FATOR VIII - BIOTEST SDH

GRIFOLS

Atualizado em 08/12/2014


fator VIII
biotest sdh    
250 ui/500 ui/1 000 ui


Concentrado de fator VIII - alta pureza

Composição de Fator Viii - Biotest Sdh

250 UI/500 UI: Conteúdo protéico máx. 1,1 mg/ml. 1000 UI: Conteúdo protéico 2,2 mg/ml. Glicina 9 mg/ml.

Indicações de Fator Viii - Biotest Sdh

Tratamento da deficiência congênita1 ou adquirida do FATOR VIII da coagulação2 (geralmente em hemofilia3 grave ou moderadamente grave e profilaxia em cirurgia que possa provocar hemorragia4).

Contra-Indicações de Fator Viii - Biotest Sdh

Podem ocorrer ou tornarem-se conhecidas depois de iniciado o tratamento com este produto. O uso em gestantes e lactantes5 deve ser feito após cuidadosa avaliação.

Efeitos de Fator Viii - Biotest Sdh

colaterais

Raros casos de hipersensibilidade. Podem ocorrer cefaléia6, dispnéia7, queda da pressão arterial8, febre9, erupção10 cutânea11, náuseas12 e vômito13. Casos isolados de trombose14 e sinais15 de coagulopatia. Pode ocorrer risco de hipervolemia.

Posologia de Fator Viii - Biotest Sdh

Unidades necessárias = peso corporal (kg) x aumento desejado de FATOR VIII (%). Terapia profilática contínua da hemorragia4 da hemofilia3 A grave (12-25 UI/kg, 2-3 dias).

Apresentação de Fator Viii - Biotest Sdh

Frasco com o liofilizado16; frasco com água para injetáveis de 5 e 10 ml + equipo de infusão.

Informações detalhadas encontram-se à disposição da classe médica.

Fabricado por BIOTEST PHARMA GMBH -República Federal da Alemanha.

MARCOS-PEDRILSON Produtos Hospitalares Ltda.

FATOR VIII - BIOTEST SDH - Laboratório

GRIFOLS
Umuarama 263. Vila Perneta - Condomínio Portal da Serra.
Pinhais/PR - CEP: 83325-000
Tel: (55) 41 668 2444
Fax: (55) 41 41 668 2495
Email: brasil@grifols.com
Site: http://www.biolaboratorio.com/ds/br/grifolsbr.html

Ver outros medicamentos do laboratório "GRIFOLS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
2 Coagulação: Ato ou efeito de coagular(-se), passando do estado líquido ao sólido.
3 Hemofilia: Doença transmitida de forma hereditária na qual existe uma menor produção de fatores de coagulação. Como conseqüência são produzidos sangramentos por traumatismos mínimos, sobretudo em articulações (hemartrose). Sua gravidade depende da concentração de fatores de coagulação no sangue.
4 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
5 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
6 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
7 Dispnéia: Falta de ar ou dificuldade para respirar caracterizada por respiração rápida e curta, geralmente está associada a alguma doença cardíaca ou pulmonar.
8 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
9 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
10 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
11 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
12 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
13 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
14 Trombose: Formação de trombos no interior de um vaso sanguíneo. Pode ser venosa ou arterial e produz diferentes sintomas segundo os territórios afetados. A trombose de uma artéria coronariana pode produzir um infarto do miocárdio.
15 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
16 Liofilizado: Submetido à liofilização, que é a desidratação de substâncias realizada em baixas temperaturas, usada especialmente na conservação de alimentos, em medicamentos, etc.

Tem alguma dúvida sobre FATOR VIII - BIOTEST SDH?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.