos, cotovelos, quadris, etc.), mas é mais comum no ombro.
20 Torcicolo: Distúrbio freqüente produzido por uma luxação nas vértebras da coluna cervical, ou a espasmos dos músculos do pescoço que produzem rigidez e rotação lateral do mesmo.
21 Coluna vertebral:
22 Hematomas: Acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia.
23 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
24 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
25 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
26 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
27 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre REPARIL Gel?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.