Preço de Postec em Fairfield/SP: R$ 122,53

Postec

APSEN

Atualizado em 09/12/2014

Postec®


Hialuronidase

Valerato de betametasona


Forma Farmacêutica e Apresentações de Postec

Pomadas contendo 150 UTR de Hialuronidase e 2,5 mg de Valerato de Betametasona

Bisnagas contendo 10 e 20 g


USO TÓPICO1 - ADULTO E PEDIÁTRICO


Composição de Postec


Cada g de pomada contém:

Hialuronidase ...................................... 150 UTR

Valerato de betametasona ................... 2,5 mg (equivalente a 2 mg de betametasona base)

Veículo* q.s.p. ......................................1 g

*Veículo: polietilenoglicol, óleo mineral, vaselina sólida, metilparabeno.


Informações ao Paciente de Postec

Ação esperada do medicamento: POSTEC® contém valerato de betametasona, que possui grande atividade antiinflamatória e hialuronidase,enzima2 difusora, utilizado como tratamento tópico1 da fimose3.



Cuidados de armazenamento: A pomada deve ser mantida em sua embalagem original, na temperatura ambiente (entre 15 e 30°C),ao abrigo da umidade.



Prazo de validade: Não utilize medicamento com a validade vencida. O prazo de validade de POSTEC® está impresso na embalagem e é de 24 meses após a data de fabricação.



Gravidez4 e lactação5: Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez4 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar igualmente se estiver amamentando. Não é aconselhável o emprego de corticosteróides tópicos em grandes quantidades ou a longo prazo, no decorrer da gestação.


Cuidados de administração: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

POSTEC® deve ser aplicado na região do prepúcio6 durante 3 semanas ou conforme orientação médica. Após esse período o paciente deve ser novamente avaliado pelo médico. Caso necessário, o tratamento pode ser repetido por mais um período, seguindo orientação médica.



Interrupção do tratamento: Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.



Reações adversas: Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. O paciente pode apresentar sintomas7 irritativos locais como hiperemia8 e sensação de queimação local, entretanto estes sintomas7 desaparecem com a suspensão do tratamento.



TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.



Utilização concomitante com outras substâncias: Não utilize outros medicamentos juntamente com POSTEC®, a não ser por exclusiva indicação médica.



Contra-indicações e precauções: Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

POSTEC® é contra-indicado a pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

POSTEC® é contra-indicado em crianças abaixo de 1 ano de idade.



Riscos da auto-medicação:

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO; PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE9.


Informações Técnicas de Postec


CARACTERÍSTICAS

O POSTEC® é uma associação de hialuronidase e valerato de betametasona.

A Hialuronidase é uma enzima2 extraída dos testículos10 bovinos, que age por despolimerização do ácido hialurônico, um mucopolissacarídeo11, componente essencial da substância undamental do tecido conjuntivo12.

A Hialuronidase é um fator de difusão enzimático.

A Hialuronidase facilita a difusão de várias substâncias através da pele13 e acelera os processos de reparação cutânea14, devido à ativação das trocas nutritivas locais, provocadas pelo aumento de difusibilidade dos líquidos. A Hialuronidase reduz o edema15.

O valerato de betametasona é um corticosteróide de grande atividade antiinflamatória.

Verificou-se um sinergismo entre as propriedades da enzima2 proteolítica com o corticosteróide, facilitando a liberação do prepúcio6 da glande, agindo na despolimerização do ácido hialurônico do tecido conjuntivo12 existente entre estas duas estruturas, diminuindo assim o tempo de resolução, os efeitos colaterais16 e o custo do tratamento total.


Indicações de Postec

POSTEC® é indicado no tratamento clínico tópico1 da fimose3.

Contra-Indicações de Postec


Pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

POSTEC® é contra-indicado em crianças abaixo de 1 ano de idade.


Precauções e Advertências de Postec

O uso de corticosteróides tópicos em grandes quantidades, por longo prazo e/ou nas áreas extensas do corpo, oferece risco de supressão adrenal, principalmente em crianças.

Nos tratamentos oclusivos, a pele13 deve ser adequadamente limpa antes da aplicação de novo curativo oclusivo, a fim de evitar-se infecção17 bacteriana induzida pela oclusão.



Gravidez4 e lactação5

A administração tópica de corticosteróides a animais prenhes pode causar anormalidade no desenvolvimento fetal. Embora a relevância deste achado não tenha sido estabelecida para a espécie humana, não é aconselhável o emprego de corticosteróides tópicos em grandes quantidades ou a longo prazo, no decorrer da gestação.



Pediatria

Sua segurança e eficácia não foi ainda estabelecida em crianças abaixo de 1 ano de idade, não sendo recomendado o seu uso.


Interações Medicamentosas de Postec


POSTEC® não deve ser aplicado com outros produtos, pois a sua ação pode ser prejudicada.


Reações Adversas de Postec

A formulação de POSTEC® é bem tolerada. O paciente pode apresentar sintomas7 irritativos locais como hiperemia8 e sensação de queimação local, entretanto estes sintomas7 desaparecem com a suspensão do tratamento.


Posologia de Postec

POSTEC® deve ser aplicado na região do prepúcio6 duas vezes ao dia, durante 3 semanas ou conforme orientação médica. Após esse período o paciente deve ser novamente avaliado pelo médico. Caso necessário, o tratamento pode ser repetido por mais um período, seguindo a orientação médica.

POSTEC® deve ser aplicado em pacientes com idade entre 1 a 30 anos.


Instruções de Uso de Postec

1- Aplicar POSTEC® 2 vezes ao dia, durante 3 semanas ou conforme orientação médica.

2- Aplicar na extremidade do pênis18, após tração leve da pele13 (sem causar dor). E a seguir até a metade da haste peniana.

3- Aumentar a tração da pele13 a partir do sétimo dia do uso de POSTEC®.

4- Após o término da massagem, reposicionar a pele13 (prepúcio6) sobre a glande.

5- Retornar ao médico na data recomendada.



- CONDUTA NA SUPERDOSAGEM

No caso de superdosagem crônica ou pelo mau uso pode surgir hipercorticismo e neste caso a utilização da pomada deve ser descontinuada

e devem ser tomadas as medidas de suporte imediatas.


Pacientes Idosos de Postec

As doses e cuidados para pacientes19 idosos, são as mesmas recomendadas para os adultos.



VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

Nº do Lote; Data de Fabricação e Validade: vide Cartucho.

MS - 1.0118.0164

Farmacêutico Responsável:

Dr. Eduardo Sérgio Medeiros Magliano

CRF SP nº 7179


APSEN FARMACÊUTICA S/A

Rua La Paz, nº 37/67 - Santo Amaro

CEP 04755-020 - São Paulo - SP

CNPJ 62.462.015/0001-29

Indústria Brasileira


Postec - Laboratório

APSEN
RUA LA PAZ, 37/67. Santo Amaro.
São Paulo/SP - CEP: 04755020
Tel: 0800 165678
Email: infomed@apsen.com.br
Site: http://www.apsen.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "APSEN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
2 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
3 Fimose: Estreitamento no prepúcio do pênis que impede sua exposição. Geralmente é congênita ou secundária a uma infecção.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Prepúcio: Prega cutânea que recobre a glande do pênis.
7 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
8 Hiperemia: Congestão sanguínea em qualquer órgão ou parte do corpo.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Testículos: Os testículos são as gônadas sexuais masculinas que produzem as células de fecundação ou espermatozóides. Nos mamíferos ocorrem aos pares e são protegidos fora do corpo por uma bolsa chamada escroto. Têm função de glândula produzindo hormônios masculinos.
11 Mucopolissacarídeo: Polissacarídio de alto peso molecular presente no tecido conjuntivo e no plasma, com funções estruturais e anticoagulantes. Também recebe o nome de glicosaminoglicano.
12 Tecido conjuntivo: Tecido que sustenta e conecta outros tecidos. Consiste de CÉLULAS DO TECIDO CONJUNTIVO inseridas em uma grande quantidade de MATRIZ EXTRACELULAR.
13 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
14 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
15 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
16 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
17 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
18 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
19 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.

Tem alguma dúvida sobre Postec?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.