IBEROL

ABBOTT

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Iberol

cada comprimido revestido contém: sulfatoferroso, em forma de liberação regulada Gradumet (equivalente a 105 mg de ferro elementar) 525 mg; ácido ascórbico 100 mg; nicotinamida 20 mg; pantotenato de cálcio 10 mg; cloridrato de piridoxina 2 mg; mononitrato de tiamina 1,50 mg; cianocobalamina (vitamina1 B12) 6 mcg; riboflavina 1,70 mg. Excipiente q.s.p. 1 comprimido. Cada 5 ml: sulfato ferroso (equivalente a 26,35 mg de ferro elementar) 130,66 mg; ácido ascórbico 65 mg; nicotinamida 20 mg; dexpantenol 10 mg; cloridrato de piridoxina 2 mg; mononitrato de tiamina 1,50 mg; cianocobalamida (vitamina1 B12) 6 mcg; riboflavina 1,70 mg. Excipiente q.s.p. 5,00 ml.

Posologia e Administração de Iberol

Iberol comprimidos revestidos: 1 comprimido ao dia ou segundo indicação médica. Iberol líquido: dose terapêutica2: adultos e crianças acima de 4 anos, 2 colheres das de chá (10 ml) 2 vezes ao dia, após as refeições. Crianças de 1 a 3 anos, 1 colher das de chá (5 ml) 2 vezes ao dia, após as refeições. Dose profilática: metade da dose terapêutica2. - Superdosagem: sinais3 de intoxicação grave por ferro podem ser retardados devido à forma de liberação controlada. Em intoxicação aguda por ferro podem ocorrer aumento da permeabilidade4 capilar5, redução do volume plasmático, aumento do débito cardíaco6 e colapso7 cardiovascular súbito. Na superdosagem com comprimidos, devem ser feitos esforços para acelerar a eliminação dos comprimidos ingeridos. Um emético deve ser administrado tão logo for possível seguido por lavagem gástrica8, se indicado imediatamente após a êmese9, uma dose adequada de laxativo10 salino deve ser administrada, para acelerar a passagem pelo trato intestinal. Exame de raios-x pode então ser considerado para determinar a localização e o número de comprimidos restantes no trato gastrintestinal. A administração de leite com ovos e soluções contendo fosfatos pode diminuir a absorção de ferro. O uso de desferrioxamina pode ser feito pelas vias oral e parenteral, seguindo-se critérios adequados.

Precauções de Iberol

é importante que o produto seja guardado fora do alcance das crianças para evitar intoxicações agudas. - Interações medicamentosas: substâncias como fitatos, fosfatos e a desferrioxamina diminuem a absorção de sulfato ferroso. O uso concomitante de antiácidos11 diminui a absorção de ferro. A ingestão concomitante de ovos ou leite reduz a absorção de ferro. O sulfato ferroso pode interferir com a absorção de tetraciclinas. Os efeitos antiparkinsonianos da levodopa podem ser revertidos pela piridoxina.

Reações Adversas de Iberol

manifestações gastrintestinais caracterizadas por náuseas12, vômitos13, dor abdominal, diarréia14, obstipação15, podem manifestar-se como sinais3 de intolerância ao ferro. No caso do Iberol líquido, se ocorrerem tais sintomas16, deve-se administrar doses menores em intervalos mais curtos, sem alteração da dose total diária. No caso de Iberol comprimidos revestidos, devido ao processo Gradumet, as possibilidades de intolerância gástrica são muito remotas. Na eventualidade de manifestação de intolerância gástrica tanto na apresentação comprimido revestidos como líquido, recomenda-se a utilização após as refeições. Os preparados líquidos à base de ferro podem manchar os dentes. As manchas podem ser evitadas através do uso de canudinho primeiramente misturando a dose correspondente com água ou suco de frutas e ingerindo, posteriormente, água pura. As manchas existentes nas dentaduras podem ser retiradas com o uso de bicarbonato de sódio ou peróxido de hidrogênio.

Contra-Indicações de Iberol

indivíduos conhecidamente hipersensíveis a alguma substância da formulação.

Indicações de Iberol

profilaxia e tratamento da anemia ferropriva17, acompanhada ou não por hipovitaminose do complexo B.

Apresentação de Iberol

embalagens com 30 comprimidos revestidos e embalagens com 120 ml.


IBEROL - Laboratório

ABBOTT
Rua Nova York, 245 - Brooklin
São Paulo/SP - CEP: 04560-108
Tel: 11-5536-7000
Fax: 011-5531-7205
Site: http://www.abbottbrasil.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ABBOTT"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
3 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
4 Permeabilidade: Qualidade dos corpos que deixam passar através de seus poros outros corpos (fluidos, líquidos, gases, etc.).
5 Capilar: 1. Na medicina, diz-se de ou tubo endotelial muito fino que liga a circulação arterial à venosa. Qualquer vaso. 2. Na física, diz-se de ou tubo, em geral de vidro, cujo diâmetro interno é diminuto. 3. Relativo a cabelo, fino como fio de cabelo.
6 Débito cardíaco: Quantidade de sangue bombeada pelo coração para a aorta a cada minuto.
7 Colapso: 1. Em patologia, é um estado semelhante ao choque, caracterizado por prostração extrema, grande perda de líquido, acompanhado geralmente de insuficiência cardíaca. 2. Em medicina, é o achatamento conjunto das paredes de uma estrutura. 3. No sentido figurado, é uma diminuição súbita de eficiência, de poder. Derrocada, desmoronamento, ruína. 4. Em botânica, é a perda da turgescência de tecido vegetal.
8 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
9 Êmese: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Sinônimo de vômito. Pode ser classificada como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
10 Laxativo: Mesmo que laxante. Que laxa, afrouxa, dilata. Medicamento que trata da constipação intestinal; purgante, purgativo, solutivo.
11 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
12 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
13 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
14 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
15 Obstipação: Prisão de ventre ou constipação rebelde.
16 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
17 Anemia Ferropriva: Anemia por deficiência de ferro. É o tipo mais comum de anemia. Há redução da quantidade total de ferro corporal até a exaustão das reservas de ferro. O fornecimento de ferro é insuficiente para atingir as necessidades de diferentes tecidos, incluindo as necessidades para a formação de hemoglobina e dos glóbulos vermelhos.

Tem alguma dúvida sobre IBEROL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.