INTAL Cápsulas para Inalação

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Intal Cápsulas Para Inalação

cada cápsula contém: cromoglicato dissódico20,0 mg, excipientes q.s.p. 1 cápsula. Excipientes: lactose1.

Posologia e Administração de Intal Cápsulas Para Inalação

adultos e crianças: a dose recomendada é de 1 cápsula 4 vezes ao dia. O esquema terapêutico recomendado é administração de uma dose ao levantar-se, da 2ª e da 3ª doses com intervalos de 4 a 6 horas, e da 4ª dose ao deitar-se. Em casos mais severos ou durante períodos de intensa atividade antigênica, pode ser necessário aumentar o número de administrações para 6 a 8 ao dia. Desde que o paciente já faça uso regular de Intal Cápsulas para Inalação como medicamento preventivo2 da asma3, doses adicionais poderão ser administradas antes de esforços físicos, a fim de se evitar a asma3 induzida por exercício, ou ainda, antes da exposição a outros fatores provocadores da asma3. Para evitar o broncospasmo induzido por exercício físico, Intal Cápsulas para Inalação deve ser utilizado com 15 a 30 minutos de antecedência. Superdosagem: estudos com o uso do produto em humanos não revelaram qualquer perigo. É impossivel, portanto que a superdosagem cause problemas, porém em caso de suspeita, o tratamento deve ser de suporte e direcionado ao controle dos sintomas4 relevantes. Pacientes idosos: há recomendações ou advertências especiais para pacientes5 acima de 65 anos de idade, nem evidências que justifiquem o emprego de posologia diferenciada.

Precauções de Intal Cápsulas Para Inalação

não deve ser utilizado para aliviar crise de broncospasmo aguda. Intal Cápsulas para Inalação deve ser administrado somente através do Spinhaler. As cápsulas de Intal não devem ser ingeridas. O tratamento com Intal Cápsulas para Inalação é de manutenção, portanto é importante instruir o paciente a manter a regularidade das administrações, distinguindo o uso desta medicação daquelas usadas para o alívio imediato dos sintomas4. A melhora obtida com Intal Cápsulas para Inalação pode não se tornar aparente de imediato, ocorrendo somente após tratamento durante algumas semanas. Em caso de necessidade de interrupção do tratamento, deve-se fazê-lo gradativamente, durante o período de uma semana. Os sintomas4 da asma3 poderão voltar. É possível reduzir a dosagem em alguns pacientes com asma3 estável, porém isto deve ser cuidadosamente avaliado para cada paciente, assegurando-se o controle adequado da asma3. O uso de Intal Cápsulas Para Inalação em pacientes tratados com esteróides orais ou inalatórios, pode permitir redução ou descontinuação do tratamento com esteróides. O paciente deve ser cuidadosamente acompanhado enquanto a dose de esteróide é reduzida gradualmente. Se possível, a monitorização do fluxo máximo deve ser continuada durante estas reduções e os pacientes instruídos sobre o que fazer em caso de piora. Gravidez6: a experiência acumulada com o cromoglicato dissódico sugere que o mesmo não apresenta qualquer efeito sobre o desenvolvimento fetal. Entretanto, só deve ser utilizado na gravidez6 quando houver necessidade evidente. Lactação7: tomando por base estudos realizados com animais e suas propriedades físico-químicas, considera-se improvável que o cromoglicato dissódico seja excretado no leite materno. Não há indícios de que o uso do cromoglicato dissódico em mulheres durante o período de amamentação8 cause qualquer efeito indesejável ao lactente9. - Interações medicamentosas: o cromoglicato dissódico tem sido utilizado no homem para uma série de indicações e extensivamente avaliado quanto a interações medicamentosas, em estudos realizados com animais. Não se observou nenhuma evidência de interação do cromoglicato dissódico com outros fármacos.

Reações Adversas de Intal Cápsulas Para Inalação

pode ocorrer irritação moderada da garganta10, tosse e broncospasmo transitório. Como com outras terapias inalatórias, pode ocorrer broncospasmo paradoxal11 imediatamente após a administração: nestes casos o uso do medicamento deve ser descontinuado e deve-se instituir tratamento alternativo. Reações de hipersensibilidade, incluindo angioedema12, broncospasmo, hipotensão13 e colapso14 foram relatadas muito raramente.

Contra-Indicações de Intal Cápsulas Para Inalação

pacientes com hipersensibilidade conhecida ao cromoglicato dissódico ou à lactose1.

Indicações de Intal Cápsulas Para Inalação

tratamento e profilaxia da asma3 brônquica causada por alergia15, exercícios, ar frio ou irritantes químicos e ocupacionais.

Apresentação de Intal Cápsulas Para Inalação

embalagem contendo 30 cápsulas com pó para inalaçào.


INTAL Cápsulas para Inalação - Laboratório

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda
Rua Conde Domingos Papais, 413
Suzano/SP - CEP: 08613-010
Site: http://www.sanofi-aventis.com.br
C.N.P.J. 02.685.377/0008-23 - Indústria Brasileira

Ou

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda
Av Brasil, 22.155- Rio de Janeiro - RJ
CNPJ 02.685.377/0019-86 - Indústria Brasileira
Atendimento ao Consumidor 0800-703-0014
www.sanofi-aventis.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Preventivo: 1. Aquilo que previne ou que é executado por medida de segurança; profilático. 2. Na medicina, é qualquer exame ou grupo de exames que têm por objetivo descobrir precocemente lesão suscetível de evolução ameaçadora da vida, como as lesões malignas. 3. Em ginecologia, é o exame ou conjunto de exames que visa surpreender a presença de lesão potencialmente maligna, ou maligna em estágio inicial, especialmente do colo do útero.
3 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
8 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
9 Lactente: Que ou aquele que mama, bebê. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
10 Garganta: Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, extendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICÓIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe).
11 Paradoxal: Que contém ou se baseia em paradoxo(s), que aprecia paradoxo(s). Paradoxo é o pensamento, proposição ou argumento que contraria os princípios básicos e gerais que costumam orientar o pensamento humano, ou desafia a opinião consabida, a crença ordinária e compartilhada pela maioria. É a aparente falta de nexo ou de lógica; contradição.
12 Angioedema: Caracteriza-se por áreas circunscritas de edema indolor e não-pruriginoso decorrente de aumento da permeabilidade vascular. Os locais mais acometidos são a cabeça e o pescoço, incluindo os lábios, assoalho da boca, língua e laringe, mas o edema pode acometer qualquer parte do corpo. Nos casos mais avançados, o angioedema pode causar obstrução das vias aéreas. A complicação mais grave é o inchaço na garganta (edema de glote).
13 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
14 Colapso: 1. Em patologia, é um estado semelhante ao choque, caracterizado por prostração extrema, grande perda de líquido, acompanhado geralmente de insuficiência cardíaca. 2. Em medicina, é o achatamento conjunto das paredes de uma estrutura. 3. No sentido figurado, é uma diminuição súbita de eficiência, de poder. Derrocada, desmoronamento, ruína. 4. Em botânica, é a perda da turgescência de tecido vegetal.
15 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.

Tem alguma dúvida sobre INTAL Cápsulas para Inalação?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.