SALBUTAMOL

LUPER

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Salbutamol1

cada comprimido contém: salbutamol1 base 2 mg(na forma de sulfato) 2,0 mg, salbutamol1 base 4 mg (na forma de sulfato) 4,0 mg, excipiente (lactose2, amido, estearato de magnésio e talco) q.s.p. 1 comprimido. Cada colher das chá (5 ml) do xarope contém: salbutamol1 base (na forma de sulfato) 2,0 mg, veículo q.s.p. 5,0 ml.

Posologia e Administração de Salbutamol1

adultos: a dose eficaz, na maioria das vezes, é de 4 mg de salbutamol1 (1 comprimido de 4 mg ou 2 colheres das de chá - 10 ml) 3 a 4 vezes ao dia. Caso não seja obtida broncodilatação3 adequada, a dose por sua vez deve ser gradualmente aumentada até 8 mg. Contudo, tem-se observado que alguns pacientes obtêm alívio adequado com 2 mg, 3 ou 4 vezes ao dia. Nos pacientes idosos ou naqueles muito sensíveis a estimulantes beta-adrenérgicos4, é aconselhável iniciar o tratamento com 2 mg, 3 ou 4 vezes ao dia. Crianças: as seguintes doses devem ser administradas 3 ou 4 vezes ao dia: 2 a 5 anos: meio a um comprimido de 2 mg ou meia a uma colher das de chá (2,5 a 5 ml) do xarope. 6 a 12 anos: 1 comprimido de 2 mg ou 1 colher das de chá (5 ml) do xarope. Acima de 12 anos: 1 comprimido de 2 mg ou de 4 mg. O medicamento é muito bem tolerado pelas crianças, de modo que se necessário, estas doses podem ser aumentadas, a critério médico.

Indicações de Salbutamol1

alívio do broncospasmo, na asma5 brônquica de qualquer tipo, bronquite crônica6 e enfisema7. O xarope é mais adequado para criança ou para aqueles adultos que preferem medicamentos sob forma líquida.

Apresentação de Salbutamol1

caixa contendo 20 comprimidos de 2 mg e 4 mg de salbutamol1 base e frasco contendo 100 ml de xarope.


SALBUTAMOL - Laboratório

LUPER
Rua Dr. Clementino, 608
São Paulo/SP - CEP: 03059-030
Tel: 0800-551066
Fax: (11)693-0498
Email: sac@luper.com.br
Site: http://www.luper.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "LUPER"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Salbutamol: Fármaco padrão para o tratamento da asma. Broncodilatador. Inibidor do trabalho de parto prematuro.
2 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
3 Broncodilatação: Aumento do diâmetro dos brônquios e dos bronquíolos pulmonares devido ao relaxamento do músculo liso das vias aéreas.
4 Adrenérgicos: Que agem sobre certos receptores específicos do sistema simpático, como o faz a adrenalina.
5 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
6 Bronquite crônica: Inflamação persistente da mucosa dos brônquios, em geral produzida por tabagismo, e caracterizada por um grande aumento na produção de muco bronquial que produz tosse e expectoração durante pelo menos três meses consecutivos durante dois anos.
7 Enfisema: Doença respiratória caracterizada por destruição das paredes que separam um alvéolo de outro, com conseqüente perda da retração pulmonar normal. É produzida pelo hábito de fumar e, em algumas pessoas, pela deficiência de uma proteína chamada Antitripsina.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre SALBUTAMOL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.