PROSTIDE

LIBBS

Atualizado em 09/12/2014

PROSTIDE
Hiperplasia1 Prostática Benigna

Nome Genérico de Prostide

Finasterida

Composição de Prostide

Comprimidos revestidos de 5 mg de finasterida.

- INFORMAÇÕES TÉCNICAS:
Inibidor competitivo da enzima2 5-alfa-redutase, que impede a conversão da testosterona para diidrotestosterona (DHT), não afetando a ligação da testosterona ou DHT ao receptor androgênico3 e não tendo efeitos feminilizantes, sobre a massa muscular e a fertilidade. A proporção testosterona/DHT é aumentada no soro4 dos pacientes tratados com PROSTIDE e retorna ao normal cerca de após 14 dias da descontinuação da droga, sem alterações no nível dos hormônios luteinizante (LH) e folículo5-estimulante (FSH), cortisol ou estradiol. Há redução dos níveis de DHT plasmática e do antígeno6 prostático específico (PSA).

- INDICAÇÕES:
Tratamento e controle da hiperplasia1 prostática benigna com  a regressão da próstata7 hipertrofiada.

Contra-Indicações de Prostide

Uropatia obstrutiva; câncer8 prostático (antes de se iniciar a terapia com Finasterida deve-se eliminar a possibilidade de câncer8 na próstata7), que deve ser monitorizado durante o tratamento. Contra-indicado em mulheres.

- PRECAUÇÕES: Companheiras de pacientes em tratamento com Finasterida que estão ou possam vir a ficar grávidas devem evitar a manipulação dos comprimidos quebrados,  pelo risco da indução de anormalidades do órgãos sexuais dos fetos masculinos.
Os pacientes que apresentam grande volume residual9 de urina10 e/ou com severa restrição do fluxo urinário deverão ser cuidadosamente monitorados.

Interações Medicamentosas de Prostide

Não se identificou nenhuma interação medicamentosa clinicamente importante.

- REAÇÕES ADVERSAS:
Bem tolerado. Efeitos colaterais11 mais freqüentes são: disfunção erétil (2,1%), diminuição da libido12 (1%) e diminuição do volume ejaculado (2,8%).

Posologia e Administração de Prostide

Só uso adulto. Dose: 1 comprimido/ dia. Ainda que se observe alguma melhora nos sintomas13 no início do tratamento (3 meses), podem ser necessários, no mínimo, 6 meses para assegurar que os melhores resultados foram obtidos. O tratamento deve ser  prolongado.

Superdose de Prostide

Não há recomendação de terapia específica. Cuidados gerais de suporte.

Apresentacões de Prostide

Blisters com 20 comprimidos.

Venda Sob Prescrição Médica.

PROSTIDE - Laboratório

LIBBS
Rua Raul Pompéia, 1103
São Paulo/SP - CEP: 05025-011
Tel: (11 3)676-0655
Fax: (11 )864-6150
Email: libbs@libbs.com.br
Site: http://www.libbs.com.br/
08000-135044

Ver outros medicamentos do laboratório "LIBBS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hiperplasia: Aumento do número de células de um tecido. Pode ser conseqüência de um estímulo hormonal fisiológico ou não, anomalias genéticas no tecido de origem, etc.
2 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
3 Androgênico: Relativo à androgenia e a androgênios. Androgênios são hormônios esteroides, controladores do crescimento dos órgãos sexuais masculinos. O hormônio natural masculino é a testosterona.
4 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
5 Folículo: 1. Bolsa, cavidade em forma de saco. 2. Fruto simples, seco e unicarpelar, cuja deiscência se dá pela sutura que pode conter uma ou mais sementes (Ex.: fruto da magnólia).
6 Antígeno: 1. Partícula ou molécula capaz de deflagrar a produção de anticorpo específico. 2. Substância que, introduzida no organismo, provoca a formação de anticorpo.
7 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
8 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
9 Volume residual: Volume de ar que permanece no pulmão após uma expiração máxima.
10 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
11 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
12 Libido: Desejo. Procura instintiva do prazer sexual.
13 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.

Tem alguma dúvida sobre PROSTIDE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.