Preço de Sulfato de Neomicina (Creme 3,5 mg/g) em Woodbridge/SP: R$ 12,48

Sulfato de Neomicina (Creme 3,5 mg/g)

PRATI DONADUZZI & CIA LTDA

Atualizado em 28/08/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

sulfato de neomicina
Creme 3,5 mg/g
Medicamento Genérico Lei nº 9.787, de 1999

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Creme dermatológico
Embalagem com 10 g, 15 g, 20 g e 50 g

USO TÓPICO1
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

COMPOSIÇÃO:

Cada grama2 do creme dermatológico contém:

sulfato de neomicina (equivalente a 3,5 mg de neomicina base) 5 mg
excipiente q.s.p. 1 g

Excipientes: petrolato branco, propilenoglicol, álcool cetoestearílico, cetomacrogol 1000, metilparabeno, propilparabeno e água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Sulfato de neomicina é indicado para o tratamento e prevenção das infecções3 da pele4 de quaisquer natureza, inclusive traumáticas ou feridas cirúrgicas.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Sulfato de neomicina creme dermatológico age de maneira a combater as principais e mais comuns infecções3 da pele4.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve usar sulfato de neomicina se tiver histórico de reações de alergia5 a qualquer um dos componentes da fórmula.

Este medicamento não deve ser aplicado sobre os olhos6.

Outros antibióticos aminoglicosídeos podem apresentar reação de sensibilidade cruzada com a neomicina.

Este medicamento não deve ser aplicado sobre queimaduras graves, feridas profundas ou extensas áreas, exceto sob prescrição médica.

O QUE DEVO SABER ANTES DE UTILIZAR ESTE MEDICAMENTO?

As reações desagradáveis mais comuns que podem ocorrer são: vermelhidão, “rash” cutâneo7 (pele4 avermelhada com aspecto elevado), coceira no local e inchaço8 no local de aplicação, irritação local que não existia antes do uso do produto e ainda diminuição na audição.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Categoria de risco de gravidez9: C.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Você deve manter o sulfato de neomicina em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C), em local seco, fresco e ao abrigo da luz. Nestas condições o prazo de validade é de 24 meses a contar da data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com prazo de validade vencido.

Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Sulfato de neomicina apresenta-se como creme dermatológico com aspecto homogêneo, cor branca e odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Caso você observe alguma mudança no aspecto do medicamento que ainda esteja no prazo de validade, consulte o médico ou o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Sulfato de neomicina creme dermatológico é de uso tópico1.

Você deve primeiramente lavar a região afetada com água e sabão apropriado e secar cuidadosamente o local.

Você deve aplicar sulfato de neomicina três vezes ao dia sobre a área lesada. Pode-se cobrir ou não com gase estéril a região onde foi aplicada o creme.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas10, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

As reações desagradáveis mais comuns que podem ocorrer são: vermelhidão, “rash” cutâneo7 (pele4 avermelhada com aspecto elevado), coceira e inchaço8 no local de aplicação, irritação no local que não existia antes do uso do produto e ainda diminuição na audição.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Deve-se adotar os procedimentos gerais da conduta no controle de intoxicações causadas pela via externa. Adotar medidas habituais de apoio e controle das funções vitais.

O apoio médico imediato é fundamental para adultos e crianças, mesmo se os sinais11 e sintomas10 de intoxicação não estiverem presentes.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas10 procure orientação médica.
 

MS - 1.2568.0196
Farmacêutico Responsável: Dr. Luiz Donaduzzi CRF-PR 5842

Registrado e fabricado por:
PRATI, DONADUZZI & CIA LTDA
Rua Mitsugoro Tanaka, 145
Centro Industrial Nilton Arruda - Toledo - PR
CNPJ 73.856.593/0001-66
Indústria Brasileira


SAC 0800 709 9333

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
2 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
3 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
4 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
5 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
6 Olhos:
7 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
8 Inchaço: Inchação, edema.
9 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
10 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
11 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre Sulfato de Neomicina (Creme 3,5 mg/g)?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.