VERMITAL

ELOFAR

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Vermital

comprimido: albendazol 200 mg; excipienteq.s.p. 1 comprimido. Suspensão: albendazol 40 mg; veículo q.s.p. 1 ml.

Posologia e Administração de Vermital

adultos e crianças acima de 2 anos: dose usual: 2 comprimidos de 200 mg (400 mg) ou 10 ml de suspensão, tanto para adultos como para crianças acima de 2 anos em dose única. Os comprimidos podem ser engolidos, mastigados, triturados ou misturados a alimentos. A suspensão pode ser administrada diretamente ou misturada a líquidos. Nos casos de infecção1 confirmada ou suspeita de Strongyloides stercoralis e Taenia spp, a dose deve ser repetida por 3 dias consecutivos. Nos casos de infecção1 por Enterobios vermiculares a dose usual em crianças acima de 2 anos é de 100 mg em dose única.

Reações Adversas de Vermital

casos de desconforto gastrintestinal e cefaléia2 foram reportados sem, contudo, ser possível correlacionar ao uso da droga.

Contra-Indicações de Vermital

como os demais derivados benzimidazólicos, o albendazol é teratogênico3 e embriotóxico nos animais de laboratório (camundongos e coelhos); por esta razão não deve ser usado durante a gravidez4 ou em mulheres com possibilidade de engravidar. Deve-se assegurar, antes de utilizar o produto, de que não há processo de gravidez4 para mulheres em idade fértil (15 a 40 anos). Recomenda-se a administração de Vermital no período de 7 dias após o início da menstruação5.

Indicações de Vermital

tratamento das infecções6 por parasitas intestinais simples ou mistas. Os estudos clínicos mostram que albendazol é efetivo no tratamento do Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobios vermiculares, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Taenia spp e Strongyloides stercoralis.

Apresentação de Vermital

caixas com 2 comprimidos e frascos com 10 ml.


VERMITAL - Laboratório

ELOFAR
RUA TEREZA CRISTINA, 67
FLORIANOPOLIS/SC - CEP: 88070790
Tel: (048 )248-1344
Fax: (048 )244-1099

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
3 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Menstruação: Sangramento cíclico através da vagina, que é produzido após um ciclo ovulatório normal e que corresponde à perda da camada mais superficial do endométrio uterino.
6 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.

Tem alguma dúvida sobre VERMITAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.