APLICAV

LIBBS

Atualizado em 03/06/2015

PRODUTO: APLICAV
TRATAMENTO E DIAGNÓSTICO1 DA DISFUNÇÃO ERÉTIL.

Uso Adulto; auto-administração

Nome Genérico de Aplicav

Alprostadil

Composição de Aplicav


Alprostadil em pó liofilo contendo 5, 10 e 20 mcg em frasco-ampola de 1 ml após reconstituição.

Informações Técnicas de Aplicav

Alprostadil é uma prostaglandina2 vasoativa que, por injeção3 intracavernosa, produz ereção4 por relaxamento dos músculos5 lisos dos corpos cavernosos.

Indicações de Aplicav


Tratamento e diagnóstico1 diferencial da disfunção erétil de origem neurogênica, vasculogênica, psícogênica ou mista.

Posologia de Aplicav

E MODO DE USAR
Doses individualizadas deverão ser determinadas pelo médico por titulação cuidadosa, em consultório. A dose inicial varia entre 1,25  2,50 mcg, com dose média de 20 mcg e dose máxima de 60 mcg. O modo de usar (freqüência e técnica das auto-aplicações) também deverá ser orientado pelo médico.

Contra-Indicações de Aplicav


Hipersensibilidade ao alprostadil, nos distúrbios que possam induzir ao priapismo6 (anemia falciforme7, mieloma8 múltiplo e leucemia9), próteses penianas, nas deformações e fibrose10 penianas.
Obesidade11 mórbida e uso de anticoagulantes12, poderão ser um impedimento do uso do APLICAV.

Reações Adversas de Aplicav

Incidência13 de dor peniana (17 à 37%) dos pacientes variando de leve (70%) à intensa (3%). A dor peniana não interfere em geral, na relação sexual. Hematomas14 no local da injeção3 (3%). Priapismo6 (ereção4 prolongada entre 4-6 horas) pode ocorrer em 0,4% dos pacientes. Na maioria dos casos ocorre detumescência15 espontânea.

O    tratamento do priapismo6 deve ser instituído imediatamente sendo o clássico.

Outras reações adversas com ocorrência menor que 2%: fibrose10 peniana após múltiplas injeções por tempo prolongado; edema16 peniano, equimoses17.

Precauções de Aplicav


O uso só poderá ser iniciado com a monitoração de um especialista.

Interações de Aplicav

Os anticoagulantes12 como a Varfarina e a Heparina podem causar sangramento no local da injeção3.

Superdose de Aplicav


Como a dose e freqüência de uso são rigorosamente determinadas pelo médico, o risco de superdosagem é baixo. O maior risco é o priapismo6 que deve ser tratado pelo médico.

Os pacientes devem ser orientados para relatar ao médico qualquer ereção4 que persista por um período prolongado de 6 horas ou mais.

Apresentação de Aplicav

Embalagem de estojo plástico contendo uma seringa18 de vidro descartável, compressas de álcool, solução diluente, frasco-ampola com pó liofilo injetável e lacre para descarte.
 

Conservação do Produto de Aplicav

O produto é válido por dois anos, quando conservado a temperatura de 2 a 8ºC, isto para o produto fechado. O produto pode ser estocado à temperatura de 25ºC ou menos por 3 meses. Após a reconstituição a solução de APLICAV (alprostadil) deve ser usada imediatamente.
 
ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É UM NOVO MEDICAMENTO E EMBORA AS PESQUISAS TENHAM INDICADO EFICÁCIA E SEGURANÇA QUANDO CORRETAMENTE INDICADO E UTILIZADO, PODEM OCORRER REAÇÕES ADVERSAS IMPREVISÍVEIS AINDA NÃO DESCRITAS OU CONHECIDAS. EM CASO DE REAÇÃO ADVERSA, AVISAR O MÉDICO RESPONSÁVEL.

APLICAV - Laboratório

LIBBS
Rua Raul Pompéia, 1103
São Paulo/SP - CEP: 05025-011
Tel: (11 3)676-0655
Fax: (11 )864-6150
Email: libbs@libbs.com.br
Site: http://www.libbs.com.br/
08000-135044

Ver outros medicamentos do laboratório "LIBBS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
2 Prostaglandina: É qualquer uma das várias moléculas estruturalmente relacionadas, lipossolúveis, derivadas do ácido araquidônico. Ela tem função reguladora de diversas vias metabólicas.
3 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
4 Ereção: 1. Ato ou efeito de erigir ou erguer. 2. Inauguração, criação. 3. Levantamento ou endurecimento do pênis.
5 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
6 Priapismo: Condição, associada ou não a um estímulo sexual, na qual o pênis ereto não retorna ao seu estado flácido habitual. Essa ereção é involuntária, duradora (cerca de 4 horas), geralmente dolorosa e potencialmente danosa, podendo levar à impotência sexual irreversível, constituindo-se numa emergência médica.
7 Anemia falciforme: Doença hereditária que causa a má formação das hemácias, que assumem forma semelhante a foices (de onde vem o nome da doença), com maior ou menor severidade de acordo com o caso, o que causa deficiência do transporte de gases nos indivíduos que possuem a doença. É comum na África, na Europa Mediterrânea, no Oriente Médio e em certas regiões da Índia.
8 Mieloma: Variedade de câncer que afeta os linfócitos tipo B, encarregados de produzir imunoglobulinas. Caracteriza-se pelo surgimento de dores ósseas, freqüentemente a nível vertebral, anemia, insuficiência renal e um estado de imunodeficiência crônica.
9 Leucemia: Doença maligna caracterizada pela proliferação anormal de elementos celulares que originam os glóbulos brancos (leucócitos). Como resultado, produz-se a substituição do tecido normal por células cancerosas, com conseqüente diminuição da capacidade imunológica, anemia, distúrbios da função plaquetária, etc.
10 Fibrose: 1. Aumento das fibras de um tecido. 2. Formação ou desenvolvimento de tecido conjuntivo em determinado órgão ou tecido como parte de um processo de cicatrização ou de degenerescência fibroide.
11 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
12 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
13 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
14 Hematomas: Acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia.
15 Detumescência: 1. Ato ou efeito de detumescer. 2. Retorno do pênis ao estado flácido, após a ereção. 3. Ato de ou conduta para desinchar o tumor.
16 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
17 Equimoses: Manchas escuras ou azuladas devido à infiltração difusa de sangue no tecido subcutâneo. A maioria aparece após um traumatismo, mas pode surgir espontaneamente em pessoas que apresentam fragilidade capilar ou alguma coagulopatia. Após um período de tempo variável, as equimoses desaparecem passando por diferentes gradações: violácea, acastanhada, esverdeada e amarelada.
18 Seringa: Dispositivo usado para injetar medicações ou outros líquidos nos tecidos do corpo. A seringa de insulina é formada por um tubo plástico com um êmbolo e uma agulha pequena na ponta.

Tem alguma dúvida sobre APLICAV?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.