Zimicina

HEXAL

Atualizado em 09/12/2014

Zimicina ®

Azitromicina diidratada

Reg. M.S. nº 1.0047.0373

Apresentações da Zimicina

2 comprimidos revestidos 500 mg
2 comprimidos revestidos 500 mg
600 mg  5 ml
900 mg  22,5 ml

Indicações da Zimicina


ZIMICINA é indicada em infecções1 causadas por organismos suscetíveis, em infecções1 do trato respiratório inferior, incluindo bronquite e pneumonia2, infecções1 da pele3 e tecidos moles, em otite média4 e infecções1 do trato respiratório superior, incluindo sinusite5 e faringite6/tonsilite. Nas doenças sexualmente transmissíveis no homem e na mulher. No tratamento de infecções1 genitais não complicadas
devido a Chlamydia trachomatis e Neisseria gonorrhoeae. É também indicada no tratamento do cancro devido a Haemophilus ducreyi. Infecções1 concomitantes com Treponemae pallidum devem ser excluídas.

Contra-Indicações da Zimicina

O uso deste agente é contra-indicado em indivíduos com história de reações alérgicas ou hipersensibilidade a azitromicina, eritromicina ou a qualquer um dos antibióticos macrolídeos ou ainda a qualquer componente da fórmula.

Cuidados e Advertências da Zimicina


Têm sido raramente relatadas reações alérgicas sérias, incluindo angioedema7
e anafilaxia8 (raramente fatal). Não há dados registrados do uso de azitromicina em pacientes com um clearance de creatinina9 < 40 mL/min; portanto deve-se ter cautela. ZIMICINA deve ser utilizada com cautela em pacientes com disfunção hepática10 significante. A azitromicina e derivados do ergô não devem ser coadministrados.
Não há evidências de que ZIMICINA possa afetar a habilidade do paciente de dirigir ou operar máquinas. A segurança na gravidez11 e lactação12 não foi ainda estabelecida, portanto deve ser utilizada nestes pacientes somente quando alternativas adequadas não estiverem disponíveis.

Interações da Zimicina


Antiácidos13: Não devem ser administrados simultaneamente.
Carbamazepina, Metilprednisolona, Teofilina, Terfenadina: A azitromicina não produziu nenhum efeito significativo na farmacocinética.
Cimetidina: Não foram observadas quaisquer. Ciclosporina: deve-se ter cuidado. Digoxina: A possibilidade de um aumento nos níveis de digoxina deve ser considerada.
Ergo: A possibilidade teórica de ergotismo contra-indica o uso.
Anticoagulantes14 Orais do Tipo Cumarínicos: Foram recebidos relatos de anticoagulação potenciada.
Zidovudina: Aumenta as concentrações do metabólito15 clinicamente ativo.
Didanosina: Não afetada a farmacocinética. Rifabutina: Não ter afetado as concentrações séricas.
Varfarina: Monitoração rotineira do tempo de protombina deverá ser realizada.
A ZIMICINA é bem tolerada, apresentando baixa incidência16 de reações adversas, como: Gastrintestinais, Sentidos Especiais (Disfunções auditivas, distúrbios de paladar17), Genitourinário, Hematopoiético, Hepático/Biliar, Músculo/esquelético, Psiquiátrico, Reprodutivo, Sistema Nervoso Central18 e Periférico, Sistema Retículo-Endotelial e Série Branca, Pele3/Anexos19 (reações alérgicas), Cardiovasculares e Gerais (astenia20 e parestesia21, monilíase e anafilaxia8).

- Posologia

A ZIMICINA deve ser administrada em dose única diária. ZIMICINA comprimidos revestidos ou suspensão oral podem ser administrados a qualquer hora do dia.

Adultos: Tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, causadas por Chlamydia trachomatis, Haemophillus ducreyi ou Neisseria gonorrhoeae suscetível, ZIMICINA deve ser administrada em dose oral única de 1000 mg. Para todas as outras administrações uma dose total de 1500 mg deve ser administrada em dose única diária de 500 mg durante 3 dias.

Crianças: A dose total em crianças é de 30 mg/kg que deve ser administrada em doses únicas diárias de 10 mg/kg durante 3 dias. Para crianças pesando entre 5 e 15 kg, e superior a 15 kg, ZIMICINA suspensão deve ser medida cuidadosamente com a seringa22 de dosagem fornecida na embalagem, conforme tabela contida na bula do medicamento.
ZIMICINA comprimido revestido deve ser administrado somente em crianças pesando mais que 45Kg.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
ESTE TEXTO É UM RESUMO, PARA INFORMAÇÕES DETALHADAS CONSULTE A BULA DO

PRODUTO.

Zimicina - Laboratório

HEXAL
Av. Itaboraí, 1425
São Paulo/SP - CEP: 04135-001
Tel: 5585-9090
Fax: 5594-3665

Ver outros medicamentos do laboratório "HEXAL"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Pneumonia: Inflamação do parênquima pulmonar. Sua causa mais freqüente é a infecção bacteriana, apesar de que pode ser produzida por outros microorganismos. Manifesta-se por febre, tosse, expectoração e dor torácica. Em pacientes idosos ou imunodeprimidos pode ser uma doença fatal.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Otite média: Infecção na orelha média.
5 Sinusite: Infecção aguda ou crônica dos seios paranasais. Podem complicar o curso normal de um resfriado comum, acompanhando-se de febre e dor retro-ocular.
6 Faringite: Inflamação da mucosa faríngea em geral de causa bacteriana ou viral. Caracteriza-se por dor, dificuldade para engolir e vermelhidão da mucosa, acompanhada de exsudatos ou não.
7 Angioedema: Caracteriza-se por áreas circunscritas de edema indolor e não-pruriginoso decorrente de aumento da permeabilidade vascular. Os locais mais acometidos são a cabeça e o pescoço, incluindo os lábios, assoalho da boca, língua e laringe, mas o edema pode acometer qualquer parte do corpo. Nos casos mais avançados, o angioedema pode causar obstrução das vias aéreas. A complicação mais grave é o inchaço na garganta (edema de glote).
8 Anafilaxia: É um tipo de reação alérgica sistêmica aguda. Esta reação ocorre quando a pessoa foi sensibilizada (ou seja, quando o sistema imune foi condicionado a reconhecer uma substância como uma ameaça ao organismo). Na segunda exposição ou nas exposições subseqüentes, ocorre uma reação alérgica. Essa reação é repentina, grave e abrange o corpo todo. O sistema imune libera anticorpos. Os tecidos liberam histamina e outras substâncias. Esse mecanismo causa contrações musculares, constrição das vias respiratórias, dificuldade respiratória, dor abdominal, cãimbras, vômitos e diarréia. A histamina leva à dilatação dos vasos sangüíneos (que abaixa a pressão sangüínea) e o vazamento de líquidos da corrente sangüínea para os tecidos (que reduzem o volume de sangue) o que provoca o choque. Ocorrem com freqüência a urticária e o angioedema - este angioedema pode resultar na obstrução das vias respiratórias. Uma anafilaxia prolongada pode causar arritmia cardíaca.
9 Creatinina: Produto residual das proteínas da dieta e dos músculos do corpo. É excretada do organismo pelos rins. Uma vez que as doenças renais progridem, o nível de creatinina aumenta no sangue.
10 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
13 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
14 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
15 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
16 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
17 Paladar: Paladar ou sabor. Em fisiologia, é a função sensorial que permite a percepção dos sabores pela língua e sua transmissão, através do nervo gustativo ao cérebro, onde são recebidos e analisados.
18 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
19 Anexos: 1. Que se anexa ou anexou, apenso. 2. Contíguo, adjacente, correlacionado. 3. Coisa ou parte que está ligada a outra considerada como principal. 4. Em anatomia geral, parte acessória de um órgão ou de uma estrutura principal. 5. Em informática, arquivo anexado a uma mensagem eletrônica.
20 Astenia: Sensação de fraqueza, sem perda real da capacidade muscular.
21 Parestesia: Sensação cutânea subjetiva (ex.: frio, calor, formigamento, pressão, etc.) vivenciada espontaneamente na ausência de estimulação.
22 Seringa: Dispositivo usado para injetar medicações ou outros líquidos nos tecidos do corpo. A seringa de insulina é formada por um tubo plástico com um êmbolo e uma agulha pequena na ponta.

Tem alguma dúvida sobre Zimicina?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.