XAROPE DE CLORETO DE POTÁSSIO ENILA 6%

Atualizado em 28/03/2008
OBS: Todos os medicamentos do Laboratório Enila tiveram sua produção suspensa segundo Resolução - RE nº 892, de 29 de maio de 2003 da Anvisa.
 

- Composição
cloreto de potássio 900 mg. Veículo de q.s.p.15 ml.

- Posologia e Administração
adaptada ao quadro clínico do paciente, portanto, a critério médico. Como norma geral, pode-se admitir como posologia média diária, a seguinte: adultos: 40 a 80 mEq de potássio (aproximadamente, 3 a 6 g de cloreto de potássio), em administração fracionada. Crianças: 1 a 1,5 mEq (77 a 105 mg) por quilo de peso. Adultos: 1 a 2 colheres das de sopa (15 ml), 3 vezes ao dia. Crianças: menos de 6 meses: 1 colher das de café (2 ml), até 4 vezes ao dia; 6 meses a 2 anos: 1 colher das de chá (5 ml) até 4 vezes ao dia; 2 a 6 anos: 1 colher das de sobremesa (10 ml), até 4 vezes ao dia.

- Precauções
deve ser evitado ou administrado com precaução a pacientes que apresentam ulceração1 gástrica. Doses excessivamente altas podem provocar sinais2 de hiperpotassemia; neste caso, usar cloreto de sódio como antídoto3 ou suspender a administração provisoriamente.

- Contra-Indicações
doença de Addison, insuficiência renal4.

- Indicações
profilaxia da hipopotassemia5. Todas as condições onde se torna necessária a reposição da taxa normal de potássio: pós-operatório, depleção6 potássica por vômitos7 persistentes, diarréia8 infantil, alcalose9 grave, hipercorticoidismo, corticoterapia, tiazidoterapia, administração parenteral prolongada de cloreto de sódio e glicose10. Impregnação digitálica, miastenia11 grave, asma12 brônquica, síndrome13 de MéniÞre, urticária14 crônica.

- Apresentação
vidro contendo 150 ml.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Ulceração: 1. Processo patológico de formação de uma úlcera. 2. A úlcera ou um grupo de úlceras.
2 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
3 Antídoto: Substância ou mistura que neutraliza os efeitos de um veneno. Esta ação pode reagir diretamente com o veneno ou amenizar/reverter a ação biológica causada por ele.
4 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
5 Hipopotassemia: Concentração sérica de potássio inferior a 3,5 mEq/l. Pode ocorrer por alterações na distribuição de potássio (desvio do compartimento extracelular para intracelular) ou de reduções efetivas no conteúdo corporal de potássio por uma menor ingesta ou por perda aumentada. Fraqueza muscular e arritimias cardíacas são os sinais e sintomas mais comuns, podendo haver também poliúria, polidipsia e constipação. Pode ainda ser assintomática.
6 Depleção: 1. Em patologia, significa perda de elementos fundamentais do organismo, especialmente água, sangue e eletrólitos (sobretudo sódio e potássio). 2. Em medicina, é o ato ou processo de extração de um fluido (por exxemplo, sangue) 3. Estado ou condição de esgotamento provocado por excessiva perda de sangue. 4. Na eletrônica, em um material semicondutor, medição da densidade de portadores de carga abaixo do seu nível e do nível de dopagem em uma temperatura específica.
7 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
8 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
9 Alcalose: Desequilíbrio do meio interno, produzido por uma diminuição na concentração de íons hidrogênio ou aumento da concentração de bases orgânicas nos líquidos corporais.
10 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
11 Miastenia: Perda das forças musculares ocasionada por doenças musculares inflamatórias. Por ex. Miastenia Gravis. A debilidade pode predominar em diferentes grupos musculares segundo o tipo de afecção (debilidade nos músculos extrínsecos do olho, da pelve, ou dos ombros, etc.).
12 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
13 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
14 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.

Tem alguma dúvida sobre XAROPE DE CLORETO DE POTÁSSIO ENILA 6%?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.