GINKGO BILOBA

Laboratório Farmacêutico Vitamed Ltda.

Atualizado em 08/12/2014

Ginkgo Vitamed
Ginkgo biloba L

Medicamento Fitoterápico Tradicional

Forma Farmacêutica e Apresentação do Ginkgo Biloba

Embalagem com 30 comprimidos de 40mg ou 80 mg.Comprimidos de Extrato de Ginkgo biloba L, padronizado 24% e excipientes.
Embalagem com 20 comprimidos de 120mg.
Comprimidos de Extrato de Ginkgo biloba L. padronizado 24% e excipiente.

Composição do Ginkgo Biloba

Cada comprimido revestido 40mg contém:
Extrato seco padronizado Ginkgo biloba L.(24%)*..............40mg
Excipiente (lactose1, amido de milho,
fosfato bicálcico, aerosil, estearato de
magnésio, eudragit E, dióxido de titânio,
amarelo crepúsculo, talco)....................qsp 1 comprimido.

Cada comprimido revestido 80mg contém:
Extrato seco padronizado Ginkgo biloba L.(24%)*..............80mg
Excipiente (lactose1, amido de milho,
fosfato bicálcico, aerosil, estearato de
magnésio, eudragit E, dióxido de titânio,
amarelo crepúsculo, talco)....................qsp 1 comprimido.

Cada comprimido revestido 120mg contém:
Extrato seco padronizado Ginkgo biloba L. (24%)*........120mg
Excipiente (lactose1, amido de milho, fosfato
bicálcico, aerosil, estearato de magnésio,
eudragit E, dióxido de titânio,
amarelo crepúsculo, talco)....................qsp 1 comprimido.
*teor de Flavonóide glicosídeos

Informações ao Paciente do Ginkgo Biloba

* Prazo de validade: 02 anos a partir da data de fabricação.

Cuidados na Conservação:* Em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz.

Gravidez2 e Lactação3:
* Informe seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após seu término. Informe também se está amamentando. No caso de surgirem reações desagradáveis, tais como: distúrbios gastrointestinais, cefaléia4 e reações cutâneas5, o médico deve ser imediatamente comunicado. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

TODO O MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE6. SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS7, PROCURE O SEU MÉDICO.

Informações Técnicas do Ginkgo Biloba

Ginkgo Vitamed é composto de um extrato padronizado de Ginkgo biloba L.
Este extrato, é purificado e padronizado quanto ao teor de princípios ativos onde possui um conjunto de propriedades farmacológicas, distribuídas em 3 níveis:
1.Mecanismo de regulação circulatória, onde promove um aumento do débito de perfusão, resultando numa melhora da irrigação tissular8. Na circulação9 capilar10 age normalizando sua permeabilidade11 e aumentando sua resistência nos edemas12 cíclicos idiopáticos.
2.Diminuição do risco trombócito microcirculatório através da aglomeração das hemácias13, inibição do crescimento de trombos14 plaquetários e diminuição da agregação plaquetéria.
3.Ativação do metabolismo15 energético: essa ativação é decorrente de um aumento na captação da glicose16 e normalização do consumo de oxigênio das células nervosas17, em indivíduos com insuficiência18 cerebral crônica. Ginkgo Vitamed pode ser utilizado por diabéticos, sem nenhuma contra-indicação, pois não exerce qualquer influência sobre o metabolismo15 glicídico.

Indicações do Ginkgo Biloba

*Ginkgo Vitamed atua sobre a circulação9 em vários níveis, melhorando a irrigação periférica, ativando o metabolismo15 celular e diminuindo o risco de trombose19. Ainda atua como um captador de radicais livres, inibindo a oxidação lipídica das membranas.*Inibe a agregação das plaquetas20 e é de extremo valor em problemas psico-comportamentais de senilidade, tais como pouca concentração, memória fraca e indicado em déficits cerebrais de origem orgânica.
*Tratamento de microvarizes, úlceras21 varicosas, cansaço das pernas, artrite22 dos membros inferiores.
*Processos causados pelo abastecimento deficiente de oxigênio e substâncias nutritivas.
*Casos de dor, palidez e cianose23 das extremidades com sensação de frio.
*Tratamento de toda a isquemia24 seja cerebral ou periférica.
*Casos de vertigem25 e deficiência auditivas.
*Tratamento profilático do envelhecimento celular e tratamento estético pela inibição da destruição do colágeno26.
*Tratamento nos processos vasculares27 degenerativos28.
*Prevenção de edema29 cerebral.
*Labirintite30.

Contra-Indicações do Ginkgo Biloba

Produto contra-indicado a pacientes com antecedentes de hipersensibilidade ao extrato Ginkgo biloba L.

Precauções do Ginkgo Biloba

Ginkgo Vitamed não é uma anti-hipertensivo e sim ajuda no tratamento da hipertensão arterial31. Portanto, não pode substituir a medicação específica. A segurança e a eficácia do extrato de Ginkgo biloba L. em crianças ainda não foram estabelecidas. Nestes casos, a administração de Ginkgo Vitamed deverá ser feia sob avaliação clínica criteriosa. Estudos em animais, não demonstram qualquer efeito deletério (natimortalidade e mutagenicidade) do extrato de Ginkgo biloba L. sobre a gestação. Entretanto, a utilização de Ginkgo Vitamed durante a gestação deve obedecer critérios de risco/beneficio. A excreção do Ginkgo Vitamed pelo leite materno é desconhecida, portanto, sua administração no período de amamentação32 deve merecer controle clínico. Não existem advertências ou recomendações especiais sobre o uso do produto em pacientes idosos.

Reações Adversas do Ginkgo Biloba

O produto é bem tolerado. As reações adversas, que ocorrem em cerca de 5% dos casos, afetam principalmente o aparelho digestivo33, traduzindo-se por mal estar abdominal e náuseas34. Mais raramente, podem ocorrer cefaléia4, tonturas35 e vertigem25. Essas reações costumam ser pouco intensas, não obrigando à interrupção do tratamento.

Interações Medicamentosas do Ginkgo Biloba

Não há casos de interações com outros medicamentos, podendo haver administração concomitante de agentes antianginosos, uricosúricos, hipoglicemiantes orais36, anticoagulantes37, sem risco de modificar os efeitos desses agentes.

Posologia do Ginkgo Biloba

Comprimidos de 40mg: 1 comprimido, 3 vezes ao dia ou 2 comprimidos 2 vezes ao dia.
Comprimidos de 80mg: 1 comprimido, 2 vezes ao dia.
Comprimidos de 120mg: 1 comprimido, 1 vez ao dia.

Superdosagem do Ginkgo Biloba

Na eventualidade de ingestão de doses muito acima das preconizadas, recomenda-se adotar medidas habituais de controle das funções vitais. Caso ocorram efeitos indesejados, descontinuar o uso e informar o médico.

ESTE PRODUTO CONTÉM O CORANTE AMARELO DE TARTRAZINA QUE PODE CAUSAR REAÇÕES DE NATUREZA ALÉRGICA, ENTRE AS QUAIS ASMA38 BRÔNQUICA, ESPECIALEMNTE EM PESSOAS ELÉRGICAS AO ÁCIDO ACETIL SALICÍLICO.

GINKGO BILOBA - Laboratório

Laboratório Farmacêutico Vitamed Ltda.
R. Flávio Francisco Bellini, 459
Caxias do Sul/RS - CEP: 95098-170
Tel: (54) 4009-3210
Email: sac@vitamed.com.br
Site: http://www.vitamed.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "Laboratório Farmacêutico Vitamed Ltda."

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
4 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
5 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
6 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
7 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
8 Tissular: Relativo a tecido orgânico.
9 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
10 Capilar: 1. Na medicina, diz-se de ou tubo endotelial muito fino que liga a circulação arterial à venosa. Qualquer vaso. 2. Na física, diz-se de ou tubo, em geral de vidro, cujo diâmetro interno é diminuto. 3. Relativo a cabelo, fino como fio de cabelo.
11 Permeabilidade: Qualidade dos corpos que deixam passar através de seus poros outros corpos (fluidos, líquidos, gases, etc.).
12 Edemas: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
13 Hemácias: Também chamadas de glóbulos vermelhos, eritrócitos ou células vermelhas. São produzidas no interior dos ossos a partir de células da medula óssea vermelha e estão presentes no sangue em número de cerca de 4,5 a 6,5 milhões por milímetro cúbico, em condições normais.
14 Trombos: Coágulo aderido à parede interna de uma veia ou artéria. Pode ocasionar a diminuição parcial ou total da luz do mesmo com sintomas de isquemia.
15 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
16 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
17 Células Nervosas: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO.
18 Insuficiência: Incapacidade de um órgão ou sistema para realizar adequadamente suas funções.Manifesta-se de diferentes formas segundo o órgão comprometido. Exemplos: insuficiência renal, hepática, cardíaca, respiratória.
19 Trombose: Formação de trombos no interior de um vaso sanguíneo. Pode ser venosa ou arterial e produz diferentes sintomas segundo os territórios afetados. A trombose de uma artéria coronariana pode produzir um infarto do miocárdio.
20 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
21 Úlceras: Feridas superficiais em tecido cutâneo ou mucoso que podem ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
22 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
23 Cianose: Coloração azulada da pele e mucosas. Pode significar uma falta de oxigenação nos tecidos.
24 Isquemia: Insuficiência absoluta ou relativa de aporte sanguíneo a um ou vários tecidos. Suas manifestações dependem do tecido comprometido, sendo a mais frequente a isquemia cardíaca, capaz de produzir infartos, isquemia cerebral, produtora de acidentes vasculares cerebrais, etc.
25 Vertigem: Alucinação de movimento. Pode ser devido à doença do sistema de equilíbrio, reação a drogas, etc.
26 Colágeno: Principal proteína fibrilar, de função estrutural, presente no tecido conjuntivo de animais.
27 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
28 Degenerativos: Relativos a ou que provocam degeneração.
29 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
30 Labirintite: Doença que pode acometer tanto o equilíbrio, quanto a parte auditiva. Os órgãos responsáveis pelo equilíbrio e pela audição estão situados no ouvido interno e se comunicam com o sistema nervoso central através dos nervos da audição e do nervo vestibular. Doenças infecciosas, inflamatórias, tumorais e alterações genéticas podem ocasionar alterações nessas estruturas anatômicas. Além da vertigem, a labirintite pode apresentar manifestações neurovegetativas - náuseas, vômitos, sudorese e alterações gastrintestinais como também estar associada a manifestações auditivas - perda de audição, sensação de ouvido cheio ou tapado e zumbido.
31 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
32 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
33 Aparelho digestivo: O aparelho digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
34 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
35 Tonturas: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
36 Hipoglicemiantes orais: Medicamentos usados por via oral em pessoas com diabetes tipo 2 para manter os níves de glicose próximos ao normal. As classes de hipoglicemiantes são: inibidores da alfaglicosidase, biguanidas, derivados da fenilalanina, meglitinides, sulfoniluréias e thiazolidinediones.
37 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
38 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.

Tem alguma dúvida sobre GINKGO BILOBA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.