VITERGAN MASTER

MARJAN

Atualizado em 09/12/2014

Vitergan Master

Identificação do Produto de Vitergan Master

Panax ginseng C. A. Mey. + Associações

Forma Farmacêutica e Apresentação de Vitergan Master

Cápsulas - caixa com 30 cápsulas.USO ADULTO

Composição de Vitergan Master

Cada cápsula de Vitergan Master contém:

Extrato estandardizado de Panax ginseng C. A. Mey. .......... 40 mg

Palmitato de retinol (vitamina1 A) ..........4.000 U.I.        (300%)

Mononitrato de tiamina (vitamina1 B1) .....2 mg            (286%)

Riboflavina (vitamina1 B2 ) ....................2 mg            (250%)

Cloridrato de piridoxina (vitamina1 B6) ...........1 mg       (100%)

Cianocobalamina (vitamina1 B12) .................1 mcg       (200%)

Ácido ascórbico (vitamina1 C) ....................60 mg       (200%)

Ergocalciferol (vitamina1 D) ....................400 U.I.       (400%)

Acetato de tocoferol (vitamina1 E) ..............10 mg          (200%)

Nicotinamida ....................15 mg            (167%)

Pantotenato de cálcio ....................10 mg           (333%)

Ácido fólico.................... 0,4 mg             (400%)

Rutosídeos ....................20 mg

Ferro ....................10 mg                (143%)

Cálcio ....................103,5 mg              (26%)

Fósforo ....................80 mg                   (20%)

Cobre ....................1 mg                      (67%)

Potássio ....................4 mg

Manganês  ....................1 mg        (40%)

Magnésio ....................5 mg        (3%)

Zinco ....................1 mg         (13%)

Lecitina de soja ....................92 mg

Excipiente....... q.s.p.................... 1 cápsula

Excipientes: óleo de soja, etilparabeno, propilparabeno, glicerina, gelatina, gordura2 de soja, corantes azul, amarelo e vermelho, dióxido de titânio e polissorbato.

( * ) Teor percentual do componente na posologia máxima relativo à Ingestão Mínima Diária Recomendada.

Informação ao Paciente de Vitergan Master

Ação esperada do medicamento

Vitergan Master tem na sua formulação extrato de ginseng, vitaminas, minerais e oligoelementos que proporcionam um efeito tônico-estimulante.

Cuidados de armazenamento

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), ao abrigo da luz e da umidade.

Prazo de validade

36 meses após data de fabricação.

Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.

Gravidez3 e lactação4

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez3 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao seu médico se está amamentando.

Cuidados na administração

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Interrupção do tratamento

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Reações adversas

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Ocasionalmente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais. Em casos de uso prolongado de doses excessivas de diversas preparações de Ginseng foi relatada a ocorrência de nervosismo, insônia, erupções cutâneas5 e hipertensão arterial6.

Este produto contém o corante amarelo de TARTRAZINA (FD&C nº 5) que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma7 brônquica e urticária8 em pessoas suscetíveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Ingestão concomitante com outras substâncias

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Contra-indicações e precauções

Vitergan Master é contra-indicado para pacientes9 que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula; na presença de distúrbios do metabolismo10 do cálcio, hipercalcemia e hipercalciúria11 respectivamente; em caso de hipervitaminose A e D; na presença de insuficiência renal12; durante tratamentos com retinóides, como, por exemplo, contra a acne13.

Não são conhecidas restrições para pacientes9 com idade superior a 65 anos.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE14.

 

Informações Técnicas de Vitergan Master

Vitergan Master é composto de extrato de Ginseng, vitaminas, minerais e oligoelementos.

O extrato de Ginseng é estandardizado e obtido a partir das raizes de Panax ginseng. As dosagens presentes na formulação do produto são adaptadas às necessidades fisiológicas15 diárias do organismo humano. Um fornecimento baixo de vitaminas, minerais e oligoelementos pode causar cansaço, diminuir a vitalidade e a resistência, retardar a convalescença e aumentar a debilidade. Em situações de aumento da demanda, as vitaminas, os minerais e os oligoelementos inibem e corrigem os distúrbios do metabolismo10 celular.

Vitergan Master melhora as condições físicas e/ou mentais.

Indicações de Vitergan Master

Vitergan Master é indicado nos estados de esgotamento, fadiga16, sensação de fraqueza e diminuição da concentração. Também nos casos de nutrição17 mal balanceada ou deficiente, na convalescença prolongada, na melhora da resistência em geral; na prevenção e no tratamento dos sinais18 e sintomas19 da deficiência de vitaminas e minerais, causados pelo avanço da idade.

Contra-Indicações de Vitergan Master

Vitergan Master é contra-indicado para pacientes9 que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula; na presença de distúrbios do metabolismo10 do cálcio, hipercalcemia e hipercalciúria11 respectivamente; em caso de hipervitaminose A e D; na presença de insuficiência renal12; durante tratamentos com retinóides, como, por exemplo, contra a acne13.

Precauções de Vitergan Master

Nos pacientes hipersensíveis, as saponinas do Ginseng podem agir como estimulante, provocando insônia. Neste caso, tomar o medicamento logo ao levantar e não no período da tarde. Vitergan Master não deverá ser administrado por períodos prolongados em doses superiores às recomendadas (ver: Posologia).

Gravidez3 e Lactação4: como ocorre com qualquer medicamento, o uso do produto durante a gravidez3 e o período de lactação4 somente deverá ocorrer sob orientação e controle médico.

Interação Medicamentosa de Vitergan Master

Até o momento não são conhecidas interações com medicamentos ou alimentos.

Reações Adversas de Vitergan Master

Ocasionalmente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais. Em casos de uso prolongado de doses excessivas de diversas preparações de Ginseng foi relatada a ocorrência de nervosismo, insônia, erupções cutâneas5 e hipertensão arterial6.

Este produto contém o corante amarelo de TARTRAZINA (FD&C nº 5) que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma7 brônquica e urticária8, em pessoas suscetíveis.

Posologia de Vitergan Master

Recomendam-se, nas duas ou três semanas iniciais, duas cápsulas ao dia, uma no café da manhã e outra no almoço, passando-se, a seguir, para uma cápsula ao dia, no café da manhã. A duração do tratamento fica a critério do médico.

Superdosagem de Vitergan Master

Até o momento não são conhecidos casos de intoxicação por superdosagem de Vitergan Master.

Em caso de superdosagem, recomenda-se uma terapêutica20 sintomática21 de apoio.

Recomendações para pacientes9 acima de 65 anos

Não são conhecidas restrições ou precauções especiais para o uso do produto em pacientes com idade superior a 65 anos.

Informações de Rodapé de Vitergan Master

M.S. 1.0155.0038 •  Farm. Resp: Regina H. V. Souza / CRF-SP nº 6394

Marjan Ind. e Com. Ltda •  Rua Gibraltar,165 •  Sto. Amaro -São Paulo/SP •  CEP:04755-070

TEL:(11)5642-9888 •  CNPJ nº 60.726.692/0001-81

VITERGAN MASTER - Laboratório

MARJAN
Rua Gibraltar, 165
São Paulo/SP - CEP: 04755-070
Tel: (11) 5642-9888

Ver outros medicamentos do laboratório "MARJAN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
5 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
6 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
7 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
8 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
9 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
10 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
11 Hipercalciúria: Eliminação de quantidade anormalmente grande de cálcio na urina.
12 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
13 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
14 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
15 Fisiológicas: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
16 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
17 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
18 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
19 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
20 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
21 Sintomática: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.

Tem alguma dúvida sobre VITERGAN MASTER?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.