BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Perda de Memória:

Alzheimer: perda de habilidades espaciais, como completar um quebra-cabeças ou localizar caminhos em um mapa, pode ser o primeiro sinal para o diagnóstico, segundo pesquisa publicada no Archives of Neurology

Pesquisa publicada no Archives of Neurology mostra que a perda de memória pode não ser o primeiro sinal da doença de Alzheimer. Ele pode estar representado pela perda de habilidades visuais e espaciais, como completar um quebra-cabeças ou localizar caminhos em um mapa, até três anos antes do diagnóstico, segundo estudo da University of Kansas . - [Mais...]

Nova classe de medicamentos para Alzheimer pode prevenir a formação dos emaranhados de proteína Tau e retardar o declínio das funções cognitivas

Medicamento experimental para tratar a Doença de Alzheimer mostra-se promissor nas primeiras experiências com humanos e traz esperança para os portadores desta condição. - [Mais...]

Vacina para doença de Alzheimer mostra resultados em cobaias

Os ratos imunizados mostraram redução na construção de placas de proteína beta-amilóide, que quando presentes no cérebro, por longos períodos de tempo, causam morte celular, perda de memória e disfunções neurológicas características da doença de Alzheimer. Também mostraram melhor performance cognitiva que os ratos do grupo controle, ou seja, aqueles que não receberam a imunização. Jordan Tang, Ph.D. - [Mais...]

Níveis mais altos de folato estão associados à redução de risco para Doença de Alzheimer

Estudo publicado na edição de janeiro do Archives of Neurology mostra que pesquisadores da Columbia University Medical Center , em Nova York, descobriram que maiores níveis de folato no organismo estão associados à diminuição do risco de desenvolvimento da Doença de Alzheimer. - [Mais...]

Lançamentos do mercado farmacêutico. Clique e confira.

Indicado para tratamento das irritações oculares, é a primeira lágrima artificial em gel do mercado brasileiro que possui conservante virtual. Isso significa que a substância usada para evitar a contaminação do colírio depois de aberto desaparece completamente ao entrar em contato com a superfície ocular, sendo transformada em água e oxigênio. - [Mais...]

Ascaridil

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Ascaridil cloridrato de levamisol Comprimidos 80 mg e 150 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimidos adulto e infantil Embalagem com 100 comprimidos. - [Mais...]

Acomplia

Reações adversas consideradas freqüentes (afetam mais do que 1 em cada 100) que ocorreram em pacientes que tomaram ACOMPLIA, incluem: desconforto do estômago, vômitos, distúrbios do sono, nervosismo, depressão, irritabilidade, vertigens, diarréia, ansiedade, comichão, sudorese excessiva, cãimbras ou espasmos musculares, fadiga, manchas negras, dor e inflamação nos tendões (tendinite), perda de memória, dor nas costas (ciática), sensibilidade alterada nas mãos e pés, fogachos, queda, gripe e luxação. - [Mais...]

Xalacom

Reações adversas observadas com o timolol (uma das substâncias ativas de Xalacom ): sinais e sintomas de reações alérgicas sistêmicas incluindo anafilaxia (reação alérgica grave), angioedema (inchaço das partes mais profundas da pele ou da mucosa, geralmente de origem alérgica), urticária (alergia da pele), prurido (coceira) e rash (erupção cutânea) generalizado e localizado, sintomas mascarados de hipoglicemia em pacientes diabéticos, anorexia (falta de apetite, alterações de comportamento e distúrbios psíquicos incluindo confusão, alucinações, ansiedade, desorientação, nervosismo e perda de memória, insônia, depressão e pesadelos, acidente vascular cerebral (derrame no cérebro), isquemia cerebral (infarto no cérebro), tontura, aumento dos sinais e sintomas de miastenia grave (doença que causa fraqueza muscular), parestesia (dormência e formigamento), sonolência, dor de cabeça e síncope (desmaio), edema macular cistoide (alteração/inchaço na retina que pode comprometer a visão), descolamento de coroide após cirurgia de filtração, erosão da córnea, ceratite( inflamação da córnea), diplopia (visão dupla), diminuição da sensibilidade da córnea, sinais e sintomas de irritação ocular (por exemplo, queimação, pontadas, coceira, lacrimejamento, vermelhidão), olhos secos, ptose (queda, deslocamento de um órgão ou estrutura no caso, da pálpebra superior), blefarite (inflamação da pálpebra), distúrbios visuais, incluindo alterações de refração (grau), visão turva, tinido (zumbido no ouvido), parada cardíaca, insuficiência cardíaca, bloqueio cardíaco, bloqueio atrioventricular, insuficiência cardíaca congestiva, agravamento de angina de peito (dor forte no peito), arritmia (alteração do ritmo do coração), bradicardia (diminuição dos batimentos cardíacos), palpitação (sensação de batimento do coração no peito), claudicação (dor nas pernas ao andar por agravamento de alterações circulatórias), mãos e pés frios, hipotensão (pressão baixa) e fenômeno de Raynaud (pontas dos dedos ou extremidades tornam se arroxeadas quando expostas ao frio), insuficiência respiratória, edema pulmonar (inchaço no pulmão), broncospasmo (chiado no peito) (predominantemente em pacientes com doença broncospasmódica pré-existente), tosse, dispneia (falta de ar), congestão nasal (nariz entupido), fibrose retroperitoneal (cicatrizes no abdome), dor abdominal, vômitos, diarreia, boca seca, disgeusia (alteração do paladar), dispepsia (má digestão), náusea (enjôo), rash (erupção cutânea), rash psoriasiforme (vermelhidão que descama bastante), pseudopenfigoide (doença bolhosa falsa), exacerbação da psoríase, alopecia (perda de cabelo), mialgia (dor muscular), lúpus eritematoso sistêmico (doença reumatológica auto-imune), disfunção sexual, diminuição da libido, impotência, doença de Peyronie (angulação anormal do pênis), dor no peito, edema (inchaço), astenia (fraqueza), fadiga (cansaço). - [Mais...]

Platistine CS

Têm sido relatadas: ocorrência do sinal de Lermitte, mielopatia da coluna dorsal, neuropatia autonômica; também foram relatadas cãibras de início súbito e curta duração, perda do paladar, fala pastosa, perda de memória e convulsões. Toxicidade ocular Observou-se visão turva e percepção alterada de cores, geralmente após tratamento com doses superiores às recomendadas. - [Mais...]

Crestor

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizaram este medicamento): artralgia (dor nas articulações), icterícia (acúmulo de bilirrubina no organismo, levando a uma coloração amarela na pele e nos olhos), hepatite (inflamação do fígado) e perda de memória. Frequência desconhecida: trombocitopenia (redução do número de plaquetas no sangue), depressão, distúrbios do sono (incluindo insônia e pesadelos), miopatia necrotizante imunomediada (degeneração muscular) e ginecomastia (desenvolvimento de mamas em indivíduos do sexo masculino), neuropatia periférica (perda da sensibilidade). - [Mais...]

VIVACOR

- Muito raras: artralgia (dor nas articulações), icterícia (presença de coloração amarela na pele e nos olhos), hepatite (inflamação do fígado) e perda de memória. Proteinúria (perda de proteína através da urina) foi observada em um pequeno número de pacientes. - [Mais...]

MEVALOTIN

Reações Adversas de Mevalotin esqueléticas: miopatia, rabdomiólise. Neurológicas: disfunção de vários nervos cranianos (alteração do paladar, piora dos movimentos extra-oculares, paralisia facial), tremor, vertigem, perda de memória, parestesia, neuropatia periférica, paralisia nervoperiférica. Reações de hipersensibilidade: raramente tem sido relatada síndrome de hipersensibilidade que inclua uma ou mais das seguintes alterações: anafilaxia, angioedema, síndrome semelhante ao lúpus eritematoso, polimialgia reumática, vasculite, púrpura, trombocitopenia, leucopenia, anemia hemolítica, anticorpo antinúcleo positivo e aumento da taxa de eritrossedimentação, artrite, artralgia, urticária, astenia, fotossensibilidade, febre, calafrios, rubor, mal-estar, dispnéia, epidermite tóxica com necrose, eritema multiforme, incluindo síndrome de Stevens-Johnson. - [Mais...]

Lioresal

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Lioresal baclofeno Comprimidos 10 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido simples Embalagens contendo 20 comprimidos VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO: Cada comprimido de Lioresal contém: baclofeno 10 mg excipiente q.s.p. 1 comprimido Excipientes: amido, celulose microcristalina, povidona, dióxido de silício e estearato de magnésio. - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar