ANFUGITARIN

BLAUSIEGEL

Atualizado em 03/06/2015

MODELO DE BULA

ANFUGITARIN®
NITRATO DE MICONAZOL

Creme Vaginal de Anfugitarin

Cartucho contendo bisnaga com 80 g de creme, acompanhado de 14 aplicadores ginecológicos descartáveis. Cartucho contendo 1 aplicador ginecológico descartável  de creme com 5 g.

Uso Adulto de Anfugitarin

Composição:

Cada g do creme vaginal contém:
Nitrato de miconazol    20 mg
 Excipientes    q.s.p.    1 g

Componentes não ativos: ácido oleíco, vaselina sólida, propilenoglicol, Span 60, Tween 60, álcool cetoestearílico, metilparabeno, propilparabeno, água destilada.


- INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Nitrato de miconazol é um potente fungicida ativo contra todas as espécies de fungos e leveduras patogênicas para a espécie humana, tal como Candida albicans.

Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).

Prazo de validade: 36 meses. ATENÇÃO: Não utilize o produto após vencido o prazo de validade, sob o risco de não produzir os efeitos desejados.

Gravidez1 e lactação2:
Embora a absorção intravaginal seja limitada, o produto poderá ser utilizado no primeiro trimestre da gravidez1 somente se, a critério médico, os benefícios superarem os possíveis riscos. Até o momento, não se sabe se o nitrato de miconazol é excretado no leite materno. Portanto, deve-se ter cautela com o uso do medicamento no período de lactação2.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez1 na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informar ao médico se está amamentando.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento de seu médico.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como sintoma3 de irritação local, o qual tende a desaparecer com o decorrer do tratamento.

"TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS".

O produto não deve ser utilizado por pacientes hipersensíveis ao nitrato de miconazol ou a qualquer outro componente da fórmula.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.


"NÃO TOME REMÉDIO SEM CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO,
PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE4."


Informação Técnica de Anfugitarin

Nitrato de miconazol é um potente fungicida ativo contra todas as espécies de fungos e leveduras patogênicas para a espécie humana, tal como Candida albicans. O produto promove a imediata cura clínica e laboratorial da vulvovaginite5 micótica, mesmo nas formas mais rebeldes que acometem pacientes diabéticas e gestantes. Seu efeito antipruriginoso é potente e imediato, promovendo o desaparecimento do prurido6 logo após as primeiras aplicações. Seu mecanismo de ação está baseado na inibição da biossíntese de ergosterol do fungo7 e alteração da composição de outros componentes lipídicos da membrana do fungo7, o que resulta na necrose8 destas células9.

Indicações de Anfugitarin

Tratamento de afecções10 vulvovaginais e perianais produzidas por Candida.

Contra-Indicações de Anfugitarin

Pacientes sensíveis ao miconazol ou a qualquer um dos excipientes.

Precauções e Advertências de Anfugitarin


O tratamento deve ser interrompido se ocorrer reação alérgica11 ou de hipersensibilidade local ao produto. A fim de controlar o foco da infecção12 e a reinfecção da paciente, deve-se observar as medidas higiênicas habituais. Se o parceiro sexual também estiver infectado, deve-se indicar terapia apropriada.

Interação Medicamentosas de Anfugitarin

O contato do produto com diafragmas e preservativos à base de látex, usados para contracepção13, deve ser evitado, uma vez que a borracha pode ser danificada.

Reações Adversas de Anfugitarin


O produto apresenta uma tolerabilidade considerada muito boa. Foram observados poucos casos de irritação local, prurido6 e sensação de ardor14, especialmente no início do tratamento.

Posologia de Anfugitarin

Um aplicador cheio (cerca de 5 cm3), inserido o mais profundamente possível na vagina15, uma vez ao dia, ao deitar, durante 14 dias consecutivos.

1- Retire a tampa da bisnaga.
2- Perfure o lacre da bisnaga, introduzindo o pino perfurante da tampa.
3- Adapte o aplicador ao bico da bisnaga.
4- Em posição horizontal, segure com uma das mãos16 a bisnaga, e com a outra puxe o êmbolo17 do aplicador até travar.
5- Aperte a base da bisnaga com os dedos, de maneira a forçar a entrada do creme no aplicador, preenchendo todo o espaço vazio, até a trava, com cuidado para que o creme não extravase o êmbolo17.
6- Retire o aplicador e feche novamente a bisnaga.
7- Introduza delicadamente o aplicador na vagina15, o mais profundamente possível, e empurre o êmbolo17 para dentro, até esvaziar o aplicador.
8- A aplicação faz-se com maior facilidade estando a paciente deitada de costas18, com as pernas dobradas.
9- O aplicador mede automaticamente a dose adequada (5 g), considerando ainda o resíduo que permanece no aplicador.
10- Para limpar o aplicador depois do uso, retire seu êmbolo17. Para retirar o êmbolo17, basta puxá-lo, forçando levemente, até que o mesmo se desencaixe da saliência que o prende dentro da cânula. Lave cuidadosamente as peças,, com água morna e sabão, montando-as novamente depois de enxugá-las.

Superdosagem de Anfugitarin


No caso de ingestão acidental de grandes quantidades do medicamento, caso necessário, deve-se utilizar um método apropriado de esvaziamento gástrico.

Pacientes Idosos de Anfugitarin


O produto poderá ser usado por pacientes com idade acima de 65 anos, desde que observadas as precauções referentes ao produto.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
N.º do Lote, Data de Fabricação e de Validade: vide cartucho.

ANFUGITARIN - Laboratório

BLAUSIEGEL
Rodovia Raposo Tavares km 30,5 No. 2833
Cotia/SP - CEP: 06705-030
Tel: (11) 4612-2922
Site: http://www.blausiegel.net

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
3 Sintoma: Qualquer alteração da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. O sintoma é a queixa relatada pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
5 Vulvovaginite: Inflamações na região da vulva e da vagina.
6 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
7 Fungo: Microorganismo muito simples de distribuição universal que pode colonizar uma superfície corporal e, em certas ocasiões, produzir doenças no ser humano. Como exemplos de fungos temos a Candida albicans, que pode produzir infecções superficiais e profundas, os fungos do grupo dos dermatófitos que causam lesões de pele e unhas, o Aspergillus flavus, que coloniza em alimentos como o amendoim e secreta uma toxina cancerígena, entre outros.
8 Necrose: Conjunto de processos irreversíveis através dos quais se produz a degeneração celular seguida de morte da célula.
9 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
10 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
11 Reação alérgica: Sensibilidade a uma substância específica, chamada de alérgeno, com a qual se entra em contato por meio da pele, pulmões, deglutição ou injeções.
12 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
13 Contracepção: Qualquer processo que evite a fertilização do óvulo ou a implantação do ovo. Os métodos de contracepção podem ser classificados de acordo com o seu objetivo em barreiras mecânicas ou químicas, impeditivas de nidação e contracepção hormonal.
14 Ardor: 1. Calor forte, intenso. 2. Mesmo que ardência. 3. Qualidade daquilo que fulge, que brilha. 4. Amor intenso, desejo concupiscente, paixão.
15 Vagina: Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original
16 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
17 Êmbolo: 1. Cilindro ou disco que se move em vaivém no interior de seringas, bombas, etc. 2. Na engenharia mecânica, é um cilindro metálico deslizante que recebe um movimento de vaivém no interior de um cilindro de motor de combustão interna. 3. Em artes gráficas, é uma haste de ferro com um cilindro, articulada para comprimir e lançar o chumbo ao molde. 4. Em patologia, é um coágulo ou outro tampão trazido pela corrente sanguínea a partir de um vaso distante, que obstrui a circulação ao ser forçado contra um vaso menor. 5. Na anatomia zoológica, nas aranhas, é um prolongamento delgado no ápice do aparelho copulador masculino.
18 Costas:

Tem alguma dúvida sobre ANFUGITARIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.