Preço de ATROPINA 0,5% - 1% em Ann Arbor/SP: R$ 8,77

ATROPINA 0,5% - 1%

ALLERGAN

Atualizado em 03/06/2015

Composição da Atropina

0,5% e1% contém respectivamente: sulfato deatropina 5 mg e 10 mg, veículo q.s.p. 1 ml. Veículo basicamente constituído de ácido bórico, citrato de sódio, edetato dissódico, polissorbato 80 e cloreto de benzalcônio.

Posologia e Administração da Atropina

instilar no saco conjuntival uma a duas gotas do colírio1, ou de acordo com o critério médico. O saco lacrimal deve ser comprimido por 1 ou 2 minutos, após a instilação do colírio1, para reduzir ou evitar a absorção sistêmica da droga. - Superdosagem: perante a presença de sinais2 de intoxicação sistêmica (ataxia3, alucinação4, incoerência verbal, hiperatividade, convulsão5) o paciente deverá ser encaminhado a um centro médico apropriado onde serão tomadas as condutas habituais para intoxicação muscarínica (atropínica). O uso da fisostigmina tem sido adotado para abolir o delírio6 e o coma7. O diazepan, em doses controladas, poderá evitar a convulsão5 e sedar o paciente ansioso. Para controle da febre8, principalmente em crianças, recomenda-se gelo e álcool em aplicação dérmica. O suporte artificial da respiração poderá ser necessário.

Precauções da Atropina

para evitar os efeitos sistêmicos9, o colírio1 deverá ser instilado em dose e freqüência menores conforme a resposta do paciente. A pressão intra-ocular deve ser medida em pacientes idosos antes da droga ser administrada.

Reações Adversas da Atropina

os anticolinérgicos podem causar aumento abrupto da pressão intra-ocular em olhos10 com ângulos estreitos ou com câmaras anteriores achatadas, precipitando um ataque de glaucoma11 por fechamento de ângulo, bem como em casos de glaucoma11 primário de ângulo aberto. A absorção sistêmica da Atropina poderá resultar em efeitos sobre o sistema nervoso central12 (ataxia3, alucinação4, incoerência verbal, hiperatividade, convulsão5 e febre8), principalmente em pacientes mais sensíveis (crianças e idosos). Podem ocorrer também taquicardia13, vasodilatação, retenção urinária14 e decréscimo da secreção salivar. A Atropina ocasionalmente causa irritação local dos olhos10 e em pessoas susceptíveis pode produzir dilatação da pálpebra e conjuntivite15. Com o uso contínuo da droga, a conjuntivite15 pode se tornar crônica.

Contra-Indicações da Atropina

nos casos de hipertensão16 do globo ocular17 e glaucoma11.

Indicações da Atropina

para obtenção de midríase18 e cicloplegia.

Apresentação da Atropina

colírio1 apresentado em frasco plástico conta-gotas, hermeticamente fechado e estéril, com 5 ml.


ATROPINA 0,5% - 1% - Laboratório

ALLERGAN
Av. Dr. Cardoso de Melo, 1855
São Paulo/SP - CEP: 04548-005
Tel: (11) 829-4575
Site: http://www.allergan.com/

Ver outros medicamentos do laboratório "ALLERGAN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Colírio: Preparação farmacológica líquida na qual se encontram dissolvidas diferentes drogas que atuam na conjuntiva ocular.
2 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
3 Ataxia: Reflete uma condição de falta de coordenação dos movimentos musculares voluntários podendo afetar a força muscular e o equilíbrio de uma pessoa. É normalmente associada a uma degeneração ou bloqueio de áreas específicas do cérebro e cerebelo. É um sintoma, não uma doença específica ou um diagnóstico.
4 Alucinação: Perturbação mental que se caracteriza pelo aparecimento de sensações (visuais, auditivas, etc.) atribuídas a causas objetivas que, na realidade, inexistem; sensação sem objeto. Impressão ou noção falsa, sem fundamento na realidade; devaneio, delírio, engano, ilusão.
5 Convulsão: Episódio agudo caracterizado pela presença de contrações musculares espasmódicas permanentes e/ou repetitivas (tônicas, clônicas ou tônico-clônicas). Em geral está associada à perda de consciência e relaxamento dos esfíncteres. Pode ser devida a medicamentos ou doenças.
6 Delírio: Delirio é uma crença sem evidência, acompanhada de uma excepcional convicção irrefutável pelo argumento lógico. Ele se dá com plena lucidez de consciência e não há fatores orgânicos.
7 Coma: 1. Alteração do estado normal de consciência caracterizado pela falta de abertura ocular e diminuição ou ausência de resposta a estímulos externos. Pode ser reversível ou evoluir para a morte. 2. Presente do subjuntivo ou imperativo do verbo “comer.“
8 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
9 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
10 Olhos:
11 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
12 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
13 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.
14 Retenção urinária: É um problema de esvaziamento da bexiga causado por diferentes condições. Normalmente, o ato miccional pode ser iniciado voluntariamente e a bexiga se esvazia por completo. Retenção urinária é a retenção anormal de urina na bexiga.
15 Conjuntivite: Inflamação da conjuntiva ocular. Pode ser produzida por alergias, infecções virais, bacterianas, etc. Produz vermelhidão ocular, aumento da secreção e ardor.
16 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
17 Globo ocular: O globo ocular recebe este nome por ter a forma de um globo, que por sua vez fica acondicionado dentro de uma cavidade óssea e protegido pelas pálpebras. Ele possui em seu exterior seis músculos, que são responsáveis pelos movimentos oculares, e por três camadas concêntricas aderidas entre si com a função de visão, nutrição e proteção. A camada externa (protetora) é constituída pela córnea e a esclera. A camada média (vascular) é formada pela íris, a coroide e o corpo ciliar. A camada interna (nervosa) é constituída pela retina.
18 Midríase: Dilatação da pupila. Ela pode ser fisiológica, patológica ou terapêutica.

Tem alguma dúvida sobre ATROPINA 0,5% - 1%?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.