BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Disestesia:

Hepatite C: antiviral boceprevir dobra taxa de cura da hepatite C, de acordo com estudo publicado no The Lancet

n=59). Os pacientes dos grupos que receberam boceprevir tiveram as taxas mais altas de resposta sustentável do vírus ao tratamento, comparados ao grupo controle. Mas também apresentaram mais anemia e disestesia. Como resultado, encontrou-se que a associação do boceprevir ao tratamento convencional, depois de 4 semanas de duração, parece ter o potencial de dobrar a resposta sustentável do vírus. - [Mais...]

CIPRO

Raramente: sensações anormais, como por exemplo de queimação, formigamento, coceira ou zunido (parestesia), distúrbio da sensibilidade superficial, especialmente aos estímulos táteis (disestesia), tremor, convulsões, diminuição da sensibilidade geral (hipoestesia) e vertigem. - [Mais...]

Uxalun

A tolerabilidade neurológica à Oxaliplatina deve ser monitorada cuidadosamente, especialmente se Uxalun® (Oxaliplatina) for associado a outros medicamentos com toxicidade neurológica específica. A neuropatia periférica sensorial é caracterizada por disestesia e/ou parestesia das extremidades com ou sem cãimbras, freqüentemente desencadeada pelo frio. A duração destes sintomas, os quais usualmente regridem entre os intervalos de tratamento, aumenta com o número de ciclos de tratamento. - [Mais...]

OMEPRAMIX

O uso concomitante da claritromicina e ergotamina ou diidroergotamina foi associado em alguns pacientes com toxicidade aguda do ergot caracterizada por severo vasoespasmo periférico e disestesia. A claritromicina diminui o "clearance" do triazolam e, desta forma, pode aumentar o efeito farmacológico do triazolam. Houve relatos de interações medicamentosas e efeitos sobre o SNC (ex. - [Mais...]

Zomig/Zomig OD

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Zomig e Zomig OD zolmitriptana Comprimido revestido 2,5 mg Comprimido orodispersível 2,5 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido revestidos Embalagens com 2 comprimidos Comprimido orodispersível Embalagens com 2 comprimidos VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Zomig contém: zolmitriptana 2,5 mg excipiente q.s.p. 1 comprimido Excipientes: lactose, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, ... - [Mais...]

KETEK

Até que dados adicionais sejam obtidos com relação a interação desta classe medicamentosa quando KETEKR (Telitromicina) for concomitantemente administrado, deve-se proceder cuidadosa monitorização para os sinais de vasospasmo periférico, sendo recomendado disestesia nestes pacientes. Pimozida, astemizol, terfenadina: relatou-se que os macrolídeos alteram o metabolismo destes farmácos e aumentam seus níveis séricos, podendo resultar em prolongamento do intervalo QT e arritmias cardíacas, incluindo taquicardia ventricular, fibrilação ventricular e "torsades de pointes". - [Mais...]

VINCRISTINA

Todos os graus de toxicidade são dose-relacionados, à exceção dos neurológicos, que parecem ser cumulativos. Hematológica: leucopenia, trombocitopenia. Neurológica: disestesia, parestesia, perda dos reflexos, fraqueza muscular, dor de cabeça, ptose e diplopia. Digestivas: constipação severa. Outros: alopecia, náusea, febre, cansaço, poliúria, dor difusa, tromboflebites e necrose de pele no caso de extravasamento. - [Mais...]

Sumax

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO SUMAX succinato de sumatriptana APRESENTAÇÕES Sumax 50 mg - Comprimidos revestidos com 50 mg de sumatriptana em embalagens com 2 comprimidos revestidos. Sumax 100 mg - Comprimidos revestidos com 100 mg de sumatriptana em embalagens com 2 comprimidos revestidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido contém 70 mg de succinato de sumatriptana (equivalente a 50 mg de sumatriptana base) ou 140 mg de succinato de sumatriptana (equivalente a 100 mg ... - [Mais...]

PROFLOX

Efeitos sobre o sistema nervoso central: tontura, cefaléia, cansaço, insônia, estado de excitação, tremor. Em casos muito raros: disestesia, estado de angústia, crise convulsiva, sudorese, desequilíbrio, pesadelo, confusão mental, depressão, alucinações, alterações do paladar e do olfato, perturbações visuais (diplopia, modificação da visão das cores) e reações psicóticas. - [Mais...]

HALCION

Raras: constipação, alterações do paladar, diarréia, boca seca, dermatite/alergia, sonhos/pesadelos, insônia, parestesia, zumbidos, disestesia, fraqueza, congestão e morte por insuficiência hepática. Outras: sintomas amnésicos (amnésia anterógrada com comportamento apropriado ou inapropriado), estados confusionais (desorientação, desrealização, despersonalização e/ou obnubilação da consciência), distonia, anorexia, fadiga, sedação, fala pastosa, icterícia, prurido, disartria, alterações na libido, irregularidades menstruais, incontinência e retenção urinária. - [Mais...]

Estolato de Eritromicina (Suspensão 25 mg/mL)

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO estolato de eritromicina Suspensão 25 mg/mL Medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999. FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Suspensão oral Embalagem com 1 frasco de 60 mL, 80 mL ou 105 mL acompanhado de copo-medida. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO: Cada mL contém: estolato de eritromicina (equivalente a 25 mg de eritromicina base) 35,99 mg veículo q.s.p. 1 mL Excipientes: aroma de morango líquido, aroma de tutti-frutti líquido, carmelose sódica, ... - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar