CINTILAN

MEDLEY

Atualizado em 08/12/2014

Cintilanâ
Piracetam

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Cintilan

Cápsulas: Cartucho contendo 60 cápsulas.Solução injetável: Cartucho contendo 12 ampolas.
Solução oral: Frasco com 120 ml.

USO PEDIÁTRICO OU ADULTO

Composições de Cintilan

CINTILAN Cápsulas: Cada cápsula contém:
Piracetam    ....................400 mg
Excipiente q.s.p.    ....................1 cápsula
(talco)
CINTILAN Injetável: Cada ampola contém:
Piracetam    ....................1000 mg
Veículo q.s.p.    ....................5 ml
(acetato de sódio e água para injeção1)
CINTILAN Pediátrico: Cada ml contém:
Piracetam    ....................60 mg
Veículo q.s.p.    ....................1 ml
(glicerol, sacarina2 sódica, ciclamato de sódio, acetato de sódio, metilparabeno, propilparabeno, sorbitol3, bonificador FF, álcool etílico, corante, aroma e água deionizada)

Informações ao Paciente de Cintilan

 ·    Ação esperada do medicamento: CINTILAN contém piracetam, substância que age a nível dos neurônios4 corticais exercendo influência favorável sobre a capacidade intelectual e relacionamento.·    Cuidados de armazenamento: CINTILAN cápsulas deve ser conservado ao abrigo da luz, calor e umidade. CINTILAN Injetável e CINTILAN Pediátrico devem ser conservados ao abrigo da luz e calor.
·    Prazo de validade: Não utilize o medicamento se o prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
·    Gravidez5 e lactação6: Deve-se evitar a utilização de CINTILAN durante o primeiro trimestre da gravidez5. Nos meses seguintes, os benefícios e riscos decorrentes de seu uso devem ser cuidadosamente avaliados. Informe seu médico a ocorrência de gravidez5 na vigência do tratamento ou após o seu término e se estiver amamentando.
·    Cuidados de armazenamento: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
·    Interrupção do tratamento: Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
·    Reações adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
 ·    Contra-indicações e Precauções: Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE7.

Informações Técnicas de Cintilan

CINTILAN tem como princípio ativo o piracetam, precursor de uma nova classe de fármacos originais e sem sucedâneos: os neurocorticotrópicos. Age a nível dos neurônios4 corticais, aumentando a produção, o armazenamento e a mobilização de ATP8 (trifosfato de adenosina), substância indispensável ao metabolismo9 das células nervosas10.
Além de facilitar a comunicação entre os hemisférios cerebrais, da qual dependem os processos de aprendizagem e memorização, o piracetam exerce uma influência favorável sobre a capacidade intelectual e relacionamento.

Indicações de Cintilan

Perturbações da memória, atenção, concentração, julgamento e raciocínio; desvios de comportamento e dificuldade de adaptação; síndromes involutivas senis; alcoolismo e toxicomanias; seqüelas de afecções11 neurológicas de origem traumática, infecciosa e acidentes vasculares12 cerebrais.

Contra-Indicações de Cintilan

CINTILAN é contra-indicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade ao piracetam e naqueles com insuficiência renal13 grave. Como regra geral, deve-se evitar a utilização de medicamentos durante o primeiro trimestre da gravidez5. Durante o período restante os benefícios e riscos decorrentes de seu emprego devem ser cuidadosamente avaliados.

Efeitos Colaterais14 de Cintilan

Na posologia recomendada, o produto é bem tolerado e geralmente não dá origem a efeitos secundários; podem ocorrer, raramente, quadros de agitação, nervosismo, distúrbios do sono, distúrbios gastrointestinais, tais como náuseas15, vômitos16, diarréia17 e gastralgias18.

Posologia de Cintilan

Cápsulas - No início do tratamento, recomenda-se a administração de duas cápsulas 3 vezes ao dia. Após a obtenção do efeito desejado, reduzir a dose progressivamente para 1 cápsula três vezes ao dia.
Injetável - Administrar 1 ampola 3 vezes ao dia, por via intramuscular ou endovenosa.
Solução oral - No início do tratamento recomendam-se 60 mg (1 ml de solução) por kg de peso ao dia, divididos em 2 ou 3 administrações. Após a obtenção dos efeitos desejados, reduzir as doses para 30 mg por kg de peso/dia, dividido em 2 ou 3 administrações.
O copo-medida que acompanha o frasco tem quatro graduações: 2,5 - 5,0 - 7,5 e 10 ml para faciliar o fracionamento das doses.
Observações: Tanto por via oral ou parenteral, a posologia pode ser modificada, a critério médico, de acordo com a natureza e a gravidade de cada caso em particular.

CINTILAN - Laboratório

MEDLEY
Rua Macedo Costa, 55
Campinas/SP - CEP: 13080-180
Tel: (19 )744-8324
Fax: (019) 744-8227
Site: http://www.medley.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "MEDLEY"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
4 Neurônios: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO. Sinônimos: Células Nervosas
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
6 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 ATP: Adenosina Trifosfato (ATP) é nucleotídeo responsável pelo armazenamento de energia. Ela é composta pela adenina (base azotada), uma ribose (açúcar com cinco carbonos) e três grupos de fosfato conectados em cadeia. A energia é armazenada nas ligações entre os fosfatos. O ATP armazena energia proveniente da respiração celular e da fotossíntese, para consumo imediato, não podendo ser estocada. A energia pode ser utilizada em diversos processos biológicos, tais como o transporte ativo de moléculas, síntese e secreção de substâncias, locomoção e divisão celular, dentre outros.
9 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
10 Células Nervosas: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO.
11 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
12 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
13 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
14 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
15 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
16 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
17 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
18 Gastralgias: Dor no estômago; cólica gástrica, gastrodinia.

Tem alguma dúvida sobre CINTILAN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.