TRICANGINE-A

ACHÈ

Atualizado em 09/12/2014

Composição da Tricangine-a

MATERIAS-PRIMAS ATIVAS: CADA 5 G DE CREME VAGINAL CONTEM: MEPARTRICINA SPA 25.000 UI; TETRACICLINA 0,100 G; EXCIPIENTE: Q.S.P. 5 G.

Posologia e Administração da Tricangine-a

A VIA DE ADMINISTRACAO E A VAGINAL, TOPICA. A POSOLOGIA RECOMENDADA E DE 5 GRAMAS DE CREME (1 APLICADOR CHEIO) A NOITE, INTRODUZIDO PROFUNDAMENTE NA VAGINA1, DURANTE 15 DIAS CONSECUTIVOS. TODAVIA, A OTIMA TOLERABILIDADE DE MEPARTRICINA DA TETRACICLINA POSSIBILITA QUE, A CRITERIO MEDICO, A DOSE DIARIA POSSA SER AUMENTADA E/OU O PERIODO DE TRATAMENTO PROLONGADO NOS CASOS CRONICOS OU PARTICULARMENTE RESISTENTES. A TERAPIA NAO DEVE SER INTERROMPIDA DURANTE O FLUXO MENSTRUAL

Precauções da Tricangine-a

NAO SE RECOMENDA O USO DO PRODUTO DURANTE O PRIMEIRO TRIMESTRE DA GESTACAO.

Contra-Indicações da Tricangine-a

HIPERSENSIBILIDADE AS TETRACICLINAS.

Indicações da Tricangine-a

TRICANGINE-A E UM PRODUTO QUE CONTEM MEPARTRICINA (SPA) E TETRACICLINA. APRESENTA UM ESPECTRO AMPLO DE ACAO CONTRA TRICHOMONAS VAGINALIS E/OU CANDIDA ALBICANS, ASSOCIADOS A INFECCOES2 BACTERIANAS MISTAS. A MEPARTRICINA (SPA) E UM ANTIBIOTICO SEMI-SINTETICO POLIENICO (HEPTAENICO), ISOLADO NOS LABORATORIOS DE PESQUISA DA SPA, A PARTIR DE CEPAS3 DE STREPTOMYCES AUREOFACIENS. ATUA EFICAZMENTE CONTRA TRICHOMONAS VAGINALIS, CONTRA CANDIDA ALBICANS E TAMBEM CONTRA A ASSOCIACAO TRICHOMONAS + CANDIDA. A TETRACICLINA E UM ANTIBIOTICO DE AMPLO ESPECTRO QUE ATUA SIMULTANEAMENTE SOBRE GERMENS GRAM-POSITIVO E GRAM-NEGATIVOS CAUSADORES DAS VAGINITES BACTERIANAS INESPECIFICAS. TRICANGINE-A, ALEM DA ACAO DIRETA DE SEUS COMPONENTES SOBRE OS MICRORGANISMOS CORRESPONDENTES, APRESENTA TAMBEM UM VERDADEIRO SINERGISMO DE ACAO ENTRE A MEPARTRICINA (SPA) E A TETRACICLINA, DIRIGIDO CONTRA O TRICHOMONAS VAGINALIS, PERMITINDO ASSIM UMA ERRADICACAO MAIS COMPLETA DESTE PROTOZOARIO4 NO MEIO VAGINAL. TRICANGINE-A AGE RAPIDA E EFICAZMENTE SOBRE O QUADRO MICROBIOLOGICO5 E SOBRE VARIOS SINTOMAS6 CLINICOS (ARDOR7, PRURIDO8, LEUCORREIA9, ETC.) QUE QUASE SEMPRE ACOMPANHAM AS INFLAMACOES10 VAGINAIS DE ETIOLOGIA11 MICOTICA, PROTOZOARIA E BACTERIANA. TRATAMENTO DAS VULVOVAGINITES POR TRICHOMONAS VAGINALIS E/OU CANDIDA ALBICANS, ASSOCIADOS A INFECCOES2 BACTERIANAS MISTAS.

Apresentação da Tricangine-a

EM EMBALAGENS CONTENDO 78 G DE CREME VAGINAL + APLICADOR.

TRICANGINE-A - Laboratório

ACHÈ
RODOVIA PRES DUTRA KM 222, 2
GUARULHOS/SP - CEP: 07034-904
Tel: 11 6440-8418
Email: ache@ache.com.br
Site: http://www.ache.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "ACHÈ"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vagina: Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Cepas: Cepa ou estirpe é um termo da biologia e da genética que se refere a um grupo de descendentes com um ancestral comum que compartilham semelhanças morfológicas e/ou fisiológicas.
4 Protozoário: Filo do reino animal, de classificação suplantada, que reunia uma grande parcela dos seres unicelulares que possuem organelas celulares envolvidas por membrana. Atualmente, este grupo consiste em muitos e diferentes filos unicelulares incorporados pelo reino protista.
5 Microbiológico: Referente à microbiologia, ou seja, à especialidade biomédica que estuda os microrganismos patogênicos, responsáveis pelas doenças infecciosas, englobando a bacteriologia (bactérias), virologia (vírus) e micologia (fungos).
6 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
7 Ardor: 1. Calor forte, intenso. 2. Mesmo que ardência. 3. Qualidade daquilo que fulge, que brilha. 4. Amor intenso, desejo concupiscente, paixão.
8 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
9 Leucorréia: Corrimento branco eliminado pela vagina ou uretra. Pode ser manifestação de uma doença ginecológica ou das vias urinárias.
10 Inflamações: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc. Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
11 Etiologia: 1. Ramo do conhecimento cujo objeto é a pesquisa e a determinação das causas e origens de um determinado fenômeno. 2. Estudo das causas das doenças.

Tem alguma dúvida sobre TRICANGINE-A?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.