BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Letargia:

Hipotireoidismo. Diagnóstico e tratamento.

O hipotireoidismo não tratado também pode lentificar funções mentais. Mixedema. Esta condição rara é resultado de um longo período de hipotireoidismo não diagnosticado. Os sintomas incluem grande intolerância ao frio, sonolência, letargia podendo levar ao coma. O coma mixedematoso pode ser provocado pelo uso de sedativos, infecções ou por outros estresses sofridos pelo organismo. Caso apresente sintomas de mixedema, você precisa de tratamento médico imediato. Infertilidade. - [Mais...]

Hipotireoidismo. O que é? Quais são as causas e os fatores de risco? Quando procurar um médico?

Cansaço Edema periférico Constipação intestinal Fala lenta Rouquidão Dispneia Ganho de peso (não intencional) O estágio terminal do hipotireoidismo não tratado é o coma mixedematoso, em que há uma descompensação que pode ser precipitada por uma infecção, trauma, insuficiência cardíaca ou outras causas. É caracterizado por: Letargia Estupor (raramente os pacientes apresentam-se em coma) Diminuição dos batimentos cardíacos Baixa oxigenação Funcionamento pobre dos rins Diminuição da motilidade intestinal Temperatura baixa Dificuldades respiratórias Choque e até morte. - [Mais...]

Depressão em mulheres

Há também a doença disfórica pré-menstrual ou DDPM, um tipo severo de TPM especialmente reconhecido por depressão, ansiedade, mudanças de humor cíclicas e letargia. O que aumenta as chances de uma mulher ter depressão? De acordo com o National Institutes of Health os fatores que aumentam o risco de uma mulher ter depressão incluem fatores genéticos, biológicos, reprodutivos, interpessoais e características psicológicas e de personalidade. - [Mais...]

Dengue: saiba mais sobre a doença e como preveni-la

Dor abdominal intensa e contínua Vômitos persistentes Hipotensão postural Hipotensão arterial Hepatomegalia dolorosa Hemorragias importantes (hematêmese e/ou melena) Pressão diferencial menor que 20 mmHg (PA convergente) Pulso rápido e firme Agitação e/ou letargia Extremidades frias Diminuição da diurese Diminuição repentina da temperatura corpórea ou hipotermia Aumento repentino do hematócrito Desconforto respiratório. - [Mais...]

Diabetes Mellitus

A insulina ajuda o corpo a levar a glicose para dentro das células. Os sintomas incluem aumento da freqüência urinária, letargia, sede excessiva e aumento do apetite muitas vezes não acompanhado de ganho de peso. É uma doença crônica que pode causar complicações à saúde. - [Mais...]

Dengue: o importante é evitar que o mosquito transmissor se reproduza. Saiba mais sobre a doença e como preveni-la.

Hipotensão postural Hipotensão arterial Hepatomegalia dolorosa Hemorragias importantes (hematêmese e/ou melena) Pressão diferencial menor que 20 mmHg (PA convergente) Pulso rápido e firme Agitação e/ou letargia Extremidades frias Diminuição da diurese Diminuição repentina da temperatura corpórea ou hipotermia Aumento repentino do hematócrito Desconforto respiratório. - [Mais...]

Velcade

Distúrbios gastrintestinais: dor faringolaríngea, refluxo gastrintestinal, eructação, distensão abdominal, estomatite e ulceração na boca, disfagia (dificuldade de deglutição), hemorragia gastrintestinal (trato superior e inferior) e retal. Distúrbios gerais e condições no local de administração: letargia (sonolência), mal-estar, neuralgia (dor nos nervos sem estímulo), dor no peito. - [Mais...]

Topamax

As RAMs com incidência 5% no intervalo de dose recomendado (200 a 400 mg/dia) em adultos em estudos duplo-cegos, controlados por placebo de terapia adjuvante para epilepsia em ordem decrescente de freqüência incluíram sonolência, tontura, fadiga, irritabilidade, perda de peso, bradipsiquismo, parestesia, diplopia, coordenação anormal, náusea, nistagmo, letargia, anorexia, disartria, visão turva, diminuição do apetite, comprometimento de memória e diarréia. - [Mais...]

Risperdal Consta

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Risperdal Consta risperidona Injetável 25 mg; 37,5 mg; 50 mg FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Suspensão injetável de liberação prolongada Pó injetável e diluente em embalagem contendo: 1 frasco-ampola com pó injetável, 1 seringa preenchida contendo 2 mL de diluente para reconstituição, 1 dispositivo (West Medimop ) para auxiliar na reconstituição e 2 agulhas para aplicação no paciente, sendo uma destinada à aplicação na região glútea (20G TW 2) e outra ... - [Mais...]

Risperdal (Solução oral)

Outros sinais de parkinsonismo incluem: movimento lento e embaralhado, tremor em descanso, aumento da saliva, e perda da expressão do rosto)*, acatisia (incapacidade de permanecer sentado, inquietação motora e sensação de tremor muscular)*, sonolência, tontura, sedação, tremor*, distonia (contração involuntária lenta ou sustentada dos músculos que pode envolver qualquer parte do corpo e resultar em postura anormal, embora, geralmente, os músculos da face estejam envolvidos, incluindo movimentos anormais dos olhos, boca, língua ou mandíbula)*, letargia, tontura postural, discinesia* (movimentos involuntários dos músculos, podendo incluir movimentos repetitivos, espásticos ou contorcidos ou contorções), síncope (desmaio); Distúrbios Oftalmológicos: visão turva. - [Mais...]

Invega

As reações adversas a Invega relatadas por pacientes adolescentes com esquizofrenia, com idade de 12 a 17 anos, tratados com Invega em estudos clínicos são: nasofaringite (4%), insônia (7%), ansiedade (2%), sonolência (13%), inquietação (11%), dor de cabeça (4%), tremor (7%), espasmos musculares (4%), tontura (2%), movimentos involuntários (2%), sedação (2%), sonolência excessiva (4%), crise oculógira (4%), batimentos cardíacos acelerados (7%), taquicardia sinusal (2%), sangramento nasal (2%), vômito (11%), náusea (2%), aumento da secreção da saliva (2%), dor abdominal alta (2%), rigidez muscular (2%), torcicolo (2%), produção de leite em homens ou fora do período pós-parto ou de lactação (4%), fadiga (2%), fraqueza muscular (2%), aumento de peso (2%), rigidez em roda denteada, sintomas extrapiramidais, letargia, contrações musculares involuntárias, paralisia da língua, visão turva, boca seca, inchaço da língua, contração muscular, ausência de menstruação, inchaço mamário. - [Mais...]

Intelence

distúrbios metabólicos e nutricionais: anorexia (distúrbio alimentar caracterizado pela perda de apetite resultando em diminuição excessiva de peso), dislipidemia (alteração dos níveis de gordura no sangue); distúrbios gerais e condições no local da administração: letargia (fraqueza generalizada); distúrbios do sistema imunológico: hipersensibilidade a medicamento, síndrome da reconstituição imunológica. - [Mais...]

Dacogen TM

Distúrbios gerais e reações no local da administração Pirexia 53 28 Edema periférico 25 16 Rigor 22 14 Edema 18 6 Dor 13 6 Letargia 12 4 Fraqueza 11 0 Desmaio 8 4 Desconforto no peito 7 4 Pirexia intermitente 6 4 Mal-estar 5. - [Mais...]

Ascaridil

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? Sinais e sintomas Procure um médico imediatamente caso tenha ingerido acidentalmente quantidades maiores de Ascaridil . Os seguintes efeitos tóxicos foram observados com doses superiores a 600 mg de levamisol: confusão, convulsões, cãibras, vertigem e letargia. Tomar Ascaridil em excesso também pode provocar diminuição de glóbulos brancos, que pode ser uma situação grave. - [Mais...]

Seis-B 300 mg

A síndrome da tensão pré-menstrual (STPM) se caracteriza por: distensão abdominal, edema das extremidades, mastalgia, labilidade emocional (crise de choro espontânea, ansiedade, depressão, irritabilidade), fadiga, letargia, constipação, acne, cefaleia e aumento do apetite. Uma das terapias mais usadas nesses casos consiste na administração de vitamina B6 (piridoxina) porque a piridoxina e a coenzima de uma ampla variedade de enzimas no metabolismo dos aminoácidos. - [Mais...]

Miosan Caf

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Miosan Caf cloridrato de ciclobenzaprina +cafeína Comprimido FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimidos revestidos de 5 mg ou 10 mg Caixas com 4 e 15 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO: Cada comprimido revestido Miosan Caf 5 mg contém: cloridrato de ciclobenzaprina 5 mg cafeína 30 mg Excipientes qsp 1 comprimido Cada comprimido revestido Miosan Caf 10 mg contém: cloridrato de ciclobenzaprina 10 mg cafeína 60 mg Excipientes qsp 1 comprimido ... - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar