SULFATO FERROSO

NEO QUIMICA

Atualizado em 09/12/2014

Composição do Sulfato Ferroso

cada drágea1 contém: sulfato ferroso 300 mg;sulfato de cobre 1 mg; mononitrato de tiamina (vitamina2 B1) 4 mg; riboflavina base (vitamina2 B2) 1 mg. Excipientes: celulose microcristalina, manitol, amido, povidona, estearato de magnésio, talco, carbonato de cálcio, gomas laca e arábica, açúcar3, gelatina, dióxido de titânio, ceras de abelha e carnaúba, polietilenoglicol e corante rosa. Cada 1 ml (aproximadamente 20 gotas) da solução oral concentrada contém: sulfato ferroso 125 mg. Excipientes: parabenos, ciclamato de sódio, sacarina4 sódica, ácido cítrico, essência de limão, álcool etílico e água purificada. Cada colher das de sobremesa (10 ml) do líquido contém: sulfato ferroso 300 mg; sulfato de cobre 20 mg; cloridrato de tiamina (vitamina2 B1) 10 mg; riboflavina 5-fosfato (vitamina2 B2) 2 mg. Excipientes: parabenos, ciclamato de sódio, sacarina4 sódica, ácido cítrico, hidróxido de sódio, álcool etílico, corante caramelo, essência de cereja e água purificada.

Posologia e Administração do Sulfato Ferroso

para evitar os riscos de altas dosagens, o ajuste da posologia deverá ser feito pelo médico de acordo com a necessidade de cada paciente. As doses usuais recomendadas são: adultos: 1 drágea1 ou 1 colher das de sobremesa (10 ml) do líquido ou 30 gotas, 2 vezes ao dia, ou a critério médico. Crianças acima de 12 anos: 1 colher das de chá (5 ml) do líquido ou 20 gotas, 2 vezes ao dia, ou a critério médico. Crianças menores e lactentes5: 6 gotas até 2 vezes ao dia, ou a critério médico. - Superdosagem: a ingestão acidental de grandes doses pode ser fatal, especialmente em crianças. O essencial é o tratamento imediato com indução do vômito6 com xarope de ipeca e lavagem intestinal com bicarbonato de sódio se o paciente estiver comatoso ou tendo convulsões.

Precauções do Sulfato Ferroso

recomenda-se ingerir o medicamento com o estômago7 vazio (uma hora antes ou duas horas depois das refeições) para facilitar o processo de absorção, porém alguns indivíduos que apresentarem distúrbios gástricos intensos podem ingerir juntamente com alimentos para diminuir estas reações adversas. Ingerir junto com água ou suco de frutas para impedir formação de manchas nos dentes e para mascarar o gosto. A coloração escura das fezes é normal e mais intensa em mulheres grávidas. Pacientes idosos (acima de 65 anos) só devem fazer uso do medicamento sob orientação médica. Durante o uso do medicamento os pacientes não devem ingerir bebidas alcoólicas. - Interações medicamentosas: álcool, antiácidos8 contendo carbonatos ou trissilicato de magnésio, café, fibras dietéticas, laticínios em geral ou pão de cereal integral diminuem a absorção de ferro devido à formação de complexos menos solúveis ou insolúveis. Reduz a absorção e os efeitos terapêuticos das tetraciclinas orais. A vitamina2 E pode prejudicar a resposta hematológica.

Reações Adversas do Sulfato Ferroso

normalmente o medicamento é bem tolerado; alguns pacientes podem apresentar distúrbios gástricos como náuseas9, vômitos10 e dor epigástrica. Outros efeitos mais graves, incluindo crises hemolíticas perigosas, estão ligados a altas dosagens.

Contra-Indicações do Sulfato Ferroso

hemocromatose11, hemossiderose12, hipervitaminoses do complexo B, pancreatite13 crônica, tuberculose14 pulmonar ativa, cirrose15 hepática16, outras anemias que não sejam essencialmente ferroprivas e hipersensibilidade a qualquer dos componentes das fórmulas.

Indicações do Sulfato Ferroso

profilaxia e tratamento das anemias ferroprivas, desenvolvidas após grandes perdas sangüíneas, dieta inadequada, má absorção e durante a gravidez17 e/ou lactação18.

Apresentação do Sulfato Ferroso

caixa com 50 drágeas19 (5 blister de 10). Frasco de vidro âmbar com 30 ml de solução oral concentrada + conta-gotas e frasco de vidro âmbar com 100 ml de solução oral.


SULFATO FERROSO - Laboratório

NEO QUIMICA
Rua VPR 1, Quadra 2-A, Mód. 4
Anápolis/GO - CEP: 75133600
Tel: (62 )316-1055
Fax: (62 )316-1022

Ver outros medicamentos do laboratório "NEO QUIMICA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Drágea: Comprimido ou pílula contendo preparado farmacêutico.
2 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
3 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
4 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
5 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
6 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
7 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
8 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
9 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
10 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
11 Hemocromatose: Distúrbio metabólico caracterizado pela deposição de ferro nos tecidos em virtude de seu excesso no organismo. Os locais em que o ferro mais se deposite são fígado, pâncreas, coração e hipófise.
12 Hemossiderose: Acúmulo de hemossiderina nos tecidos. A hemossiderina é um pigmento ferroso, amarelo-escuro, encontrado em fagócitos e excretado pela urina, especialmente na hemocromatose e na hemossiderose.
13 Pancreatite: Inflamação do pâncreas. A pancreatite aguda pode ser produzida por cálculos biliares, alcoolismo, drogas, etc. Pode ser uma doença grave e fatal. Os primeiros sintomas consistem em dor abdominal, vômitos e distensão abdominal.
14 Tuberculose: Doença infecciosa crônica produzida pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis). Produz doença pulmonar, podendo disseminar-se para qualquer outro órgão. Os sintomas de tuberculose pulmonar consistem em febre, tosse, expectoração, hemoptise, acompanhada de perda de peso e queda do estado geral. Em países em desenvolvimento (como o Brasil) aconselha-se a vacinação com uma cepa atenuada desta bactéria (vacina BCG).
15 Cirrose: Substituição do tecido normal de um órgão (freqüentemente do fígado) por um tecido cicatricial fibroso. Deve-se a uma agressão persistente, infecciosa, tóxica ou metabólica, que produz perda progressiva das células funcionalmente ativas. Leva progressivamente à perda funcional do órgão.
16 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
17 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
18 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
19 Drágeas: Comprimidos ou pílulas contendo preparado farmacêutico.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre SULFATO FERROSO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.