STIEMYCIN

STIEFEL

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Stiemycin

cada g do gel contém: eritromicina base 20 mg;gel alcoólico excipiente q.s.p. l g; o excipiente contém: álcool etílico, butilhidroxitolueno, hidroxipropilcelulose. Cada ml da solução tópica contém: eritromicina base 20 mg; loção alcoólica excipiente q.s.p. l ml; o excipiente contém: álcool etílico, álcool laurílico 4-etoxilado, hidroxipropilcelulose, propilenoglicol.

Posologia e Administração de Stiemycin

deve ser aplicado na área afetada, 2 vezes ao dia. Após a pele1 ter sido bem lavada com água morna e sabonete, umedecer um chumaço de algodão ou gaze na solução e, então, friccionar toda a área afetada. Para o gel, a aplicação deve ser feita com a ponta dos dedos. - Superdosagem: a ingestão acidental desta fórmula pode causar náusea2, vômito3 e, em crianças menores, sensação de embriaguez ou sedação4. Baseado na quantidade ingerida e no tempo decorrido desde a ingestão, pode-se empregar como tratamento, a indução ao vômito3, lavagem gástrica5 ou utilização de líquido demulcente, além das medidas gerais de suporte.

Precauções de Stiemycin

uso exclusivamente externo, adultos e adolescentes. Evitar que o produto penetre nos olhos6. Uso na gestação: não há dados disponíveis sobre o uso deste produto em gestantes; portanto, esta droga deve ser usada durante a gravidez7 somente se claramente necessário.

Reações Adversas de Stiemycin

o uso de agentes antimicrobianos pode estar associado à proliferação de microorganismos resistentes a antibióticos; em tal caso, a administração de antibióticos deve ser descontinuada e devem ser tomadas as medidas necessárias. Como acontece com outros medicamentos indicados para uso tópico8, há sempre a possibilidade de que irritação primária ou dermatite9 alérgica por contato se desenvolvam em certos pacientes. Uso pediátrico: a segurança e a efetividade em crianças abaixo de 12 anos de idade não foram estabelecidas. - Interações medicamentosas: o uso concomitante de outras preparações tópicas para a tratamento do acne10, especialmente abrasivos ou descamantes, pode levar a uma irritação cutânea11 cumulativa e, por isso, deve ser feito com orientação médica.

Contra-Indicações de Stiemycin

pacientes com passado de hipersensibilidade à eritromicina.

Indicações de Stiemycin

tratamento da acne10 vulgar, graus primários I, II e III, nos quais predominam comedões, pápulas12 e pústulas13, em que o agente etiológico14 for sensível à eritromicina. Esta preparação não é recomendada como tratamento único para as variedades profunda e nodulocística (acne10 conglobata).

Apresentação de Stiemycin

bisnaga com 45 g e 60 g de gel e solução em frasco com 120 ml.


STIEMYCIN - Laboratório

STIEFEL
Rua Professor João C. Salem, 1081/1301
Guarulhos/SP
Tel: 0800 7043189
Email: sac@stiefel.com.br
Site: http://www.stiefel.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "STIEFEL"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
3 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
4 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
5 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
6 Olhos:
7 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
8 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
9 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
10 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
11 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
12 Pápulas: Lesões firmes e elevadas, com bordas nítidas e diâmetro que varia de 1 a 5 milímetros (até 1 centímetro, segundo alguns autores).
13 Pústulas: Elevações da pele contendo pus, de até um centímetro de diâmetro.
14 Etiológico: Relativo à etiologia; que investiga a causa e origem de algo.

Tem alguma dúvida sobre STIEMYCIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.