HEPARIN 5000UI/ML-25fr.5ml

CRISTALIA

Atualizado em 08/12/2014

HEPARIN 5000UI/ML-25fr.5ml:

HEPARIN
Heparina Sódica

Forma Farmacêutica de Heparin

Solução Injetável

Apresentações de Heparin

Heparina Sódica - 5.000 UI/ml:
Caixas contendo 25 frascos-ampola de 5 ml.
Caixas contendo 50 frascos-ampola de 5 ml.
Heparina Sódica - 5.000 UI/0,25 ml:
Caixas contendo 25 ampolas com 0,25 ml.
USO PEDIÁTRICO OU ADULTO

Composição de Heparin

FRASCO-AMPOLA SUBCUTÂNEAHeparina Sódica (DCB 0657.03-4) 5.000 UI 5.000 UI
Veículo estéril q.s.p. 1 ml 0,25 ml
(Veículo subcutânea1: água para injetáveis)
(Veículo frasco-ampola: cloreto de sódio, álcool benzílico, água para injetáveis)

Informações ao Paciente de Heparin

A Heparina é um anticoagulante2 fisiológico3. Quimicamente trata-se de uma mistura de ésteres polissulfúricos de um mucopolissacarídeo4. A Heparina age como antitromboplastina e como antitrombina. Além disso favorece a lise5 de trombos6 já constituídos. Para que tenha efeito, a Heparina deve ser injetada pois é ineficaz por via oral.
Conservar em temperatura ambiente, entre 15 e 300C, protegido da luz.
Seu prazo de validade é de 24 meses a partir da data de fabricação, sendo que após este prazo o produto pode não ter mais efeito terapêutico.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO; PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE7.

Indicações de Heparin

Profilaxia das tromboses8 arteriovenosas e da embolia9 pulmonar.

Contra-Indicações de Heparin

O produto é contra-indicado em casos de hipersensibilidade ao princípio ativo ou ao componente da fórmula.
Também é contra-indicado nas diáteses hemorrágicas10, hipertensão11 manifesta, afecções12 ulcerosas do aparelho digestivo13, endocardite14 infecciosa subaguda15, cirurgias cerebrais ou de medula espinhal16 (aumento do risco de hemorragias17 secundárias) aborto iminente.

Precauções de Heparin

Pede-se cuidado especial em casos de afecções12 renais quando a Heparina é administrada a gestantes que sofrem de hepatopatia e a pacientes submetidos à cirurgia da próstata18, fígado19 ou vias biliares20. Deve ser usada com cuidado em pacientes que apresentam manifestações alérgicas.

Reações Adversas / Colaterais de Heparin

Hemorragia21 é a complicação principal que pode resultar da terapia da Heparina. A ocorrência de um significante sangramento gastrointestinal ou urinário durante a terapia anticoagulante2 pode indicar a presença de uma lesão22 oculta. A injeção intramuscular23 de Heparina sódica frequentemente pode causar irritação, dor e hematose. Têm sido relatadas reações de hipersensibilidade.

Posologia de Heparin

VIA INTRAMUSCULAR 20.000 a 40.000 UI (efeito 30 a 60 minutos após a aplicação, durando de 8 a 10
horas).
VIA INTRAVENOSA 5.000 a 7.500 UI de 4/4 horas, ou 7.500 a 12.500 UI de 6/6 horas, ou 12.500 a
15.000 UI de 8/8 horas com efeito imediato.
INFUSÃO VENOSA 20.000 a 30.000 UI em 1 litro de solução (15 gotas por minuto) durante 24 horas;
efeito 60 minutos após início da aplicação.
VIA SUBCUTÂNEA1 20.000 a 40.000 UI de 12/12 ou de 16/16 horas.
Duas horas antes da cirurgia, aplicar uma ampola via subcutânea1. Repetir a dose a intervalos de 8 a 12 horas por 7 a 10 dias. Injetar no tecido subcutâneo24 da região abdominal subdiafragmática com agulha tão fina quanto possível. Convém levantar uma prega cutânea25 e introduzir a agulha horizontalmente com precaução. Terminada a injeção26 retirar a agulha sempre na posição horizontal.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

N.º do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho
Reg. MS N.º 1.0298.0022 - Heparina 5000 UI/ml
Reg. MS N.º 2322/79 - Heparina 5000 UI/0,25 ml
Farm. Resp.: Dr. Joaquim A. dos Reis - CRF-SP N.º 5061

SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente): 0800-7011918

CRISTÁLIA - Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda.
Rod. Itapira-Lindóia, km 14 - Itapira - SP
CNPJ N.º 44.734.671/0001-51
Indústria Brasileira

REVISADO EM 21/09/01

HEPARIN 5000UI/ML-25fr.5ml - Laboratório

CRISTALIA
Escritório central - Unidade II: Av. Paoletti, 363 - Nova Itapira
Itapira/SP - CEP: 13970-000
Tel: (19) 3863-9500
Fax: (19) 3863-9500
Site: http://www.2cristalia.com.br/fale_conosco.php
Escritório comercial
Av. Corifeu de Azevedo Marques, 1847 - Butantã
São Paulo /SP
CEP: 05581-001
Tel./Fax: (11) 3723-6400

Unidade I
Rod. Itapira-Lindóia, Km 14 - Ponte Preta
Itapira /SP
CEP: 13970-000
Tel./Fax: (19) 3843-9500

Unidade III
Av. Nossa Senhora Assunção, 574 - Butantã
São Paulo /SP
CEP: 05359-001
Tel./Fax: (11) 3732-2250

Ver outros medicamentos do laboratório "CRISTALIA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Subcutânea: Feita ou situada sob a pele; hipodérmica.
2 Anticoagulante: Substância ou medicamento que evita a coagulação, especialmente do sangue.
3 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
4 Mucopolissacarídeo: Polissacarídio de alto peso molecular presente no tecido conjuntivo e no plasma, com funções estruturais e anticoagulantes. Também recebe o nome de glicosaminoglicano.
5 Lise: 1. Em medicina, é o declínio gradual dos sintomas de uma moléstia, especialmente de doenças agudas. Por exemplo, queda gradual de febre. 2. Afrouxamento, deslocamento, destruição de aderências de um órgão. 3. Em biologia, desintegração ou dissolução de elementos orgânicos (tecidos, células, bactérias, microrganismos) por agentes físicos, químicos ou enzimáticos.
6 Trombos: Coágulo aderido à parede interna de uma veia ou artéria. Pode ocasionar a diminuição parcial ou total da luz do mesmo com sintomas de isquemia.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Tromboses: Formações de trombos no interior de um vaso sanguíneo. Podem ser venosas ou arteriais e produzem diferentes sintomas segundo os territórios afetados. A trombose de uma artéria coronariana pode produzir um infarto do miocárdio.
9 Embolia: Impactação de uma substância sólida (trombo, colesterol, vegetação, inóculo bacteriano), líquida ou gasosa (embolia gasosa) em uma região do circuito arterial com a conseqüente obstrução do fluxo e isquemia.
10 Hemorrágicas: Relativo à hemorragia, ou seja, ao escoamento de sangue para fora dos vasos sanguíneos.
11 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
12 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
13 Aparelho digestivo: O aparelho digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
14 Endocardite: Inflamação aguda ou crônica do endocárdio. Ela pode estar preferencialmente localizada nas válvulas cardíacas (endocardite valvular) ou nas paredes cardíacas (endocardite parietal). Pode ter causa infecciosa ou não infecciosa.
15 Subaguda: Levemente aguda ou que apresenta sintomas pouco intensos, mas que só se atenuam muito lentamente (diz-se de afecção ou doença).
16 Medula Espinhal:
17 Hemorragias: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
18 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
19 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
20 Vias biliares: Conjunto de condutos orgânicos que conectam o fígado e a vesícula biliar ao duodeno. Sua função é conduzir a bile produzida no fígado, para ser armazenada na vesícula biliar e posteriormente ser liberada no duodeno.
21 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
22 Lesão: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
23 Injeção intramuscular: Injetar medicamento em forma líquida no músculo através do uso de uma agulha e seringa.
24 Tecido Subcutâneo: Tecido conectivo frouxo (localizado sob a DERME), que liga a PELE fracamente aos tecidos subjacentes. Pode conter uma camada (pad) de ADIPÓCITOS, que varia em número e tamanho, conforme a área do corpo e o estado nutricional, respectivamente.
25 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
26 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.

Tem alguma dúvida sobre HEPARIN 5000UI/ML-25fr.5ml?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.